Guia da Semana
Jogos
Por Sérgio Barbosa, Pizza Fria

Moving Out | Review

Nos últimos anos, a publisher Team17 (criadora da franquia Worms) trazia ao mundo um dos jogos cooperativos mais aclamados (e.

Nos últimos anos, a publisher Team17 (criadora da franquia Worms) trazia ao mundo um dos jogos cooperativos mais aclamados (e mais causadores de brigas entre amigos) dos últimos tempos: Overcooked 2, premiado como melhor jogo familiar de 2018 no The Game Awards. Hoje, a publisher aposta em um novo título com a mesma proposta de cooperação e caos: Moving Out. Mas será que o game tem potencial e chega à altura do sucesso de Overcooked?

Desenvolvido pela SMG Studio e DevM Games, Moving Out será lançado na próxima semana, 28 de abril, para PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch, PC e MacOS, via Steam. O título é um cooperativo local de 1 a 4 jogadores, onde todos trabalham para uma empresa de mudanças pouco convencional. Os funcionários devem se juntar para realizar mudanças nas casas mais estranhas da cidade o mais rápido possível, mesmo que isso cause a total destruição das residências da clientela.

Mudança caótica

É quase impossível evitar a comparação com Overcooked, seja pela sua proposta de gameplay coop, ou mesmo pelo estilo de arte visual. Porém o título consegue criar sua própria essência e traz uma boa gama de ideias novas e adições ao gênero.

Cada fase consiste em uma casa de um cliente para o qual a empresa foi contratada para realizar a mudança. Os jogadores devem, portanto, trazer todos os itens marcados para dentro do caminhão de mudança o mais rápido possível. Pode parecer simples, porém cada fase introduz mais obstáculos para os pobres funcionários.

Moving Out
Imagem: Divulgação

Eles devem carregar os móveis atravessando ruas com tráfego intenso, passando por troncos de madeiras boiando sobre rios e fugindo de fantasmas, por exemplo. Além disso, móveis mais pesados como sofás e geladeiras só podem ser carregados por dois jogadores juntos, o que força a constante comunicação (e muitas vezes fúria) entre os parceiros de equipe. Ademais, para conseguir atingir as metas de tempo ou passar por estes obstáculos, os jogadores podem arremessar a mobília de um lado ao outro.

Isto compõe a característica principal da gameplay: simples, porém muito divertida. Não há poderes ou habilidades novas desbloqueadas ao longo do jogo para os carregadores. O que muda são os cenários e obstáculos apresentados em cada fase, que trazem uma boa variedade para que o jogo não caia na monotonia.

Moving Out
Imagem: Divulgação

O humor em Moving Out

Caso não esteja claro pelo visual ou pela proposta do jogo, fica bem óbvio logo no seu início: o título não se leva a sério. O tutorial se inicia com um vídeo que parece uma fita VHS de instrução de funcionários gravada por cima de uma filmagem de casamento. Dessa forma os criadores evidenciam logo de cara que o humor é um ponto chave.

E nisso não decepciona, com grande destaque para a localização em PT-BR, que em todo o texto não deixa o humor se perder na tradução. Os diálogos entre os funcionários e com seu chefe (um boneco de papelão), as dicas na tela de loading e até os nomes de fases me fizeram gargalhar algumas vezes durante o jogo.

Conteúdo

Para quem compra o jogo esperando um grande pacote com muitas horas de gameplay pode ficar decepcionado, a princípio. Afinal, o “modo história” possui 30 níveis, que em geral podem ser concluídos em menos de 10 minutos, dando um total de menos de 5 horas para chegar ao seu fim. Entretanto, chegar aos créditos é apenas a ponta do iceberg do conteúdo.

Cada fase possui 3 classificações (ouro, prata e bronze) de acordo com o tempo levado a concluir a mudança. A medalha de ouro se mostrou um grande desafio na maioria das fases, sendo que ao zerar o jogo minha dupla obteve apenas 5 do total de 30. Adicionalmente, ao concluir cada fase, o jogo revela 3 objetivos extras do nível, como quebrar todas as janelas da casa, ou bagunçar os quadros de arte da mansão mal assombrada. Esses elementos fazem com que seja necessário jogar cada fase múltiplas vezes para realmente finalizar cada uma.

Moving Out
Imagem: Divulgação

A fim de complementar o modo história, são desbloqueados dois modos extras durante o jogo: a Super Loja de VHS e o Fliperama. Cada modo tem novas fases desbloqueadas de acordo com as quantidades de medalhas de ouro conquistadas e objetivos extras concluídos, respectivamente. Ambos trazem idéias ainda mais ousadas e níveis verdadeiramente desafiadores, como carregar um sofá por plataformas muito finas e cheias de curvas, ou jogar uma mudança de um avião até um caminhão em movimento.

Vale a pena comprar Moving Out?

Para quem busca uma diversão entre amigos dividindo o sofá, Moving Out é uma excelente escolha. Sua gameplay animada e com bastante variedade, e seu humor cativante, trazem um entretenimento descontraído e leve. Seu conteúdo pode parecer curto a primeira vista, levando menos de 5 horas para finalizar sua campanha. Todavia os desafios extras de cada fase e os modos adicionais podem expandir o total de horas de conteúdo substancialmente, garantindo ainda mais tempo de diversão para os jogadores.

*Review elaborada no PlayStation 4 padrão, com código fornecido pela Team17.

Pizza Fria

Reviews, notícias e tudo sobre o mundo dos games

Por Sérgio Barbosa, Pizza Fria

Atualizado em 21 Mai 2020.

Mais notícias

Xbox Game Pass para PC deixa o beta e é lançado no Brasil

Jogos

Cyberpunk 2077 ganha novos vídeos e requisitos mínimos

Jogos

Nintendo Switch é lançado oficialmente no Brasil por R$2.999,00

Jogos

Confira o resumo da Nintendo Direct de setembro de 2020!

Jogos

Prime Gaming de setembro libera Rocket Arena grátis

Jogos

Watch Dogs 2 e Stick It To The Man! grátis na Epic Games Store

Jogos
Guia da Semana Premium
Nosso conteúdo na melhor forma!

Aproveite o Guia da Semana de forma mais rápida, sem banners ou publicidade digital!