Guia da Semana
Comportamento
Por Ricardo Archilha

Testamos a Hello Network, nova rede social do criador do Orkut

Entenda como funciona o aplicativo que conecta pessoas por meio de suas paixões em comum.

A Hello já está disponível para download no Google Play e App Store (Divulgação | Hello Network )

Saudades Orkut? Não é de hoje que os entusiastas da saudosa rede social foram surpreendidos com a notícia de que Orkut Buyukkokten, criador da antiga plataforma, lançaria um aplicativo. Dito e feito: a Hello Network chega ao Brasil com a promessa de uma nova experiência em conectividade. O app já está disponível na Google Play Store, compatível com sistemas Android, e na App Store, para usuários do iPhone. Curiosos? O Guia da Semana testou a Hello e te conta se realmente vale a pena embarcar na novidade. Confira!

Diferente do Facebook (e do próprio Orkut, diga-se de passagem), a Hello vem com a promessa de nos conectar com pessoas e conteúdos por meio de nossas paixões. Na contramão das infinitas curtidas de Mark Zuckerberg, a ideia é criar um ambiente virtual onde o usuário possa mostrar ao mundo quem é, expressar o que ama e criar, assim, conexões mais verdadeiras e profundas - nas palavras do próprio sr. Orkut.

Após o download, o cadastro é simples, já que é na criação do perfil que a brincadeira começa. Além do avatar e foto de capa, esse é o espaço para compartilhar informações mais completas - desde dados biográficos até perguntas como "Qual foi a coisa mais estranha que você já comeu?", até "O apocalipse zumbi chegou! O que você faria?".

Perfil completo, é hora de navegar pelas personas, o grande diferencial da Hello. Lembrando as famosas comunidades, as personas são áreas de interesse com as quais você se identifica: amante de animais, artista, atleta, geek, fashionista e por aí vai. São elas que vão influenciar a sua experiência no app, pois funcionam como filtros para o que será exibido no seu feed (aqui chamado de folio) e ponto de partida para encontrar novos amigos e seguidores.

E as postagens? Na Hello elas vêm com o nome de jot e podem ser feitas em forma de foto ou texto, assemelhando-se bastante à interface do Instagram. No quesito interação, além das tradicionais curtidas e comentários, é possível enviar expressões (como as reações do Facebook) e presentes; para usá-los, porém, é preciso liberá-los através de pontos. Funciona assim: cada ação (postagens, curtidas, comentários e logins) acompanha uma pontuação. Ou seja, quanto maior a interação, maior a possibilidade de explorar o aplicativo. E a ideia é justamente essa.

Divertida e inusitada, a Hello mistura elementos de diversas redes sociais para alcançar seu objetivo: conectar usuários ao redor do mundo por meio de interesses em comum. A verdade, porém, é que a rede está mais para um Instagram elaborado do que para um Orkut propriamente dito. Se a moda vai pegar, é impossível dizer. Mas se você é daqueles que adora uma novidade digital, vale a pena testar.


Por Ricardo Archilha

Atualizado em 2 Ago 2016.

Mais notícias

Lego lança coleção com flores e bonsais para os apaixonados por plantas

Comportamento

Amazon lança versão da Alexa que fala português – e o Guia da Semana está lá!

Comportamento

8 coisas que você pode fazer em casa quando acaba a energia

Comportamento

Do 'pudol' ao 'bigou': site promove adoção de vira-latas por meio de buscas erradas no Google

Comportamento

8 coisas que você pode fazer em casa para matar o tédio em dias chuvosos

Comportamento

App lança mapa interativo que mostra blocos e festas de Carnaval próximos ao usuário

Comportamento