Guia da Semana
Comportamento
Por Ricardo Archilha

Passo a passo de como planejar um mochilão

Quer mochilar? Saiba que este sonho não é impossível; confira as nossas dicas para organizar o seu!.

Planejar um mochilão não é tão difícil; descubra! (Reprodução)

Então você quer viajar… Fica stalkeando o Instagram alheio com aquelas fotos incríveis da galera no Caribe e pensa: eu nunca vou conseguir. Saiba que fazer um mochilão não é privilégio das it rycas. Muito pelo contrário: com um bom planejamento aqui, e umas economias ali, você também consegue fazer o seu. Por isso, o ObaOba resolveu te ajudar com um passo a passo para você fazer aquela viagem dos sonhos. Se liga!

+ 50 experiências que todos deveriam ter na vida
+ Como fazer uma viagem econômica no exterior
+ Tipos de turista que encontramos em viagens na gringa

1. Quando e para onde eu quero ir?

Tenha em mente que quando você decide “vou fazer um mochilão”, isso não é algo que vai acontecer no mês que vem. Planeje as coisas com, pelo menos, 6 meses de antecedência. É o tempo de pesquisar passagens e hospedagem e encontrar os preços mais bacanas possíveis. Em segundo lugar, decida para onde você vai. Não faça a louca da Europa e visite 15 países em menos de um mês de viagem.

Seja seletivo e aceite: você não vai conhecer o mundo inteiro de uma só vez.Opte por poucos países/cidades e nada de ficar duas ou três noites em um só lugar; desse jeito você não terá tempo de aproveitar o máximo dos locais visitados. É claro que cada um tem o seu timing e o seu objetivo, mas não tome atitudes precipitadas. Planeje, pesquise e troque ideias com amigos que já passaram pela experiência.

2. Passagens: compre com antecedência

Todo mundo sabe que quanto maior a antecedência da compra, menor é o preço da passagem. Vai viajar nas próximas férias? Já comece a pesquisar os preços, promoções e as milhas do seu cartão de crédito. Não deixe a passagem por último! Do que adianta ter tudo bookado se a passagem vai lhe custar um milhão?

Outra coisa importante são as outras passagens que você vai utilizar durante a sua viagem: trem, barco, carro ou avião, não importa. Deixe tudo comprado antes para não ter imprevistos na hora.

3. Hospedagem: se joga no hostel!

Outro item importante no seu orçamento é a hospedagem. Nada de ficar em hotéis caros e pomposos. Se joga no hostel! Dê uma olhada em sites como o TripAdvisor e Hostelworld e tente encontrar a opção que mais encaixe com o que você está procurando.

Quer economizar? Se hospedar no centro? Cheque todas essas informações e não deixe de ter tudo reservado. Afinal, ninguém quer passar perrengue e ter que dormir na rua, não é mesmo?

4. Rolês - só se for pobrinho

Os gastos diários também não podem ficar de fora do orçamento. Alimentação, passeios, comprinhas… Sempre é legal ter uma grana extra também, caso apareça algum imprevisto. A ideia do mochilão é rolê pobrinho total, então não se dê ao luxo de comer em restaurantes caros ou fazer compras mil. Uma dica bacana é acessar blogs de mochileiros para ter uma ideia de quanto você vai desembolsar por dia.

Ah, outra coisa! Quer visitar aquele ponto turístico incrível? Muitos deles têm preços bem salgados, então se você faz questão de visitá-los, procure os preços e acrescente esse gasto na sua planilha. Já deixar reservado também é uma boa, para não ter que enfrentar filas gigantescas na hora e correr o risco de perder a atração.

5. Outras dicas

Vai para a América Latina? Para a Ásia? Para os EUA? Não deixe de conferir o câmbio das moedas para não tomar sustos na última hora. Outros gastos chatinhos, porém necessário, são: seguro viagem e algumas coisas essenciais que você precisará na sua jornada. Importante: documentação sempre em dia!

Uma mochila boa, uma doleira, remédios, um tênis confortável... São coisas que a gente acaba não colocando no orçamento, mas são gastos de qualquer forma. Ah, e nada de mala grande hein? Na mochila, só o necessário. ;)

6. Tudo no papel: é hora de economizar!

Passagem + Hospedagem + Passeios. Colocou tudo no papel? Já descobriu quanto você vai gastar? Então é hora de economizar, meu filho! Veja o que você pode cortar e prepare-se para viver alguns meses no perrengue.

Dispense rolês caros, baladas milionárias, aquelas luzes super caras no salão... Você realmente precisa de tudo isso? O legal de ter uma viagem como meta é que você sabe que está deixando de fazer coisas legais aqui e ali com um objetivo bacana. Tire o sonho do papel e se joga!


Por Ricardo Archilha

Atualizado em 25 Jun 2014.

Mais notícias

Lego lança coleção com flores e bonsais para os apaixonados por plantas

Comportamento

Amazon lança versão da Alexa que fala português – e o Guia da Semana está lá!

Comportamento

8 coisas que você pode fazer em casa quando acaba a energia

Comportamento

Do 'pudol' ao 'bigou': site promove adoção de vira-latas por meio de buscas erradas no Google

Comportamento

8 coisas que você pode fazer em casa para matar o tédio em dias chuvosos

Comportamento

App lança mapa interativo que mostra blocos e festas de Carnaval próximos ao usuário

Comportamento