Guia da Semana

Guia da Semana

Próximo da Capela Sant´ Ana, fundeavam embarcações que carregavam o produto da Companhia de Pesca da Armação e Fazenda de Sant´Ana da Lagoinha - a responsável, nos séculos XVIII e XIX, pela principal atividade local: a caça às baleias.

Os arpoadores e remadores das baleeiras se confessavam e comungavam nas missas celebradas na Capelinha da "Companha" antes de se lançarem ao mar, na arriscada tarefa de arpoar os grandes cetáceos. Após a missa, o sacerdote descia à praia e abençoava as baleeiras.

A capela tinha, de um lado, a casa grande e o armazém da fazenda, e, do outro, as senzalas dos escravos, os tanques e os caldeirões de preparo do azeite. Reformada no século XX, e com seu volume alterado, a igrejinha mantém original a fachada principal, onde o óleo de baleia entrou na composição da argamassa, dando-lhe maior resistência.

Recentemente reformada, a Capela de Sant´ Ana é ainda um referencial histórico importante. Em seu acervo estão um Santo Antônio, em terracota, e um Cristo crucificado, confeccionados por santeiros populares anônimos. Intervenções de arte contemporânea, representando a Via Sacra, a Santa Ceia e Sant´ Ana, desenhadas por Vera Sabino, enriquecem a coleção atual.

Mapa do local

Capela de Sant´ Ana

Endereço
Rodovia SC-406, s/nº, 00000-000

Atualizado em 30 Abr 2012.