Guia da Semana
Jogos
Por Álvaro Saluan, Pizza Fria

10 jogos de samurai para jogar antes de Ghost of Tsushima

O lançamento de Ghost of Tsushima, game exclusivo para PlayStation 4, está bem próximo. Nós já jogamos e temos tudo.

O lançamento de Ghost of Tsushima, game exclusivo para PlayStation 4, está bem próximo. Nós já jogamos e temos tudo preparado para contar para vocês nossas impressões finais no dia 14. Mas, enquanto isso não chega, pensamos em uma lista especial com 10 jogos baseados em samurais. Esses icônicos personagens, inicialmente exerciam o papel de servidores civis do império japonês, trabalhando como cobrador de impostos e administrador de terras. No entanto, durante o período do Japão feudal, os samurais ganharam funções militares, sendo soldados da aristocracia imperial, no período de 930 a 1877. Por fim, terminaram a era como ronins duelistas, tidos como samurais desonrados ou mestre de artes, como artesanato, pintura, ou de chá.

De toda forma, esses mestres na arte das espadas inspiraram inúmeras produções e, consequentemente, o fascínio de diversos fãs ao redor do mundo. São inúmeros os jogos, mas aqui trouxemos alguns bem especiais. Veja!

Onimusha: Warlords

Em Onimusha: Warlords, você luta contra hordas de demônios como o espadachim Samanosuke Akechi em uma missão para resgatar a princesa Yuki do clã Saitō. No entanto, a trama é bastante complicada, mas a jogabilidade é sólida. Sendo assim, você luta contra demônios com uma katana e uma variedade de armas mágicas, absorvendo suas almas e as usa para atualizar seu arsenal. Também existem puzzles a serem resolvidos, oferecendo uma agradável pausa na matança de demônios. Além disso, ocasionalmente você controla Kaede, sua assistente de kunoichi com um conjunto totalmente diferente de habilidades acrobáticas e armas para dominar. Os cenários pré-renderizados e a câmera fixa certamente oferecem a Onimusha: Warlords uma aparência datada, mas isso faz parte do seu charme.

O game foi originalmente lançado em 2001, mas ganhou uma versão remasterizada para a nova geração de consoles em 2019, chegando para PlayStation 4, Xbox One e PC, via Steam.

Nioh

Nioh é um jogo de samurai no estilo soulslike. Por isso, ele combina história com o sobrenatural japonês para criar uma visão verdadeiramente atípica do período Sengoku. No game, você controla William, um marinheiro anglo-irlandês que desembarca no Japão em busca de alguém. No entanto, não demora muito para se ver envolvido em uma batalha entre Tokugawa Ieyasu, monstros sobrenaturais e Edward Kelley, outro ocidental que lidera o conflito usando poderes ocultistas. Nioh usa várias dinâmicas soulslike, como seu difícil combate hack and slash, santuários onde você pode guardar o progresso e o fato de que você terá uma chance de recuperar toda a experiência de seu corpo depois de morrer. O sucesso do jogo foi tamanho que ganhou uma continuação, Nioh 2, em março deste ano.

Nioh conta com versões para PlayStation 4 e PC, via Steam.

Total War: Shogun 2

Total War: Shogun 2, jogo de estratégia, coloca os jogadores para assumir a liderança de um dos nove principais clãs das províncias japonesas, que podem se expandir para 12 com o DLC. No entanto, você precisará supervisionar o desenvolvimento de assentamentos, expandir sua economia, pesquisas tecnológicas, aumentar seu exército. Tudo isso enquanto tenta tratar de enigmas diplomáticos e reprimir a subversão política.

Dependendo de qual clã o jogador escolhe para governar, existem pontos fortes e fracos significativos para contornar a campanha. Por exemplo, se você optar pelo clã Mōri, terá mais êxitos em questões navais; enquanto o clã Takeda possui a cavalaria mais aprimorada. Da lista, nenhum título traz uma visão mais ampla do Japão feudal como Total War: Shogun 2. O título é exclusivo para PC, estando disponível na Steam.

