Guia da Semana
Jogos
Por Álvaro Saluan, Pizza Fria

HITMAN 3 | Review

Finalmente, a tão aguardada conclusão da trilogia World of Assassination está entre nós! HITMAN 3, jogo da IO Interactive, chega nesta.

Finalmente, a tão aguardada conclusão da trilogia World of Assassination está entre nós! HITMAN 3, jogo da IO Interactive, chega nesta quarta, 20, em formato digital e mídias físicas (que estarão disponíveis no Brasil) para PlayStation 4 e PlayStation 5, PC, via Epic Games Store, Nintendo SwitchXbox One e Xbox Series X/S, prometendo o fim de uma narrativa iniciada em 2016, além de todas as missões dos jogos anteriores.

Mantendo sua jogabilidade sandbox com inúmeras possibilidades de assassinar seus alvos, HITMAN 3 adiciona novidades como uma câmera multifuncional, que serve de ferramenta para escanear diversos pontos, novas formas de interagir com o mundo ao redor em diferentes missões, os novos “atalhos persistentes”, classificações pós-missão, um sistema de progressão unificado e, por fim, um sistema novo para ser jogado com VR. No entanto, será que tais mudanças agregam muito ao jogo? Aliás, o que se esperar do desfecho dessa trilogia? Esses e vários outros pontos serão abordados aqui, em mais uma análise do Pizza Fria!

O fim de uma saga

Resumindo a história, HITMAN 3 é o título de fechamento da interessantíssima trilogia World of Assassination, que leva os jogadores a diversas localidades do mundo em extensos mapas para cumprir missões de assassinato. No título, o Agente 47, nosso icônico protagonista com seu código de barras, retorna mais implacável do que nunca para cumprir alguns dos contratos mais importantes de toda a sua carreira, buscando dar fim à Providence, que é amplamente tratada nos jogos anteriores.

Apoiado por Diana Burnwood, sua recrutadora, 47 também une forças com seu irmão, Lucas Gray (ou Subject 6), apresentado em HITMAN 2. Como toda a narrativa desde o primeiro título vai se encaminhando, a missão principal de nosso assassino é a de eliminar seus parceiros da Providence, que são forçados a se adaptar à medida que a caçada de 47 se intensifica. De forma geral, sem dar spoilers, HITMAN 3 traz um desfecho bem interessante e que nos faz perguntar se teremos mais aventuras com este incrível protagonista.

HITMAN 3
O Agente 47 está mais preparado do que nunca. (Imagem: Divulgação)

Novidades em HITMAN 3: trilogia completa e suporte a VR

Como dito anteriormente, HITMAN 3 será uma plataforma para toda a trilogia World of Assassination. Sendo assim, ele permite que os jogadores experimentem as histórias dos dois títulos anteriores (a partir do Legacy Pack ou já possuindo HITMAN 2), com todos os locais visitados pelo assassino sendo aprimorados, contando com melhorias visuais e de gameplay. Com todos os jogos podendo ser reunidos em uma só plataforma, o sistema de progressão torna-se unificado, permitindo que você desbloqueie um item na nova história e o utilize nas missões dos jogos anteriores, trazendo assim novas maneiras de jogar e concluir as missões. No entanto, você só conseguirá reaproveitar os progressos de HITMAN 2, estando o primeiro título de fora do novo sistema de progressão.

HITMAN 3 também conta com suporte ao sistema do PlayStation VR em todos os mais de 20 locais da trilogia. Jogar em realidade virtual certamente mudará a maneira como o título será jogado, trazendo a perspectiva de primeira pessoa, que permite uma imersão muito maior no jogo. Assim, será possível ficar cara a cara com seus alvos e, mais do que isso, se sentir mais próximo das interações simuladas no jogo, que seguem a fórmula das edições anteriores, mas ainda com mais detalhes. No entanto, em nossa análise, feita em um PC, não foi possível testar o novo sistema, que promete ser bem divertido.

HITMAN 3
HITMAN 3 conta com ajustes finos nos gráficos e na jogabilidade. (Imagem: Divulgação)

A jogabilidade: o que muda?

