Guia da Semana
Filmes e séries
Por Redação Guia da Semana

Motivos para assistir ao filme "História de um Casamento", disponível na Netflix

Drama tem Scarlett Johansson e Adam Driver no elenco.

Foto: Divulgação

O filme "História de um Casamento", adicionado recentemente no catálogo da Netflix, foi o título com mais indicações ao Globo de Ouro 2020, premiação que acontece em janeiro. Além disso, a produção também é destaque entre os indicados ao Oscar 2020, que está marcado para o dia 9 de fevereiro.

Um retrato duro e fiel à realidade de muito casais, o longa é impactante, sofrido e também uma reflexão sobre o amor. Para que você saiba mais a respeito, o Guia da Semana lista alguns motivos pelos quais você deveria assistir ao filme "História de um Casamento". Confira:

ENREDO


Foto: Divulgação


Nicole (Scarlett Johansson) e seu marido Charlie (Adam Driver) estão passando por muitos problemas e decidem se divorciar. Os dois concordam em não contratar advogados para tratar do divórcio, mas Nicole muda de ideia após receber a indicação de Nora Fanshaw (Laura Dern), especialista no assunto. Surpreso com a decisão da agora ex-esposa, Charlie precisa encontrar um advogado para tratar da custódia do filho deles, o pequeno Henry (Azhy Robertson).


AMOR

Nunca é fácil assistir a um filme que fala sobre amor por um viés dramático, colocando obstáculos tão duros entre resoluções e, mais do que isso, frente ao sentimento que gerou tantos frutos e realizações. Entretanto, ao mesmo tempo que "História de um Casamento" nos coloca frente a um retrato duro, nos faz refletir sobre o amor; ao mesmo tempo que esmiúça cada passo de um divórcio.


ATUAÇÕES E PROXIMIDADE COM HISTÓRIAS REAIS

Foto: Divulgação

Se o filme conta com atuações espetaculares – principalmente de Scarlett Johansson e Adam Driver, que juntos têm uma performance impressionante –, também nos coloca frente a algo real, que chega de forma arrebatadora: a falha humana.


INSPIRADO NA VIDA DO DIRETOR E PARCIALIDADE

O filme foi inspirado na vida do diretor e roteirista Noah Baumbach, que é filho de pais separados e também se separou da mãe de seu filho. Assim, o longa mergulha nos detalhes (desde os burocráticos aos emocionais) de um divórcio, expondo tanto o lado da mãe (Johansson) quanto do pai (Driver).

Entretanto, o diretor parece ter se colocado parcial, lançando uma visão mais piedosa para o marido; enquanto a forma como coloca seu olhar para o lado da esposa é mais subjetivo e não tão escancarado – o que nos faz ter diversos entendimentos a respeito.


TRAILER


Atualizado em 14 Dez 2019.

Mais notícias

Netflix: 30 filmes adicionados em 2019 que você não pode deixar passar

Filmes e séries

8 filmes da Netflix indicados ao Oscar 2020 que você precisa assistir o quanto antes

Filmes e séries

14 séries recentes que talvez você não conheça e deveria assistir

Filmes e séries

16 estreias imperdíveis de janeiro nas plataformas de streaming 

Filmes e séries

8 filmes imperdíveis que entraram no catálogo da Amazon Prime Video em 2019

Filmes e séries

44 filmes, séries e documentários que estreiam na Netflix em janeiro de 2020

Filmes e séries