Guia da Semana
Jogos
Por Álvaro Saluan, Pizza Fria

Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 | Preview

Finalmente! Depois do repentino anúncio e todo o hype levantado, depois de cerca de 20 anos, um remake de Tony.

Finalmente! Depois do repentino anúncio e todo o hype levantado, depois de cerca de 20 anos, um remake de Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 já está entre nós! Bem… pelo menos em um “rolezinho” de 2 minutos no nível Warehouse. E sim, nós jogamos bastante e temos muitas coisas boas a falar sobre o que podemos esperar do jogo, sobretudo no quesito jogabilidade.

Sendo assim, se você está curioso pra saber as primeiras impressões sobre o game, venha comigo e se prepare para mergulhar em nostalgia!

Um clássico que envelheceu bem

Sim, de cara essa é a primeira impressão que fica. Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 parece demais com o título original, inclusive em sua jogabilidade. Ao pegar no joystick, a primeira coisa que tentei fazer foi um daqueles especiais mirabolantes característicos de cada skatista e bem, eles estavam lá. Mas, retornando um pouco, a versão demo nos permite jogar apenas com a lenda que dá nome ao jogo, Tony Hawk, que quebra tudo no inesquecível nível Warehouse, o primeiro de Tony Hawk’s Pro Skater, de 1999.

E, melhor que descer a rampa do mapa e quebrar o primeiro obstáculo, é poder ouvir as músicas clássicas do game como Superman, da banda Goldfinger, e o rock agitado do Rage Against the Machine, com Guerrilla Radio. Mas, como se sabe, além de boa parte da trilha sonora do jogo original, algumas novas músicas serão acrescentadas. Porém, a demo só traz quatro faixas e, nesse caso, acertou bem ao trazer duas clássicas e duas novidades.

tony hawk's pro skater 1+2
Se prepare para retornar a velhos locais da franquia! Imagem: Divulgação

Mas e a jogabilidade?

Logo quando o título foi lançado, o meu maior receio foi o jogo perder a sua característica mais divertida: a jogabilidade marcada pelo estilo arcade. Pior ainda, é o jogo correr o risco de ficar “datado”, não trazendo a diversão vivida nos anos 2000. Mas, logo ao começar a gameplay, logo senti que o jogo está longe disso. O xis dá os saltos, triângulo serve para os grinds (a famosa deslizada), quadrado e bolinha para manobras… Tudo está tal como era antes. Na verdade, ouso dizer que a jogabilidade mescla o clássico com o atual sem, de forma alguma, descaracterizar o jogo. Há alguns pequenos detalhes acrescentados, como, por exemplo, dar impulsos insanos na parede, ao invés de simplesmente bater nela e cair em cima do skate. Isso possibilita mais combos e um maior dinamismo ao jogo.

Na versão demonstrativa, que ainda é bem limitada, é possível ver que roupas e shapes estarão disponíveis para os skatistas. Além disso, será possível escolher algumas entre várias opções de manobras especiais e, além disso, os comandos que as ativam. Portanto, o atleta também poderá fazer manobras de outros profissionais, modificando a jogabilidade, dando mais oportunidades de pontuar nas fases. No entanto, para os “puristas”, também será possível jogar como em Tony Hawk’s Pro Skater 1 e 2, que não tinham essas opções. Ou seja, é possível imaginar que a desenvolvedora pensou também em um novo público, algo que já era esperado, sobretudo pelo peso histórico dos jogos da franquia. Afinal de contas, temos que concordar que são poucos os gamers que nunca ouviram falar da série…

O que esperar de Tony Hawk’s Pro Skater 1+2?

Sinceramente, arriscar algumas manobras em Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 me deixou imerso em nostalgia, me levando de volta aos anos 2000, onde era uma febre jogar THPS nas locadoras, e ter um dos jogos em casa era um luxo. Enfim, voltar a um cenário conhecido, com as manobras características do clássico foi algo que me surpreendeu positivamente e, ao contrário do que eu receava, o jogo se mostra tão receptivo a fãs clássicos quanto a turma nova que certamente terá interesse em se arriscar com os skates virtuais. Esse aspecto em especial, de mesclar o velho e o novo, a meu ver, é essencial para que o jogo não seja visto como algo “datado”.

Com gráficos muito mais bonitos do que os vistos no PSOne (muito mais mesmo, diga-se de passagem), o remake de Tony Hawk’s Pro Skater 1+2, feito pela Vicarious Visions (a mesma empresa responsável pelo sucesso de Crash N Sane Trilogy), é uma ode aos títulos lançados em 1999 e 2000. O Warehouse deu um gostinho muito bom do que podemos esperar do título, que estará disponível para PlayStation 4, Xbox One e PC, via the Epic Games Store no dia 4 de setembro de 2020.

Pizza Fria

Reviews, notícias e tudo sobre o mundo dos games

Por Álvaro Saluan, Pizza Fria

Atualizado em 14 Ago 2020.

Mais notícias

Super Mario 3D All-Stars | Review

Jogos

Tennis World Tour 2 | Review

Jogos

Microsoft revela valor dos Xbox Series X e Series S no Brasil

Jogos

Rocket Arena | Review

Jogos

Bethesda Softworks é adquirida pela Xbox por US$ 7,5 bilhões

Jogos

Xbox Game Pass para PC deixa o beta e é lançado no Brasil

Jogos
Guia da Semana Premium
Nosso conteúdo na melhor forma!

Aproveite o Guia da Semana de forma mais rápida, sem banners ou publicidade digital!