Guia da Semana
Jogos
Por Flávia Rodrigues, Pizza Fria

Gears Tactics | Review

Gears Tactics foi lançado pela Microsoft no último dia 28 de abril, com a promessa de ser uma nova experiência.

Gears Tactics foi lançado pela Microsoft no último dia 28 de abril, com a promessa de ser uma nova experiência no universo de Gears. Mas, diferentemente dos outros jogos lançados da série, o novo título aposta na ação adaptada em um jogo de estratégia em turnos.

A história se passa 12 anos antes do primeiro Gears of War, onde o Sargento Gabriel Diaz precisa recrutar um esquadrão para destruir os planos de Ukkon, um cientista Locust que projeta monstros para aniquilar o que restou da humanidade.

É uma história relativamente simples, mas efetiva para os propósitos do jogo, sendo contada em cutscenes antes e depois de cada capítulo. Além disso, uma dublagem totalmente em português do Brasil e muito bem localizada conta com uma atuação muito convincente e imersiva, dando aquele toque de brasilidade nos personagens.

Mudança Brusca

Para os fãs da série que apreciam a ação desenfreada, o jogo talvez seja uma mudança de ares muito grande. Para aqueles que esperavam uma experiência diferente sendo adicionada à série, será uma mudança muito bem-vinda. Todas as mecânicas do jogo são explicadas em um tutorial detalhado, mas o aprendizado é melhor no “vamos ver”, colocando em prática os comandos ensinados.

Quem não está acostumado com jogos de estratégia pode achar, primeiramente, que há muito para se fazer – no entanto, a curva de aprendizado dá o espaço necessário para os fãs de Gears novatos nesse gênero pegarem o jeito.

Diferentemente dos outros jogos da série, Gears Tactics traz a câmera isométrica, clássica dos jogos de estratégia, e a ação aqui tem um ritmo diferente.

Gears Tactics
Momentos no jogo nos lembram que esse ainda é um Gears of War (Imagem: Reprodução)

Em vez de “atirar para todo lado”, é recomendado pensar antes de realizar uma ação, já que cada atividade custa pontos e zerá-los pode significar entre estar bem posicionado ou no meio do nada, se tornando um alvo fácil.

Os visuais não ficam de lado, com uma apresentação impactante e gráficos de tirar o fôlego que fazem jus à série Gears.

As cutscenes completam a imersão e durante o jogo, e algumas ações como as execuções de inimigos nos colocam na câmera clássica da franquia, aproveitando todo o potencial gráfico do jogo e nos lembrando que sim, esse é um Gears of War.

Escalação de Peso

Em companhia de Diaz estão os Heróis Sid Redburn e Mikayla Dorn. Além deles, o jogo conta com uma variedade de Tropas, que podem ser escolhidas antes do início de cada nova missão, e o progresso não é afetado se estes forem abatidos durante o combate.

Cada missão requer um esquadrão com personagens obrigatórios para o desenvolvimento da história, e permite que jogador selecione entre personagens disponíveis para completar o time.

Gears Tactics
Múltiplas opções de esquadrão aumentam o fator replay (Imagem: Reprodução)

As classes estão divididas entre Peso-Pesado, Batedor, Sniper, Suporte e Vanguarda. O jogo oferece muitas opções para qualquer estilo de jogo a ser adotado, dando a liberdade para montar escalação de Gears dos sonhos.

Mas para alcançar à perfeição tática é necessário melhorar os Gears com um sistema simples, porém efetivo de árvore de habilidades, que desbloqueia novas perícias ativas e passivas com pontos alcançados a cada novo nível de personagem.

As melhorias também podem ser feitas nas armas e armaduras de cada Gear, com peças encontradas durante o jogo e aumentam as capacidades dos personagens.

É melhor você ser bom em multitarefas

Por ser um jogo single-player, administrar tantos personagens ao mesmo tempo pode não ser uma das tarefas mais fáceis – principalmente em missões com objetivos especiais ou com hordas com o dobro de inimigos.

Prepare-se para inevitavelmente falhar algumas missões, seja por algum erro de execução ou por simplesmente receber poucas ou nenhuma dica de quais habilidades levar para o campo de batalha.

O jogo conta com 22 capítulos da campanha principal, divididos em 3 Atos – o primeiro com 6 capítulos, os outros 2 restantes com 8 episódios cada. Além das missões de história, existem missões secundárias que garantem recompensas extras se completadas.

Gears Tactics
Algumas pessoas podem achar que há muita coisa acontecendo (Imagem: Reprodução)

No entanto, essa é a maior quebra da cadência do jogo: algumas missões secundárias são obrigatórias para debloquear a próxima missão de história, o que foge da proposta de uma missão secundária e torna a experiência maçante quando o que se quer é progredir com a campanha.

Ainda assim, há um esforço para não tornar as coisas entediantes: muito além de sobreviver a hordas de inimigos e ir do ponto A ao ponto B, Gears Tactics muda a fórmula com alguns outros tipos de missão, como as de resgate ou de proteção.

Apesar de estender ainda mais o gameplay, também aumenta a variedade de modos de jogo – e variedade nunca é demais.

Pague apenas uma vez

Gears Tactics foi anunciado como um jogo sem micro transações, e de fato a única forma de conseguir melhorias é, – surpresa! – jogando.

Na era do “pague para vencer”, a satisfação de conseguir avançar e melhorar em um jogo tornou-se rara, e um lançamento do tamanho de Gears mostra que talvez a indústria tenha chegado ao limite, e que é um bom momento para retornar o foco na experiência do jogo, e não apenas no produto.

As recompensas vêm por caixas, que podem ser encontradas durante as partidas e recebidas ao completar missões e cumprir objetivos.

As caixas possuem níveis Comum, Raro e Épico, cada nível oferecendo recompensas melhores conforme a sua raridade. Ainda existem as caixas de nível Lendário, que podem ser obtidas apenas completando missões específicas.

Vale a pena comprar Gears Tactics?

Por fim, a palavra que pode resumir a experiência de Gears Tactics é “única”, sem sombra de dúvidas. O jogo oferece opções robustas de estratégia, e os pecados cometidos em obrigar o jogador a completar missões secundárias são redimidos com aprimoramentos importantes, além de um fator replay recompensador. Mesmo com os outros jogos da série apresentarem dinâmicas diferentes, Gears Tactics traz o necessário para manter a franquia renovada.

Vale a pena apostar em Gears Tactics, já que o título serve perfeitamente como uma porta de entrada ao estilo. Jogue de mente aberta e quebre a cabeça para derrotar hordas e mais hordas de Locust!

Gears Tactics foi lançado para PC, na Microsoft Store e na Steam, por R$ 169 em ambas as lojas virtuais. No entanto, assinantes do Xbox Game Pass para PC contam com o jogo incluso na assinatura e não precisam pagar mais nada para jogar.

*Review elaborada no PC, com código fornecido pela Microsoft.

Pizza Fria

Reviews, notícias e tudo sobre o mundo dos games

Por Flávia Rodrigues, Pizza Fria

Atualizado em 5 Mai 2020.

Mais notícias

AMD Radeon 5500 XT | Review

Jogos

Halo: Reach | Review

Jogos

PlayStation 5: jogos serão apresentados na semana que vem

Jogos

Xenoblade Chronicles: Definitive Edition é lançado para Switch

Jogos

Novo vídeo de The Last of Us Part II foca nos detalhes

Jogos

Outriders ganha vídeo de gameplay de 12 minutos

Jogos