Muramasa: The Demon Blade

Muramasa: The Demon Blade, é um RPG bidimensional de rolagem lateral, ambientado na principal ilha japonesa de Honshu durante o período Edo. Ele segue a história de Kisuke, um fugitivo que perdeu a memória, incluindo as lembranças de um crime que cometeu, e Momohime, uma ágil mulher ronin possuída por um espírito maligno. Sendo assim, o título permite a utilização de dois personagens diferentes em dois níveis de dificuldade.

A navegação ocorre em ambientes desenhados à mão em 2D com rolagem lateral que lembram as obras de arte japonesas do período e podem entrar nas cidades para dialogar com personagens não jogáveis e comprar itens como restauradores de saúde e aceitar missões. O game está disponível para Wii, Wii U e PlayStation Vita.

Samurai Warriors: Spirit of Sanada

Samurai Warriors: Spirit of Sanada conta uma história centrada no clã Sanada durante uma Guerra fortemente romantizada no Período dos Estados Combatentes. No entanto, esse momento real ocorreu em meados do século V a.C. até a unificação da China por Qin Shi Huang em 221 a.C.. Este é um jogo de guerreiros, portanto, um dos principais enfoques é a enorme e barulhenta sequência de batalhas, em que você pode aniquilar dezenas de inimigos apenas apertando alguns botões. Fora da batalha, é possível explorar cidades que oferecem um vislumbre da vida cotidiana durante esse período, embora através das lentes altamente estilizadas da série.

O enredo histórico é o ponto mais interessante deste Samurai Warriors. Ao longo da campanha, você acompanhará todos os 48 anos da vida de Yukimura Sanada, o verdadeiro oficial de samurais que foi considerado o último herói de Sengoku e um dos maiores guerreiros de todo o Japão. Por fim, pode-se considerar o game como um conto emocional de bravura, moralidade e família. O título possuí versões para PlayStation 4 e PC, via Steam.

For Honor

For Honor não é necessariamente um jogo de samurai, mas o estilo distinto de armamentos e combate desses guerreiros são muito bem retratados. Este jogo de luta multijogador apresenta guerreiros Wu Lin, vikings, cavaleiros e samurais e, graças ao sistema de classes, é possível selecionar um tipo específico de guerreiro samurai como principal.

Portanto, há diversas possibilidades como o Kensei adaptável, um sólido guerreiro samurai que dizimou seus inimigos com uma espada nodachi; ou o Orochi, um assassino que domina a arte de contra-atacar com uma katana. Se você preferir armas mais brutas, pode experimentar o Shugoki, que usa o kanabo, que golpeia seus oponentes em uma polpa sangrenta. E, por fim, há Nobushi, que usa uma naginata para controlar o espaço e derrubar inimigos a uma distância segura.

For Honor foi lançado em 2017 e vem recebendo atualizações desde então. O game está disponível para PlayStation 4, Xbox One e PC, via Steam, Uplay e Epic Games Store.

Samurai Shodown

Samurai Shodown, conhecido como Samurai Spirits no Japão, é uma série de jogos de luta de videogame criada por Yasushi Adachi, e desenvolvida e publicada pela empresa japonesa SNK. No entanto, apesar do nome, a maior parte dos personagens não são samurais no sentido literal da palavra. Os jogos de arcade mais antigos são marcados pelo seu engrish (inglês incorreto do inglês por orientais), como por exemplo a palavra “victoly” (que deveria ser “Victory“, vitória em inglês) que aparece no fim de cada partida. Ou seja, até o título do jogo é pronunciado de forma errônea.

Os jogos da série Samurai Shodown são conhecidos pela sua barra “Rage“, que só enche quando o jogador recebe dano. Contudo, quando está totalmente cheia, pode-se notar efeitos nos personagens e executar golpes especiais, dependendo do título jogado. Os primeiros jogos contam com um juiz chamado Kuroko que fica no fundo do cenário, cuidando da partida. A franquia é gigantesca, já tendo recebido diversos títulos. O último foi um reboot, lançado recentemente para PC, via Epic Games Store, PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch.

Bushido Blade

Bushido Blade é um jogo de luta em 3D que apresenta um combate armado individual. Seu nome refere-se ao código de honra do guerreiro japonês Bushidō. Após o seu lançamento, o mecanismo de combate realista foi visto como inovador, particularmente o exclusivo Sistema de Dano Corporal do jogo.

