Guia da Semana
Filmes e séries
Por Lili Giannini do @lili_no_cinema_em_casa

Resenha: 'O Espelho Tem Duas Faces'

Comédia romântica faz parte do catálogo da Netflix.

Foto: Reprodução/Amazon.com.br

Tudo bem... as comédias românticas, como sempre, sabemos onde vão chegar, o que não determina empobrecimento. Esse filme, ao contrário, é de 1996, envolve um casal “maduro”, mas a estória é jovial, e mantém, ainda hoje, seu frescor.

A múltipla Barbra Streisand (direção, roteiro, produção, música, atuação) faz com Jeff Bridges o casal Rose e Gregory. Ambos estão chegando na casa dos 50 anos, não casaram, são solitários, ligados a antigo relacionamento que acabou, são professores da Columbia University, em Nova York, mas não se conhecem... ainda!

Adoro filmes com salas de aula, relação professor/aluno, e Rose e Gregory têm disciplinas e didáticas bem diferentes! Ótimo elenco: tem Pierce Brosnan e Lauren Bacall, que levou o Globo de Ouro de 'Atriz Coadjuvante' (ela faz a mãe arrogante de Rose).

Sessão da tarde? Fórmulas conhecidas? Mas com qualidades importantes: é gostoso e reconhece a inteligência do espectador.


“O Espelho Tem Duas Faces" (The Mirror Has Two Faces)
Direção:
Barbra Streisand
País/Ano: EUA - 1996
Gênero: comédia romântica
Onde assistir: Netflix




@lili_no_cinema_em_casa

Foto de capa: Reprodução/Amazon.com.br

Por Lili Giannini do @lili_no_cinema_em_casa

Atualizado em 19 Abr 2021.

Mais notícias

Resenha: 'Gridlock’d – Na Contra Mão'

Filmes e séries

Resenha: 'Você já viu vagalumes?'

Filmes e séries

Confira as estreias do streaming de 19 a 25 de abril de 2021

Filmes e séries

Resenha: 'Os Segredos de Madame Claude'

Filmes e séries

15 filmes e séries sobre a vida acadêmica para assistir no streaming

Filmes e séries

Resenha: 'Dois Estranhos'

Filmes e séries