Guia da Semana
Na Cidade
Por Luísa Celiberto

Carnaval 2017: festa gratuita reúne seis blocos de rua no centro de São Paulo

O evento traz os blocos Esfarrapados, Bloco 77 - Os Originais do Punk, Pagu, Nóis Trupica Mais Não Cai, Bloco Fuzuê SP e Ritaleena à Praça do Patriarca.

A folia acontece no dia 11 de março, na Praça do Patriarca (Shutterstock/Imagem ilustrativa)

A segunda edição do projeto Red Bull Repique, que homenageia a folia de rua da terra da garoa, vai reunir seis blocos carnavalescos no dia 11 de março, a partir das 12h, na Praça do Patriarca. Provando que não é só em fevereiro que tem Carnaval, o centro de SP vai receber os desfiles dos blocos Esfarrapados, Bloco 77 - Os Originais do Punk, Pagu, Nóis Trupica Mais Não Cai, Bloco Fuzuê SP e Ritaleena. Lembrando que se trata de uma festa com entrada gratuita!

Confira mais informações sobre as atrações:

Bloco Esfarrapados: É o bloco mais antigo em atividade de São Paulo, fundado no Bixiga em 1947. Atualmente atrai milhares de pessoas, de todas as idades, cantando marchinhas carnavalescas.

Bloco 77 - Os Originais do Punk: Desde 2014, o Bloco 77 percorre a Vila Madalena trazendo os clássicos do punk rock nacional em ritmo de marchinha.

Bloco Pagu: Tem como iniciativa o empoderamento feminino. Com sua bateria formada apenas por mulheres, o bloco fará sua estreia no Carnaval deste ano.

Bloco Nóis Trupica Mais Não Cai: Desde 2010, o Trupica arrasta um cortejo de foliões amantes do carnaval de rua ao som das marchinhas com composições autorais e também embalado pelas clássicas canções de São Luiz do Paraitinga.

Bloco Ritaleena: A rainha inquestionável do rock nacional é tema de cordão carnavalesco em releituras de canções antológicas, como “Panis et Circenses”, “Bem Me Quer, Mal Me Quer”, “Ovelha Negra” e tantas outras que povoam o imaginário musical brasileiro.

Bloco Fuzuê SP - Fundada em 1976, a Associação Bloco Fuzuê SP é uma entidade carnavalesca de raiz, que promove um fuzuê de alegria, descontração e profissionalismo. O bloco veio de uma das alas mais tradicionais da Vai-Vai, na qual permaneceu durante 30 anos.


Por Luísa Celiberto

Atualizado em 21 Fev 2017.

Mais notícias

O que fazer em São Paulo durante o feriado de 15 de novembro de 2019

Na Cidade

Vela lança bike elétrica conectada à internet; saiba tudo!

Na Cidade

11 exposições imperdíveis em São Paulo em novembro de 2019

Na Cidade

6 benefícios da bicicleta elétrica que talvez você não saiba

Na Cidade

Conheça a Vela, a bicicleta elétrica perfeita para o dia a dia

Na Cidade

17 eventos imperdíveis em São Paulo nos dias 8, 9 e 10 de novembro de 2019

Na Cidade