Guia da Semana

Guia da Semana

Finalmente F1 22 está entre nós! Depois da polêmica ocorrida com a aquisição da Codemasters pela Electronic Arts, o simulador do maior campeonato de automobilismo do mundo já está disponível para PlayStation 5, Xbox Series X|S, PlayStation 4, Xbox One e PC, via EA App, Origin, Steam e Epic Games Store. Então pegue seu capacete e prepara-se para mais uma análise do Pizza Fria!

Retornando à Fórmula 1: questões sobre controle e jogabilidade

Após anos ausente de jogos de Fórmula 1, caí de paraquedas em F1 22. Ironicamente, os jogos de corrida nunca foram lá meu maior gênero, mas eu sempre tentava jogar, embora acabasse indo muito mais para o lado do arcade, justamente por não saber frear na hora certa e outros tantos detalhes que um simulador nos exige. No entanto, ao jogar Moto GP 21, um baita de um simulador, comecei a tomar gosto pelo estilo realista de corridas. E aí, entrar em F1 22 foi muito mais fácil do que eu esperava. Mas não tão fácil assim…

Eu explico. F1 22 conta com uma infinidade de características que vão além da corrida em si. Você pode escolher aprimorar seu carro através do menu de P&D (pesquisa e desenvolvimento), ir para treinos livres não só para aprender a domar sua fera de trocentas cilindradas em altíssima velocidade, mas também para aprimorar detalhes de sua equipe, disputar constantemente com os outros pilotos pela pole e por aí vai. São diversos detalhes que nos levam ao ápice da emoção, que são as corridas. Ah, as corridas de F1… Me lembram várias manhãs de domingo em que assistíamos Barrichello ou Massa trajados em vermelho Ferrari, minha escuderia favorita. Bons tempos…

f1 22
A visão interna do carro é sensacional! (Imagem: Divulgação)

Retornando… F1 22 felizmente apresenta a possibilidade de balancear as assistências na hora de pegar o carro e até mesmo no controle de P&D, deixando tudo para a equipe de engenheiros. Mas eu gosto de assumir tudo. No entanto, pegar o carro de primeira e sair dirigindo sem nenhuma assistência é uma tarefa bem puxada. F1 22 é um jogo que exige frieza e treinamento, pois em uma única bobeira, a corrida pode acabar pra você. Felizmente, o recurso Flashback pode nos ajudar a entender como agir em determinadas situações, nos permitindo regredir no tempo, corrigindo uma batida ou saída da pista. Porém, para quem quer jogar online, essa possibilidade não existe. É o famoso “quem sabe, faz ao vivo!”.

Desta maneira, ao adentrar o mundo de F1 22, pude ir me adaptando aos poucos e entendendo como funciona a dinâmica de direção que, convenhamos, é muito melhor nos carros desta categoria do que nos outros possantes que você pode acumular em sua garagem. Eu quis começar de baixo, ainda na F2, justamente pra pegar velocidades menores e mais noção do controle e das pistas. Porém, não há preparo que te faça chegar tranquilo em um circuito como o de Mônaco. É simplesmente insano correr a mais de 300 quilômetros por hora no meio de uma cidade. Tem que ser muito brabo mesmo.

f1 22
Esse é meu avatar em F1 22. E até que se parece mesmo comigo, numa versão muito aprimorada (e mais alta)… (Imagem: Reprodução)

Enfim, o ponto aqui é: F1 22 é um jogo amplo e democrático, valendo a pena até para quem não é fã da categoria, mas fã de corrida no geral. Com todas essas características, incluindo a customização do nosso piloto ou pilota, um aspecto interessante, mas ainda meio limitado. Mas é claro, este também não é o principal ponto. Já a estilização do carro é bem bacana e conta com uma série de detalhes, cores e patrocínios, sendo esta sua marca principal nos modos de corrida online. E F1 22 apresenta diversos eventos divertidos. Fui me arriscar e acabei fazendo um bom tempo, ficando “apenas” entre os 4 mil primeiros pilotos. Apenas…

As novas regras da F1

Anualmente, as regras da FIA, a federação responsável pela Fórmula 1, mudam. E F1 22 incorporou todas as regras para trazer uma maior imersão aos amantes do automobilismo. Os carros contam com mudanças consideráveis que vão muito além da estética, embora os modelos fiquem ainda mais atraentes. Buscando permitir que os carros andem mais próximos uns dos outros, os engenheiros buscaram diminuir a pressão aerodinâmica gerada pela asa dianteira e apêndices na parte de cima dos monopostos, trazendo de volta uma maior utilização do efeito solo na parte debaixo do chassi, ideia criada nos anos 80.

As asas traseiras não terão mais endplates, com o desenho sendo restringido pelo regulamento. A ideia é não causarem tanta turbulência para quem vem atrás. Já o sistema de DRS, que no jogo conta com assistência, caso o jogador não o domine, será mantido e seus componentes serão padronizados. Outra questão que muda na F1 é o tamanho dos pneus, que serão de 18 polegadas. Em 2021, os pneus tinham apenas 13 polegadas. Essa alteração busca reduzir o aquecimento durante os estágios em que os pilotos estão no limite, podendo permanecer por mais tempo na pista.

f1 22
Os carros estão reformulados na edição de 2022. (Imagem: Divulgação)

Em questão de segurança, em 2022, os chassis serão mais fortes, podendo absorver 48% mais impacto em uma batida frontal e até 15% na traseira. O nariz mais protuberante do carro ajuda a dissipar a energia em uma batida, juntamente com os pneus maiores. A unidade de potência foi projetada para se separar do restante do veículo no caso de um impacto muito forte. Isso protegerá o tanque de combustível e evitará incêndios ou explosões.

