Guia da Semana
Na Cidade
Por Lidia Capitani

Retomada: 12 exposições imperdíveis em São Paulo para visitar até o fim do ano

Pinacoteca, Casa das Rosas, Museu do Futebol e IMS estão com mostras incríveis para conferir.

Fotos: Bob Gruen (via assessoria do MIS) | Divulgação (via assessoria do CCBB)

Após mais de seis meses com os museus fechados, a cidade de São Paulo está, aos poucos, retomando as atividades presenciais. Com isso, exposições que foram interrompidas voltam a receber visitantes.

Museus como o MIS, Museu do Futebol, Pinacoteca, IMS e CCBB estão com mostras imperdíveis – e todas seguindo protocolos de segurança como uso de máscaras, capacidade de público reduzido e reserva de ingressos online.

Assim, o Guia da Semana separou 12 exposições imperdíveis para você conferir em São Paulo até o final de 2020. Confira:


► ARTELETRA EM TR NSITO E ESTRUTURA EXPLODIDA: VIDOBRA DE HAROLDO DE CAMPOS

A exposição "Arteletra em Trânsito" retrata as relações e experiências entre poesia e imagem a partir da parceria entre o poeta Álvaro Faleiros e o artista e ilustrador Fernando Vilela. São 93 trabalhos desenvolvidos nos últimos 20 anos, entre gravuras, pinturas, esboços, desenhos, estudos e poemas dos livros Caracol de Nós, À Flor do Mal, Meio Mundo, Achando a Chave, Invento no Vento (inédito), O Voo de Vadinho e O Sapoeta.

Data: de 13 de outubro a 15 de dezembro
Endereço: Casa das Rosas (Avenida Paulista, 37)
Horário de funcionamento: de quarta a sábado, das 12h às 16h
Observações: agendamento (obrigatório) pelo site www.casadasrosas.org.br. O museu-casa literário permitirá até 40 visitantes, sendo 10 visitantes por hora
Quanto: gratuito


► 100 ANOS DE SÓROR DOLOROSA

A nova exposição marca o centenário de Livro de horas de Sóror Dolorosa: a que morreu de amor (1920), de Guilherme de Almeida. O público pode conhecer a repercussão, na época, do lançamento da obra de poemas sobre os conflitos entre a adoração religiosa e a ligação carnal por meio da personagem de uma monja que sofre uma desilusão por um relacionamento.

Data: de 14 de outubro a 15 de dezembro
Endereço: Casa Guilherme de Almeida (R. Macapá, 187 - Perdizes)
Horário de funcionamento: de quarta a sábado, das 12h às 16h
Observações: Para visitar a casa-museu, é preciso agendar online através do site, e o local só recebe quatro visitantes por hora. Além disso, a casa está seguindo todos os protocolos de segurança, como uso de máscara, distanciamento social e higienização.
Quanto: gratuito


► MÁRIO & ALPHONSUS REVISITADOS

A exposição “Mário & Alphonsus revisitados” retrata os 100 anos da visita de Mário de Andrade ao poeta simbolista Alphonsus de Guimaraens, em Mariana (MG), e a repercussão do famoso encontro por meio de referências em cartas e publicações da época.

Data: de 14 de outubro a 15 de dezembro
Endereço: Casa Mário de Andrade (Rua Lopes Chaves, 546 – Barra Funda)
Horário de funcionamento: Quarta a sábado, das 12h às 16h
Observações: Para visitar a casa-museu, é preciso agendar online através do site – vale dizer que o local só recebe quatro visitantes por hora. Além disso, a casa está seguindo todos os protocolos de segurança, como uso de máscara, distanciamento social e higienização.
Quanto: gratuito


PELÉ 80 - O REI DO FUTEBOL

Pelé 80 – o Rei do Futebolé uma exposição lúdica que conta toda a trajetória de Pelé é contada por meio da montagem e animação de 444 imagens históricas, que cobrem desde os primeiros anos de Pelé em Três Corações, interior de Minas Gerais, até a conquista da fama mundial na Copa de 1958; os 18 anos defendendo o Santos Futebol Clube; a consagração definitiva na Copa de 1970; e o último jogo pelo Cosmos, de Nova York.

