Guia da Semana
Jogos
Por Filipe "Bdama" Villela, Pizza Fria

Fallen Legion Revenants | Review

Fallen Legion Revenants é um RPG de ação, sequencia dos títulos Fallen Legion: Sins of an Empire e Fallen Legion:.

Fallen Legion Revenants é um RPG de ação, sequencia dos títulos Fallen Legion: Sins of an Empire e Fallen Legion: Flames of Rebelion desenvolvidos pela YummyYummyTummy, Inc, ou YYT Games, que foram lançados em 2017.

O jogo será distribuído mundialmente pela famosa NIS América, empresa responsável pelo recente título YS IX: Monstrum Nox e pela aclamada série The Legend of The Heroes, e chegará nesta terça feira dia 16 de fevereiro para o Playstation 4 e o Nintendo Switch.

O game promete características marcantes como as escolhas do jogador, que irão influenciar nos destinos de diversos personagens. Além de testar seus reflexos e habilidades táticas, através de intensas batalhas em tempo real, comandando um esquadrão de lendários Exemplars.

E será mesmo que Fallen Legion Revenants consegue cumprir o que prometeu? Venham comigo e vamos tirar essa e outras dúvidas na review antecipada do Pizza Fria!

A história de Fallen Legion Revenants

Em Fallen Legion Revenants, o mundo está coberto de miasma e o castelo flutuante Welkin é o último refúgio para a humanidade. A terra está cheia de feras mutadas pela praga, enquanto o castelo fica distante dos horrores que habitam o planeta.

Lucien, um político carismático recém eleito para o conselho do castelo, descobre um livro antigo e aprende sobre os Exemplars, armas que podem se transformar em soldados sencientes. Assim, ele contata Rowena, uma ex-chanceler de um tirano louco que foi injustamente executada e que graças à vontade de libertar seu filho das garras do vilão, é mantida presa ao mundo como revenant.

Fallen Legion Revenants
Juntos, nossos heróis buscam uma maneira de derrotar o tirano Ivor. (Imagem: Reprodução)

Rowena que agora busca uma forma de voltar à vida para criar seu filho, faz um pacto com Lucien e juntos, buscam uma forma de derrubar o tirano Ivor que está no comando de Welkin.

Comandos e mecânicas

O jogador controla os personagens apenas em uma perspectiva em duas dimensões, sempre da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda. Diversas vezes a história se passa paralela entre a gameplay de Rowena e Lucien, então, à medida em que avançamos nas batalhas contra os monstros a tela é dividida e controlamos Lucien no castelo, em busca de informações cruciais para o avanço do grupo.

Fallen Legion Revenant
A princípio, Fallen Legion Revenants parece mais complicado do que na verdade é. (Imagem: Reprodução)

A parte inicial do jogo já te deixa familiarizado com os comandos básicos que no geral são simples, mas que podem exigir um pouco de coordenação motora e atenção dos jogadores, em um tipo de tutorial que vai se seguindo enquanto batalhamos.

Os comandos com Rowena durante as batalhas são utilizados pressionando triangulo e cada um dos outros três Exemplars, são comandados por X, O ou quadrado. Cada ataque desferido custa 1 AP ou Ponto de Ação, que é restaurado gradualmente enquanto um exemplar não está atacando.

Fallen Legion Revenants
Como é mostrado na tela, cada um dos Exemplars é comandado por X, O ou quadrado. (Imagem: Reprodução)

Pressionar Triângulo conjura o feitiço de Rowena. Cada feitiço lançado nos custa 1 orbe de mana, que é restaurado à medida em que atacamos os inimigos.

Além dos ataques básicos, os personagens contam com os Deathblows, golpes mortais que são tão poderosos que custam 1 orbe de mana para serem acionados. Segure R1 e pressione o botão referente ao guerreiro, para esmagar o inimigo com seu golpe poderoso. Além dos ataques padrão, encontrar armas perdidas pode ensinar novos golpes aos Exemplars.

