Guia da Semana

Guia da Semana

A programação grátis em São Paulo em junho de 2022 está recheada de ótimas opções! São exposições, peças de teatro, passeios e as tão aguardadas festas juninas!

Ficou animado(a)? Confira 20 eventos grátis em São Paulo em junho de 2022:


NA CIDADE


► TOUR GUIADO PELO CENTRO DE SÃO PAULO

O passeio visita mais de dez pontos turísticos diferentes, como o Pateo do Collegio, Solar da Marquesa e Mosteiro de São Bento. O trajeto é realizado a pé e tem cerca de duas horas de duração. Os roteiros pelo Centro Histórico são uma iniciativa do Pátio Metrô São Bento em parceria com grupo de guias de turismo Caminhos do Triângulo, e acontecem desde 2019 com saídas sempre aos sábados, às 11 horas da manhã, na Praça da Colmeia no metrô São Bento. O passeio é gratuito, e as senhas devem ser retiradas a partir das 10h30.

QUANDO: dias 4, 11, 18 e 25 de junho, às 11h
ONDE: Praça da Colmeia, dentro da Estação São Bento do metrô [Largo São Bento, 109 - Centro Histórico de São Paulo]
VALOR: gratuito (retirada de senhas às 10h30)


► BALLET VERTICAL NO MINHOCÃO

No dia 4 de junho, a bailarina Flora Barros fará uma apresentação de ballet vertical no edifício Bem Viver Marquês de Itu, projetado pelo arquiteto Isay Weinfeld. A performance, que poderá ser vista a partir das 12h pelo público que frequenta o Minhocão, aborda o universo dos sonhos por meio da dança e tem apoio da Zissou, startup de produtos para sono. A Magik JC cedeu o empreendimento Bem Viver Marquês de Itú para a performance.

QUANDO: 4 de junho, às 12h
ONDE: Elevado Presidente João Goulart, na altura da R. Marquês de Itu, 333 - Vila Buarque
VALOR: gratuito


► BIKE TOUR SP

O passeio do Bike Tour SP pela Av. Paulista passa por pontos como Casa das Rosas, Japan House, Conjunto Nacional, MASP, Palacete Franco de Mello, Instituto Moreira Salles, entre outros.

QUANDO: 5 de 12 de junho [reserve aqui]
ONDE: Avenida Paulista, 2355 - Consolação
VALOR: gratuito (doação de 2 kg de alimento não perecível por participante)


TEATRO


► FLORESTA VIVA - BAZUM!

O BuZum! retorna a se apresentar neste ano no Parque Burle Marx em três finais de semana de junho gratuitamente. Ao todo serão sete sessões diárias, tanto no sábado quanto no domingo, da estreia do espetáculo “Floresta Viva”, uma fábula que retrata a importância do cuidado das florestas do país. A história mostra uma abelha que conhece uma formiga esperta. As duas viram amigas inseparáveis, passam por diversas situações na floresta em que vivem, cada uma fazendo seu importante trabalho para o ecossistema e lutando contra alguns de seus predadores: pássaros e tamanduás. Até que um dia, a abelha percebe que a floresta está em chamas e convoca sua amiga formiga para que juntas possam salvar as árvores e os animais do incêndio, causado por um fazendeiro ganancioso e malvado. As duas, reunidas com todas as formigas e abelhas da floresta, conseguem assustar o fazendeiro e proteger seu habitat.

QUANDO: dias 4, 5, 11, 12, 18 e 19 de junho
ONDE: Parque Burle Marx - Tenda Externa [Av. Dona Helena Pereira de Moraes, 200, Vila Andrade]
VALOR: gratuito


► MORTALHA

Mortalha, apresentada no dia 5 de junho, às 11h e às 15h, é uma intervenção urbana performática que, poeticamente, retrata as mulheres violentadas em nossa sociedade. O trabalho é realizado pelas atrizes Beliza Trindade, Juliana Aguiar e Liliam Menezes, que caminham pelo espaço carregando cinzas em suas mãos.