A maior parte da jogabilidade de Bushido Blade gira em torno de batalhas na terceira pessoa entre dois oponentes. No entanto, a maioria dos acertos causa morte instantânea, enquanto os jogos de luta tradicionais exigem muitos acertos para esgotar o indicador de saúde do oponente. Além disso, é possível ferir um oponente sem matá-lo. Com o “Sistema de Dano Corporal” do jogo, os oponentes são capazes de se desabilitar fisicamente em incrementos com ataques de uma arma equipada, diminuindo sua velocidade de ataque e corrida, ou paralisando suas pernas, forçando-os a engatinhar. Por fim, o jogo apresenta oito armas para escolher em muitos de seus modos: katana, nodachi, espada longa, sabre, espada, naginata, rapier e marreta. Cada uma delas tem um peso e comprimento realísticos (exceto as armas europeias, que são mais curtas). O título foi lançado exclusivamente para PS1, em 1997.

Bushido Blade
Imagem: mobygames.com

Sekiro: Shadows Die Twice

Sekiro: Shadows Die Twice é um jogo soulslike de ação-aventura lançado em 22 de março de 2019 para PC, via Steam, PlayStation 4 e Xbox One. O jogo se passa em uma versão fictícia (e repleta de magia) do período Sengoku no Japão. O enredo coloca em cena um shinobi que tenta se vingar de um clã samurai que o atacou e sequestrou seu lorde. Ou seja: aqui os samurais são os inimigos.

A jogabilidade é focada em furtividade, exploração e combate, com ênfase em batalhas contra chefes. Embora a maior parte do jogo ocorra em áreas fictícias, em alguns momentos elas são fortemente inspiradas em edifícios e locais do Japão. O jogo também faz fortes referências à mitologia e filosofia budista. Enquanto criava o jogo, o diretor Hidetaka Miyazaki queria criar uma nova propriedade intelectual (IP) que marcasse um ponto de partida da série de jogos soulslike. Além disso, Miyazaki buscou inspiração em séries como Tenchu. Por fim, o game foi aclamado pela crítica, recebendo o prêmio de “Jogo do Ano” no The Game Awards 2019, além de vários outros.

Way of the Samurai

Way of the Samurai, conhecido no Japão como Samurai, é um jogo de ação e aventura para PlayStation 2, lançado em 2002. A trama situa-se no Japão do século XIX, onde o jogador assume o papel de um rōnin que vagueia por uma vila remota e se envolve em um conflito entre clãs rivais. No entanto, uma característica notável do jogo é o enredo de ramificação, que faz com que as decisões dos jogadores alterem o curso da história.

Além do envolvimento direto do jogador na escolha do enredo, a jogabilidade se concentra fortemente no combate. A luta é feita quase inteiramente com várias espadas de samurai disponíveis no jogo. Além disso, Way of the Samurai apresenta mais de 40 tipos diferentes de espadas. No entanto, o jogador começa com apenas uma. Ao derrotar os inimigos, é possível pode pegar a espada do personagem caído para adicionar ao seu próprio inventário, podendo portar no máximo três espadas por vez. Uma vez por jogo, o jogador pode deixar uma espada adicional com o ferreiro, Dojima, e entregá-la à sua coleção de espadas.

Way of the Samurai
Imagem: mobygames.com

Pizza Fria

Reviews, notícias e tudo sobre o mundo dos games

Por Álvaro Saluan, Pizza Fria

Atualizado em 8 Jul 2020.

Mais notícias

Pikmin 3 Deluxe | Review

Jogos

Cyberpunk 2077 ganha trailer de gameplay dublado

Jogos

Kate Bishop chega em dezembro em Marvel’s Avengers

Jogos

Call of Duty: Black Ops Cold War | Review

Jogos

Madden NFL 21 tem gameplay next-gen revelado

Jogos

Cyberpunk 2077 ganha gameplay rodando no Xbox

Jogos
Guia da Semana Premium
Nosso conteúdo na melhor forma!

Aproveite o Guia da Semana de forma mais rápida, sem banners ou publicidade digital!