Fallen Legion Revenants
Nossos heróis se movimentam sozinhos até encontrar os próximos inimigos. (Imagem: Reprodução)

Pressionar o botão L1 bloqueia o ataque inimigo. Apertar o botão no momento certo antes que um projétil atinja um Exemplar causa um Perfect Block e reflete a carga de volta ao inimigo, causando dano à aquele que estiver na frente e restaurando 1 AP para cada um de seus personagens.

Nossos Exemplars podem perder a forma corpórea ao perder toda a vida. Assim, Rowena pode canalizar seus desejos e trazê-los de volta ao mundo. Quanto mais os Exemplars caírem em batalha, mais difícil se torna para a revenant revivê-los.

Controlando Lucian, temos a parte política da história. Nosso personagem pode interagir em áreas do castelo, fazendo alianças ou descobrindo falcatruas para chantagear os políticos corruptos e de alguma forma, ajudar nossos guerreiros em campo.

Fallen Legion Revenants
Cada escolha de diálogo gera uma consequência em Fallen Legion Revenants. (Imagem: Reprodução)

Audiovisual em Fallen Legions Revenants

Visualmente o jogo é simples, com traços bem feitos e sem estouro de pixel, mas nada que chame muita atenção. Me lembrou muito jogos para celular. O tempo de carregamento dos estágios é até um pouco maior do que eu esperava durante a aventura de Rowena e as coisas pioram quando controlamos Lucian, quando é perceptível um delay que incomoda bastante, entre as conversas. O que no caso dele é praticamente em toda a gameplay.

Fallen Legion Revenants
A arte do jogo é até bonita, mas nada que chame muito a atenção. (Imagem: Reprodução)

A trilha sonora não é ruim, as músicas são até boas e os sons se encaixam perfeitamente na proposta do game. Porém, também não chamam a atenção e acabam por ficar um tanto quanto monótona e repetitiva depois de um tempo.

Vale a pena comprar Fallen Legion Revenants?

Se você jogou os outros jogos da série e tem um nível bom de entendimento em inglês, vale sim. Caso contrário, eu não recomendo.

O jogo é gostoso, empolgante e envolvente, principalmente no início, mas acaba por ser bastante repetitivo na maior parte do tempo. Avançar e ficar pressionando botões com a Rowena e os Exemplars muitas vezes descoordenadamente, cansa. E você se pega jogando as batalhas meio que de uma forma “automática” as vezes. Dividir a tela e passar para o Lucian, coletar informações e fazer poções. Basicamente é isso e depois de um tempo as coisas acabam ficando um pouco monótonas.

Além disso, a falta da localização em português brasileiro é algo muito incômodo, uma vez que, a parte política de Lucian deve ser muito bem entendida para que possamos progredir da melhor maneira no castelo.

Fallen Legion Revenants será lançado no dia 16 de fevereiro para PlayStation 4 e Nintendo Switch, no entanto, ainda não está disponível para compra nas lojas digitais do Brasil. Se você tiver uma conta americana, e quiser garantir sua cópia na pré-venda, o título está disponível por US$ 39,99 nos consoles da Sony e da Nintendo.

*Review elaborada em um PlayStation 4 padrão, com código fornecido pela NIS América.

Pizza Fria

Reviews, notícias e tudo sobre o mundo dos games

Por Filipe "Bdama" Villela, Pizza Fria

Atualizado em 15 Fev 2021.

Mais notícias

Dead Space Remake é anunciado para PC e consoles

Jogos

Battlefield 2042 revela “Portal”, uma nova experiência para os jogadores

Jogos

9 novidades que estarão em Dying Light 2 Stay Human

Jogos

Battlefield 1 e Battlefield V estão de graça no Prime Gaming

Jogos

Crash Bandicoot recebe bundle comemorativo de 25 anos para consoles

Jogos

Xbox Game Pass traz 12 novidades e 3 remoções em julho

Jogos