Sinceramente, HITMAN 3 traz apenas poucas mudanças, mantendo os aspectos dos jogos anteriores, mas com algumas novidades. A primeira delas é a câmera, usada para escanear diversos pontos e detalhes que podem ajudar a complementar os vários caminhos escolhidos para se assassinar seus alvos. Aliás, nesse quesito de variedade de narrativas para se chegar ao objetivo final, algo que rende pontos no sistema de progressão, o jogo segue mantendo variadas (e até mesmo divertidas) micro-narrativas. Em uma delas, você encarna um detetive à la Sherlock Homes, tendo de investigar um crime dentro de uma família muito rica, tendo um desdobramento interessante para o jogador, que se vê em meio a uma trama como a do filme Entre Facas e Segredos.

Outro ponto também adicionado ao jogo, talvez para dar maior dificuldade e a incentivar uma maior exploração dos extremamente detalhados mapas, são os “Atalhos”. Neles, certas escadas, portas e pontos de acesso só podem ser desbloqueados de um lado só. Ao conseguir liberar essas passagens, o jogador terá mais facilidades para se locomover entre os diversos pontos do mapa, aumentando o leque de jogadas disponíveis.

HITMAN 3
A qualidade gráfica dos ambientes é incrível, mas peca um pouco nos personagens. (Imagem: Divulgação)

No mais, HITMAN 3 segue a fórmula bem divertida de seus jogos antecessores. É verdade, ele traz alguns ajustes finos, mas ainda segue com alguns probleminhas (bem pequenos mesmo). Um exemplo disso ocorre quando a inteligência artificial dos inimigos, em alguns momentos, dá uma “moscada”. No entanto, o nível de dificuldade do jogo segue sendo interessante e desafiador (e também ajustável em 3 níveis), obrigando ao jogador a estudar cada uma das diversas possibilidades de concluir o contrato.

Vale a pena comprar HITMAN 3?

Trazendo o desfecho de uma ótima franquia, HITMAN 3 é um jogo sensacional, que te permite uma infinidade de formas de matar os alvos do Agente 47 por mais de 20 missões (as missões dos jogos anteriores dependem de fatores já citados; a edição recebida por nós já contava com todos os 3 títulos), além dos modos e contratos extras. Os gráficos do jogo contam com aprimoramentos, tendo mapas ricamente detalhados, onde os reflexos e jogos de luz merecem muito destaque. No entanto, a feição dos personagens destoa um pouco da qualidade gráfica dos ambientes, sendo este um ponto que acaba incomodando. Já a qualidade do áudio ambiente e nas dublagens é excelente, sendo um aspecto fundamental na gameplay.

De uma maneira geral, por apresentar aprimoramentos de gameplay nas missões dos dois títulos anteriores e trazer novas missões com o desfecho da trilogia, HITMAN 3 é uma excelente opção aos fãs de jogos que misturam um universo em sandbox, quebra-cabeças e, caso necessário, bastante ação (embora a tônica do jogo nos faça agir de forma discreta). Porém, seguindo os lançamentos, o jogo apresenta preços altos em sua versão mais básica: R$ 249,90 para os consoles Xbox e PlayStation, R$ 279,90 para PC.

De qualquer forma, o título vale a pena, sobretudo para quem não teve a oportunidade de jogar as versões anteriores e quer jogar de forma aprimorada. Porém, vale ressaltar que o título não conta com legendas em português, o que pode ser um problema.

*Review elaborada em um PC equipado com GeForce RTX, com código fornecido pela IO Interactive.

Pizza Fria

Reviews, notícias e tudo sobre o mundo dos games

Por Álvaro Saluan, Pizza Fria

Atualizado em 19 Jan 2021.

Mais notícias

Os 10 melhores The Legend of Zelda segundo Metacritic

Jogos

Phoenotopia: Awakening | Review

Jogos

Aliens: Fireteam é anunciado para PC e consoles

Jogos

Fall Guys: Epic Games anuncia compra do estúdio

Jogos

Sniper Ghost Warrior Contracts 2 será lançado em junho

Jogos

HITMAN 3 revela mapa das atualizações de março

Jogos