Data: 15 de outubro de 2020 a 14 de abril de 2021
Endereço: Museu do Futebol (Estádio do Pacaembu - Praça Charles Miller)
Horário de funcionamento: de quinta a domingo, das 13h às 19h
Observações: a capacidade do museu foi reduzida e o acesso será feito exclusivamente mediante aquisição antecipada de ingresso com hora marcada, mesmo por quem tem direito a gratuidade. Será obrigatório o uso de máscara e há totens de álcool gel em vários pontos do percurso. Os equipamentos interativos foram adaptados para funcionar com comandos a partir do celular dos visitantes, evitando toque em botões e telas.
Quanto: R$ 20 inteira, R$ 10 meia


► OSGEMEOS: SEGREDOS

Para a mostra na Pinacoteca, o duo apresenta pinturas, instalações imersivas e sonoras, esculturas, intervenções site specific, desenhos e cadernos de anotações. Esses últimos, da fase ainda adolescente e apresentados ao público pela primeira vez, antecedem os famosos personagens amarelos, abrindo caminho para a compreensão da raiz de seu surgimento.

Data: 15 de outubro de 2020 a 22 de fevereiro de 2021
Endereço: Pinacoteca (Praça da Luz, 2 - Luz)
Horário de funcionamento: de quarta a segunda, das 14h às 20h
Observações: é necessário reservar sua visita pelo site do museu com antecedência, pois não há bilheteria no local. Além disso, o local segue os protocolos de segurança.
Quanto: R$ 25 apenas pelo site da Pinacoteca (www.pinacoteca.org.br) - meia entrada R$ 12,50.


► ORGULHO E RESISTÊNCIAS: LGBTS NA DITADURA

A exposição mostra uma série de ações de resistência que surgiram no período da ditadura em defesa da diversidade. O público terá aceso a obras literárias, cartazes de peças de teatro, músicas, filmes, fotografias e materiais que confrontavam a censura na época, além de documentos oficiais da ditadura.

Data: de 15 de outubro de 2020 a 26 de abril de 2021
Endereço: Memorial da Resistência (Largo General Osório, 66 - Santa Efigênia)
Horário de funcionamento: de quarta a segunda, das 12h às 18h
Observações: é necessário reservar a data e horário pelo site do Memorial, além de seguir os protocolos de segurança.
Quanto: gratuito


► CASAS DO BRASIL: CONEXÕES PAULISTANAS E URBANISMO ECOLÓGICO 2020

O MCB e a Escola de Design da Universidade de Harvard apresentam a mostra ‘Urbanismo Ecológico 2020’. A iniciativa evidencia métodos imaginativos e práticos para abordar as mudanças climáticas e a susten­tabilidade no entorno urbano.

Data de reabertura: 16 de outubro
Endereço: Museu da Casa Brasileira (Av. Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano)
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 11h às 15h até o final de outubro e das 10h às 18h a partir de novembro
Observações: o museu segue protocolos de segurança, como uso de máscaras obrigatório, limitação da capacidade de pessoas e compra de ingressos online
Quanto: R$ 15 e R$ 7,50 (meia-entrada)


► JOHN LENNON EM NOVA YORK POR BOB GRUEN

John Lennon em Nova York por Bob Gruen ocupa os dois andares do Museu de Imagem e Som e revela, por meio de mais de 130 imagens selecionadas pelo próprio Bob Gruen, a vida do ex-Beatle. Além das 130 imagens, a mostra também apresenta uma seleção inédita de 40 fotos vintage que serão expostas em ampliações originais feitas pelo fotógrafo.

Data: 16 de outubro a 31 de janeiro de 2021
Endereço: MIS (Av. Europa, 158)
Horário de funcionamento: sextas, sábados e domingos, das 12h às 18h.
Observações: O MIS está seguindo todos os protocolos de segurança: aferição de temperatura na entrada, utilização de máscaras de proteção (obrigatório), distanciamento de dois metros entre as pessoas, respeito a capacidade máxima de cada sala e atenção às lixeiras específicas para descarte de máscaras e lenços.
Quanto: sábados e domingos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). Entrada gratuita às sextas-feiras e para crianças até cinco anos


► "NÓS DA ETIÓPIA - RECORTES DE UMA VIAGEM" - FOTOGRAFIAS DANIEL TAVEIRA

A mostra é composta por registros de imagens de uma viagem do fotógrafo Daniel Taveira á Etiópia, com representações da diversidade humana, abundante em cores e formas em 30 fotografias.

