Guia da Semana
Moda e Beleza
Por Redação Guia da Semana

Além do Fio de Cabelo...

Chitãozinho e Xororó lançam novo disco, Vida Marvada, e provam que ainda podem produzir ritmos novos.

Por Humberto Baraldi


Divulgação
Confira onde será o show da dupla...

Rapnejo. O nome que pode parecer o de um prato da culinária brasileira, na realidade, é uma novidade que vem direto do mundinho caipira. Esta foi a palavra dada à mistura de rap com música serteneja, presente no novo álbum da dupla Chitãozinho e Xororó. No hit Vida Marvada, faixa-título do recente trabalho, o tal ritmo está presente e o rapper Cabal foi um dos responsáveis em produzir este estilo. "Achamos que a melodia pedia algo do hip hop, foi aí que Junior (da dupla Sandy e Junior) me indicou o artista", explica Xororó.

A canção que intercala versos do sertanejo com frases do rap é uma das 14 faixas do CD. "Estamos muito confiantes nesta nova empreitada. É sempre bom inovar", comenta Chitãozinho. Para Cabal, um novato que acaba de aterrizar no mundo da música black, é uma grande honra dividir uma música com os irmãos paranaenses. "Estes dois estilos musicais são até que parecidos. Eles visam retratar fatos simples do cotidiano. Estou muito contente em fazer parte deste feito", completa Cabal.



Apesar das batidas modernas do hit, os artistas não deixaram de lado o som caipira. Este "jeitão" mais rústico aparece na clássica moda de viola O mineiro e o italiano e na eterna valsinha Beijinho Doce, popularizada por gerações de cantoras. Esta última traz as vozes das baianas Ivete Sangalo e Margareth Menezes. "Nós a convidamos, pois queríamos fazer jús à essa tradição feminina de interpretar a canção", argumenta Xororó.

Talvez um dos maiores prêmios para a dupla foi ter gravado com o rei Roberto Carlos. Em Arrasta uma Cadeira, os artistas dividem versos com RC e para delírio dos fãs, este troféu está presente também em Vida Marvada. "Foi muito boa esta parceria. Depois da gravação até jantamos com ele, acredita?", confessa Chitão.

Sempre ampliando fronteiras, os artistas fazem um passeio pelos pampas na primeira música de trabalho do álbum. A canção é É amor, é paixão, incluída na trilha da novela Sinhá Moça (TV Globo). A latinidade é outro aspecto presente e está representada em Malagueña Salerosa, melodia espanhola interpretada por dezenas de cantores e que fez parte da trilha do filme Kill Bill 2, de Quentin Tarantino. "Um dia estava assistindo ao filme e li nos crédito o nome desta canção. Então, resolvi gravar", comenda Xororó.

As românticas, é claro, não ficam de fora. E a dupla apresenta Gosto, de José Augusto; Vida pelo Avesso, de Joel Marques; Um minuto sem você, de Xororó; e Uma noite, de Chitãozinho, Tonny e Kleber. "Acho que as pessoas sempre precisam de amor, por este motivo incluímos este sentimento em nossa seleção", complementa Chitão.

Produzido em seis meses de trabalho, o disco, 29º da carreira, faz parte da nova turnê dos sertanejos, mas eles não deixam de lado os antigos sucessos em seus shows. " Fio de Cabelo sempre é pedida. Não cansamos de interpretar este hit", lembra Chitãozinho. O produto já está à venda nas principais lojas do país.

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Risqué lança esmaltes inspirados na série 'Friends'; saiba mais!

Moda e Beleza

Sephora comemora início do ano com descontos especiais de até 60%

Moda e Beleza

10 dicas preciosas para cuidar dos seus vestidos

Moda e Beleza

10 cuidados que você pode ter em casa para manter o cabelo saudável

Moda e Beleza

8 marcas de cosméticos naturais que vale a pena conhecer

Moda e Beleza

Fantasias e acessórios que prometem bombar no Carnaval 2020

Moda e Beleza