Guia da Semana
Jogos
Por Rafael Smeers Moraes, Pizza Fria

Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics | Review

Quando o assunto é consoles portáteis, existem alguns estilos de jogos que acabam sendo praticamente acertos garantidos. Uma boa re-jogabilidade.

Quando o assunto é consoles portáteis, existem alguns estilos de jogos que acabam sendo praticamente acertos garantidos. Uma boa re-jogabilidade e o fácil início e encerramento de sessões, por exemplo, costumam proporcionar experiências mais agradáveis. A efetividade desta aproximação pode ser facilmente evidenciada em jogos de celular e títulos como Clubhouse Games, lançado para Nintendo DS em 2006. Após praticamente uma década e meia, a série está de volta como um título first-party para Nintendo Switch, Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics.

A intenção é disponibilizar uma grande coleção de jogos, que variam de clássicos de tabuleiro e de cartas até recriações de esportes populares. Enquanto exploram esta coleção, os jogadores podem desbloquear extras e se divertir jogando com amigos. Mas será que Clubhouse Games acompanhou o passar do tempo e é capaz de oferecer novidades? Acompanhe mais uma análise do Pizza Fria e descubra de quais formas o novo título gera envolvimento e estímulo.

Jogos e jogadores de todo o mundo

A história dos jogos de tabuleiro e de cartas é milenar. Apresentar um pouco desta história de forma descontraída e prática também é um dos objetivos de Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics. Por isso, a coletânea de jogos vem acompanhada de conteúdos que visam engajar os jogadores em uma cultura interessante, mas muitas vezes esquecida. A Nintendo conhece muito bem essa história, uma vez que fez parte dela antes de entrar para o mercado de videogames, quando ainda fabricava brinquedos.

Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics
Imagem: Divulgação

Após uma breve introdução, é possível escolher uma miniatura para lhe representar e então posicioná-la em um local do mundo de sua escolha. Este globo pode ser acessado a qualquer momento e permite conferir tanto o seu próprio perfil quanto o de outros jogadores (caso uma assinatura Nintendo Switch Online esteja ativa), além de instrutores que servem como pequenas categorias de jogos.

Estes instrutores apresentam várias curiosidades e servem sugestões de quais jogos cada tipo de jogador deve experimentar primeiro. No próprio perfil e no perfil de outros jogadores, por sua vez, é possível conferir dados como número de medalhas, recordes pessoais de pontuação e jogos favoritos.

Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics
Imagem: Divulgação

De Gamão e Carrom a Boliche e Pesca

A decisão de misturar jogos clássicos a recriações de brinquedos e esportes populares possibilitou que Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics apresente opções diferentes para momentos diferentes. Procurando por um pouco de ação depois de uma longa e disputada partida de Xadrez? Sem problemas, jogos como Battle Tanks e Shooting Gallery tem o que você precisa. Até mesmo uma versão de Boliche similar à disponível no aclamado Wii Sports Resorts está disponível.

Bowling
Imagem: Divulgação

Também é interessante ser introduzido a jogos menos conhecidos como Carrom, uma espécie de bilhar de petelecos. Há quem veja o número expressivo de jogos de carta como um ponto negativo, mas não se engane: mesmo estes jogos diferem bastante entre si. Seria injusto, por exemplo, comparar Texas Hold’em a Last Card e Hanafuda. Com uma coleção tão grande e diversificada, se torna praticamente impossível não se identificar com pelo menos um jogo de cada tipo.

Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics
Imagem: Divulgação

Os trunfos de Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics

Um dos pontos mais chamativos de Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics é sua identidade audiovisual. A todo o tempo o jogador é agraciado com interfaces e ambientes caprichados e harmoniosos, bem como ótima sonorização. Afinal, quem não gosta do som de peças de dominó ou de pinos de boliche sendo derrubados?

Além do globo de jogadores e instrutores citado no início da análise, o game também apresenta várias outras surpresas. A maioria dos jogos apresenta variações de regras entre as quais o jogador pode optar, além do Mosaic Mode. No título, o Mosaic Mode tem função similar à vista em Super Mario Party, aumentando a área de jogo e criando novidades criativas através da junção da tela de diferentes Nintendo Switch.

Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics
Imagem: Divulgação

Para manter os jogadores interessados, o game também apresenta 161 medalhas que podem ser adquiridas através de desafios espalhados pela coletânea, além de pequenas curiosidades desbloqueadas a cada partida completada. Vale notar que, em alguns casos, as medalhas podem ser um tanto quanto fáceis de obter. Além disso, por conta de como alguns jogos funcionam, a opção de alterar a dificuldade da inteligência artificial nem sempre está disponível. No entanto, colecionar as medalhas continua a ser uma tarefa interessante mesmo assim.

Entre outras características interessantes, estão a possibilidade de até quatro jogadores poderem se conectar de forma local a um jogador com uma única cópia do título, a disponibilidade de controles touch, tutoriais passo a passo de Mahjong e um enredo humorístico ao longo das introduções de cada jogo.

Imagem: Divulgação

Vale a pena comprar Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics?

Clubhouse Games: 51 Worldwide Classics é um prato cheio para fãs de jogos de tabuleiro e mini-games. O título proporciona variedade (contraste a board games disponíveis avulsamente na eShop) e tende a agradar desde jogadores em busca de diversão com amigos até complecionistas com fome de desafio. Além disso, a ideia de contar um pouco da história de cada jogo e ensinar as regras de cada um deles também é bem executada.

A portabilidade e a rápida disponibilidade de um segundo controle, por sua vez, fazem do Nintendo Switch a casa certa para a coletânea. Você mesmo pode experimentar quatro jogos gratuitamente através do Clubhouse Games Guest Pass na Loja Nintendo. Quem sabe você não se empolgue e decida conferir todos os 51 jogos? O título está à venda por R$ 167,19 na Nintendo eShop brasileira.

*Review elaborada com código fornecido pela Nintendo.

Pizza Fria

Reviews, notícias e tudo sobre o mundo dos games

Por Rafael Smeers Moraes, Pizza Fria

Atualizado em 9 Jun 2020.

Mais notícias

The Dark Pictures Anthology: Little Hope chega em outubro

Jogos

10 jogos de samurai para jogar antes de Ghost of Tsushima

Jogos

eFootball PES 2020 anuncia o evento UEFA EURO 2020 Matchday

Jogos

Xbox Games Showcase será no dia 23 de julho

Jogos

F1 2020 | Review

Jogos

Horizon Zero Dawn será lançado para PC em 7 de agosto

Jogos