Existem diversas mudanças no campeonato deste ano, mas essas são algumas das principais. E F1 22 as incorporou totalmente. Além disso, o game traz todos os 23 circuitos do calendário de 2022, extremamente detalhados e em gráficos incríveis. Além disso, as 10 equipes, com 2 pilotos cada, seguem totalmente licenciadas, sendo algo muito positivo para um jogo desse nível. E isso é observável também na F2. De uma maneira geral, essas novidades em F1 22 trazem uma imersão para jogadores mais exigentes, sendo um aspecto positivo do simulador.

f1 22
F1 22 também trouxe as mudanças ocorridas nas regras oficiais. (Imagem: Divulgação)

Outros aspectos importantes

No quesito gráfico, F1 22 está muito bem. Embora suas animações entre as corridas sejam extremamente repetidas, o jogo apresenta tomadas aéreas antes das corridas que mostram o nível absurdo de detalhamento de cada um dos circuitos e carros, algo sensacional. Tal nível de detalhamento pode ser facilmente percebido também nas corridas. Por exemplo, ao corrermos na chuva, somos literalmente atrapalhados pela nebulosidade do clima e pelos aguaceiros, que tampam nossa visão. Isso em uma largada é simplesmente insano. Mas, felizmente, na F1, os carros contam com sinalizadores na traseira que facilitam um pouco a questão de visibilidade.

Desta forma, com gráficos bastante realistas, F1 22 traz uma baita sensação imersiva, tendo inclusive a possibilidade de ser jogado com um dispositivo de realidade virtual, trazendo muito mais liberdade ao jogador. No quesito áudio, F1 22 é totalmente dublado para o português brasileiro, embora também esbarre na questão da repetição de falas. É claro, isso não é uma infração grave, mas poderia ser um pouco mais bem elaborado, sobretudo se levarmos em conta os jogadores mais empolgados, que dedicam horas e horas nos modos online e offline. Acaba cansando um pouco, né?

f1 22
(Imagem: Divulgação)

Apresentando gráficos e sons ricos, F1 22 é um jogo visualmente bonito. O único problema é a perda de imersão na repetitividade de animações em momentos como o pódio ou a entrada de cada um dos circuitos. Depois da primeira vez que você para pra admirar esses detalhes além da corrida, logo perdem a graça e, consequentemente, um pouco da imersão. Isso deveria ser revisto, embora sabemos que esta não seja lá a maior prioridade da franquia.

Agora, sobre o desempenho, F1 22 também está indo muito bem. Em níveis de configuração máximos, apresentou uma jogabilidade extremamente lisa acima de 70 FPS, em 1080p em um PC equipado com uma GeForce RTX 3060 Ti, um processador Ryzen 5 5600X e 16Gb de RAM 3200Mhz. É claro, esta configuração é relativamente robusta para o atual momento, mas alguns jogos atuais ainda insistem em não vir otimizados, tendo travamentos e problemas de desempenho, o que não é o caso de F1 22, que rodou lindamente (e até me surpreendeu)!

f1 22
Aqui já dá pra ver melhor que o avatar não é lá tããão parecido comigo assim (não mesmo)… (Imagem: Reprodução)

Vale a pena comprar F1 22?

Apresentando um conteúdo robusto, F1 22 é um excelente simulador de corrida. É democrático, podendo ser totalmente customizável, apresentando desafios de acordo com o seu nível. Conta com gráficos sensacionais, está totalmente dublado e legendado em português brasileiro, traz diversos modos online e offline, permite a criação e personalização de avatares e muito mais. É um jogo que entrega exatamente o que se propõe: simular o maior campeonato do automobilismo mundial, apresentando um nível de realismo interessante e, ao mesmo tempo, um tanto desafiador.

Para os amantes da Fórmula 1 ou fãs de jogos de corrida no geral, F1 22 é um baita título para se ter na biblioteca digital, ainda que apresente alguns aspectos meio genéricos em suas animações e dublagens. Afinal de contas, o que realmente vale aqui é a qualidade da jogabilidade, e nisso, F1 22 se dá muito bem. Talvez o único aspecto que seja complicado aos jogadores seja justamente seu preço, chegando próximo aos R$ 250,00 na edição mais básica. Analisando por esta perspectiva, valeria muito mais a pena para quem acompanha anualmente a franquia. Mas é tudo questão de gosto e de pesar se realmente vale o preço…

Por fim, em minha modesta experiência, com alguns pódios e vários revezes, F1 22 foi um jogo surpreendente, ainda que não seja o meu gênero favorito. Me animou a assistir F1 novamente e, não só isso, a jogar e conhecer mais a fundo detalhes deste incrível campeonato e seus personagens. Pode melhorar? Sempre pode, e a questão da imersão, tão ricamente trabalhada pela EA em jogos como Madden NFL 22, poderia ser facilmente adaptada aqui. É o mínimo que o fã da franquia quer, além de, claro, melhorar constantemente aspectos gráficos e a jogabilidade. Mas parece que acharam mais prudente retirar o Modo História desta edição, o que pra mim foi uma grande bola fora…

*Preview elaborada em um PC equipado com uma GeForce RTX, com código fornecido pela Electronic Arts.

Pizza Fria

Reviews, notícias e tudo sobre o mundo dos games

Por Álvaro Saluan, Pizza Fria

Atualizado em 4 Jul 2022.