Data: de 16 de outubro a 30 de novembro de 2020
Endereço: Museu de Arte Sacra (Avenida Tiradentes, 676 - Luz)
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 17h
Observações: os ingressos serão vendidos virtualmente, por isso é necessário reservar o horário no site da Sympla Bileto.
Quanto: O ingresso custa R$ 6 a inteira, R$ 3 a meia e a visita aos sábados é gratuita.


► MIGRAR: EXPERIÊNCIAS, MEMÓRIAS E IDENTIDADES

A nova mostra do Museu da Imigração retrata seu próprio trabalho e aborda o processo migratório como um fenômeno na história da humanidade, perpassando contextos mais específicos, como a grande imigração ocorrida nos séculos 19 e 20, as políticas voltadas ao tema, o cotidiano da Hospedaria de Imigrantes do Brás e as contribuições desse processo para a formação do estado e da cidade de São Paulo.

Data de reabertura: 22 de outubro
Endereço: Museu da Imigração (Rua Visconde de Parnaíba, 1.316 - Mooca)
Horário de funcionamento: de quinta a domingo, das 11h às 17h
Observações: a instituição já está se programando para seguir protocolos como aferição de temperatura na entrada, distanciamento entre as pessoas, obrigatoriedade do uso de máscara, indicação de percurso, limite da capacidade de visitantes por ambiente, entre outros.
Quanto: R$ 10 inteira, R$ 5 a meia e gratuita aos sábados


► ARQUIVO PETER SCHEIER

A exposição “Arquivo Peter Scheier”, no IMS Paulista, é um mergulho nos trabalhos do fotógrafo, com destaque para as obras que saíram na “Revista Cruzeiro”, na década de 1940; seus registros sobre o nascimento de instituições como o Museu de Arte de São Paulo e a Bienal de São Paulo, nos anos 1950; bem como sua colaboração com arquitetos como Rino Levi e Lina Bo Bardi.

Data: de 13 de outubro a 8 de novembro de 2020
Endereço: Instituto Moreira Salles (Avenida Paulista, 2424)
Horário de funcionamento: as visitas serão reduzidas, com horário marcado e duração máxima de 2 horas
Observações: o local segue todos os protocolos de segurança: uso de máscara, medição de temperatura na entrada, distanciamento social e disponibilização de álcool em gel
Quanto: gratuito


► EGITO ANTIGO: DO COTIDIANO À ETERNIDADE

A mostra reúne esculturas, pinturas, objetos, sarcófagos e até uma múmia, todas vindas do Museu Egípcio de Turim, o segundo maior acervo egípcio do mundo. São obras que tratam do cotidiano, religiosidade e costumes ligados à crença na eternidade.

Data: de 16 de outubro de 2020 a 3 de janeiro de 2021
Endereço: CCBB São Paulo (Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico)
Horário de funcionamento: todos os dias, das 9h às 17h, exceto às terças
Observações: a reabertura do CCBB SP segue um planejamento previamente desenvolvido, que contempla restrições e regras definidas com base em orientações das autoridades sanitárias para garantir maior segurança aos visitantes e funcionários.
Quanto: gratuita, com reserva de ingresso


Por Lidia Capitani

Atualizado em 3 Nov 2020.

Mais notícias

Caixa Cultural reabre para visitação a partir desta quinta-feira (3); saiba tudo!

Na Cidade

Programação de Natal nos shoppings de São Paulo 2020

Na Cidade

O que fazer em São Paulo no feriado de 20 de novembro de 2020

Na Cidade

Programação do mês da Consciência Negra 2020

Na Cidade

Confira o melhor da programação grátis em novembro de 2020

Na Cidade

12 exposições imperdíveis em São Paulo em novembro de 2020

Na Cidade
Guia da Semana Premium
Nosso conteúdo na melhor forma!

Aproveite o Guia da Semana de forma mais rápida, sem banners ou publicidade digital!