Guia da Semana
Comportamento
Por Rodrigo Guarizo

Como voltar pra casa quando rolar um porre daqueles

Guarde a sua carteira, peça ajuda e não durma em qualquer lugar.

Evite situaçãoes como essa e saiba como voltar bem pra casa em casos de porres homéricos (Reprodução)

Sabe aquele dia em que você acorda cheirando a álcool sem saber como chegou em casa – e muito menos se o local onde você está é de fato a sua casa? Pois é, nós sabemos muito bem e também odiamos ter esta bela dúvida em nossas mentes.

+ Bares para tomar cerveja barata em SP
+ Veja 20 bares perfeitos para fazer esquenta em São Paulo
+ 10 atitudes que você deve tomar caso alguma coisa dê errado na balada


Mas para acabar com estas incertezas loucas que assolam nossas mentes, desenvolvemos um guia prático de como voltar pra casa em caso de um porre do cacete, porque ninguém é obrigado a imaginar coisas que aconteceram no trajeto de volta pra casa, né? Vamos lá, tome nota:

Não perca a hora

Quanto mais bêbado você está, mais a hora você perde. E quanto mais perdido você fica no tempo, mais você deixa de entender o que está acontecendo ao seu redor. Ficou loucão? Bem, olhe no relógio e veja quanto tempo falta pro sol nascer. Tente voltar pra casa uma hora antes dos primeiros raios – o dia de amanhã agradece.

Tenha sempre uma rota alternativa

Chumbou a noite toda? Nem pense em dirigir. Pegue um taxi. Bebeu todas e não consegue pagar a corrida? Vá de ônibus. Não sabe que ônibus te deixa mais perto de casa? Se enfie em algum hotelzinho e espere o porre passar.

Guarde o que é seu

A gente sabe que o chão está mais próximo do que a sua cama, e que dormir em qualquer lugar pode parecer uma boa ideia, afinal, a sua dignidade já foi pro saco, né? Pois bem, guarde bem a sua carteira e o seu celular, pois os trombadinhas de plantão vão, com certeza, te saquear. Depois, quando você acordar, vá para a casa e se lave.

Tenha bons amigos

Se você sair de casa na intenção de ficar loucão, por favor, avise seus amigos e veja se um deles pode te buscar na balada (ou onde você estiver largado). Tenha a sorte de ter bons amigos que se preocupem contigo, pois não é mole ficar bêbado e jogado por aí.

Peça ajuda

Orgulho de bêbado é um negócio sensacional, mas chega uma hora em que você precisa deixar isso de lado e pedir uma ajudinha. Seja pro segurança da balada ou para alguém que vc conheceu e pareceu confiável, não deixe de avisar sobre as suas necessidades e receber uma ajudinha.



Mas a maior dica que podemos dar mesmo é para você evitar os porres homéricos e beber sem causar grandes problemas para o seu eu de amanhã.


Por Rodrigo Guarizo

Atualizado em 20 Mai 2014.

Mais notícias

Lego lança coleção com flores e bonsais para os apaixonados por plantas

Comportamento

Amazon lança versão da Alexa que fala português – e o Guia da Semana está lá!

Comportamento

8 coisas que você pode fazer em casa quando acaba a energia

Comportamento

Do 'pudol' ao 'bigou': site promove adoção de vira-latas por meio de buscas erradas no Google

Comportamento

8 coisas que você pode fazer em casa para matar o tédio em dias chuvosos

Comportamento

App lança mapa interativo que mostra blocos e festas de Carnaval próximos ao usuário

Comportamento