Guia da Semana
Moda e Beleza
Por Anna Thereza de Almeida

11 coisas que você faz no dia a dia e que detonam o cabelo

Veja o que NÃO fazer com os seus cabelos.

Veja o que você NÃO deve fazer com seus cabelos (Fotolia.com)

Cuidar do cabelo faz parte do universo feminino e masculino. E isso não significa e nem se resume em ir ao salão de 15 em 15 dias. Só de comprar um shampoo especial para o seu tipo de cabelo ou um finalizador para dar aquele toque final nas madeixas você já está cuidando dos fios.

Entretanto, há muitas coisas que fazemos no dia a dia que podem detonar os cabelos. Dormir com o cabelo molhado ou preso, por exemplo, não faz nada bem aos fios. Outra coisa que maltrata as madeixas é usar secador ou chapinha sem antes passar um protetor térmico.

O Guia da Semana reuniu algumas atitudes do dia a dia que detonam o cabelo. Confira:


1. LAVAR O CABELO COM ÁGUA MUITO QUENTE

Ao lavar os cabelos com a água muito quente, as cutículas se abrem, aumentando assim a oleosidade na raiz. Além disso, essa prática também pode irritar o couro cabeludo. O ideal, nesse caso, é lavar os cabelos com água morna para fria.


2. USAR QUALQUER SHAMPOO

Você é aquele tipo de pessoa que usa o primeiro shampoo que vê pela frente? Então é melhor você repensar nessa atitude. As fórmulas diferenciadas de cada shampoo atendem as necessidades específicas de cada tipo de cabelo.


3. APLICAR CONDICIONADOR NA RAIZ

Essa pratica “entope” os poros capilares, prejudicando os fios e aumentando a oleosidade da raiz – pode causar até caspa! O ideal é aplicar o condicionador apenas no comprimento dos cabelos e nas pontas.


4. SUBSTITUIR O CONDICIONADOR PELA MÁSCARA

Máscara e condicionador são coisas diferentes. Se for usar máscara, é preciso usar também p condicionador. Isso porque o shampoo abre a cutícula dos fios, a máscara hidrata os fios e o condicionador finaliza o procedimento, selando a cutícula.


5. ESFREGAR A TOALHA

Diferente do que muitas pessoas acreditam, esfregar o cabelo com a toalha não ajuda a secar os fios. Para tirar a umidade sem danificá-lo basta apertar a toalha com cuidado.


6. ESQUECER O PROTETOR TÉRMICO

Secar os cabelos, usar chapinha ou fazer babyliss sem antes passar um protetor térmico nos fios é quase um crime. Esse produto protege o cabelo contra o calor desses equipamentos, evitando o ressecamento dos fios.


7. CHAPINHA OU BABYLISS NO CABELO MOLHADO

Essa pratica destrói a fibra capilar, deixando os fios ressecados. Ela praticamente “frita” os fios.


8. DORMIR COM OS FIOS MOLHADOS

Dormir de cabelo molhado não é nada bom. Além dos fios “acordarem” amassados e muitas vezes ainda molhados, a fórmula “couro cabeludo molhado + travesseiro quentinho” resulta num ambiente perfeito para o desenvolvimento de fungos e dermatites.


9. PASSAR A MÃO NO CABELO TODA HORA

Sim, minha gente, passar a mão no cabelo várias vezes ao dia também prejudica a beleza dos fios. Isso porque essa pratica leva as impurezas presentes nas mãos para os cabelos.


10. USAR QUALQUER ESCOVA

É preciso escolher muito bem a escova certa para o seu tipo de cabelo. As com cerdas muito moles, por exemplo, quebram os fios. O ideal é usar pentes largos e firmes ou escovas no formato raquete.


11. ESTAR SEMPRE DE RABO DE CAVALO – E USAR ELÁSTICO

Comum nos dias quentes e para disfarçar a sujeira dos fios, o rabo de cavalo é um grande vilão para os cabelos se usado com frequência. Caso a ocasião peça que os cabelos sejam presos, prefira elásticos revestidos de tecido. Além disso, nunca prenda as madeixas quando os fios estiverem molhados.


Por Anna Thereza de Almeida

Atualizado em 28 Mar 2016.

Mais notícias

Sephora comemora início do ano com descontos especiais de até 60%

Moda e Beleza

10 dicas preciosas para cuidar dos seus vestidos

Moda e Beleza

10 cuidados que você pode ter em casa para manter o cabelo saudável

Moda e Beleza

8 marcas de cosméticos naturais que vale a pena conhecer

Moda e Beleza

Fantasias e acessórios que prometem bombar no Carnaval 2020

Moda e Beleza

26 looks inspiradores para arrasar no Réveillon 2020

Moda e Beleza