QUANDO: 5 de junho, às 11h, no Centro Cultural Grajaú; às 15h, na Casa de Cultura de Parelheiros
ONDE: Centro Cultural Grajaú [Rua Prof. Oscár Barreto Filho, 252 - Parque América] | Casa de Cultura de Parelheiros [Rua Nazle Mauad Lutfi, 169 - Parque Tamari]
VALOR: gratuito


► O CIRCO CHEGOU! DE VOLTA ÀS RUAS

Depois de dois anos de apresentações virtuais por conta da pandemia, a Cia. Raso da Catarina volta às ruas com atrações tradicionais do universo circense em um espetáculo cheio de cores, música, dança, hip-hop, circo, cultura popular e muita alegria. Inspirado no tradicional Sarau do Charles, que acontece há 26 anos, “O Circo Chegou! De Volta às Ruas” reúne diferentes modalidades artísticas, mesclando bom humor e artes circenses.

QUANDO: dia 4, às 16h, na Praça Júlio Cesar de Campos; dia 11, às 14h, na EMEF Dep Roger Ferreira
ONDE: Praça Júlio Cesar de Campos - Parque Tamari | EMEF Dep Roger Ferreira [Rua Philonilia Goncalves dos Santos, S/N - Jaraguá]
VALOR: gratuito


EXPOSIÇÕES


► ACOLHIOS: O PERCURSO DA VENEZUELA ATÉ O BRASIL

A exposição fotográfica chega à capital paulista para destacar a trajetória de refugiados e migrantes venezuelanos rumo à integração econômica e social no Brasil a partir de histórias reais de pessoas que atravessaram a fronteira em Roraima nos últimos anos em busca de oportunidades para reconstruírem suas vidas em um novo país. Na exposição, o visitante poderá contemplar fotografias e retratos; ler depoimentos de pessoas entrevistadas, além de contar com recursos audiovisuais que proporcionam uma reflexão sobre refúgio, migração e acolhimento no Brasil.

QUANDO: de segunda à sexta-feira, das 8h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 20h [até 26 de junho]
ONDE: Centro Cultural do Banco do Brasil [Av. Paulista, 1230, lobby central, Bela Vista]
VALOR: entrada gratuita


► QUEBRANDO BARREIRAS: O MODERNISMO DA ATUALIDADE

O maior festival latino-americano de fotografia com celular chega a sua nona edição com o tema “Quebrando barreiras – o modernismo na atualidade”. A exposição "Mobile Photo Festival 2022" apresenta os premiados nas categorias arte, documental, paisagem, preto & branco, retrato e street, além dos ensaios selecionados, compostos por oito a dez fotos cada.

QUANDO: de terça a domingo, das 10h às 18h [até 26 de junho]
ONDE: Museu da Imagem e do Som [Av. Europa, 158 - Jardim Europa]
VALOR: entrada gratuita (retirada de ingresso na bilheteria)


► KUMIHIMO

A Japan House São Paulo apresenta gratuitamente a exposição 'Kumihimo - A arte do trançado japonês com seda, por Domyo'. Inédita no Brasil, a mostra é apresentada por Domyo, tradicional empresa familiar sediada em Tóquio, que há mais de 10 gerações produz artesanalmente cordões de seda feitos à mão por artesãos que trabalham exclusivamente para a companhia. Na exposição, o visitante pode conhecer a evolução histórica do kumihimo, no Japão, entender sobre a construção dos trançados, além de explorar possibilidades futuras para seu uso, tudo isso a partir de três grandes instalações, mais de 30 reproduções de peças de kumihimo históricos, ferramentas utilizadas pelos artesãos e vídeos que contam com recursos de acessibilidade.

QUANDO: de terça a sexta, das 10h às 18h; sábados, das 9h às 19h; domingos e feriados, das 9h às 18h [até 28 de agosto]
ONDE: Japan House São Paulo [Av. Paulista, 52 - Bela Vista]
VALOR: entrada gratuita


► MEMÓRIAS DO FUTURO: CIDADANIA NEGRA, ANTIRRACISMO E RESISTÊNCIA

A partir de 4 de junho, o Memorial da Resistência de São Paulo abrigará a exposição "Memórias do Futuro: Cidadania Negra, Antirracismo e Resistência". Gratuita e sob curadoria do sociólogo e escritor Mário Augusto Medeiros da Silva, a mostra traça um panorama histórico de mais de um século de lutas por direitos da população negra no estado. São mais de 450 materiais entre fotos, cartazes, jornais e documentos de organizações como a Coalizão Negra por Direitos, Geledés Instituto da Mulher Negra e a participação de coletivos e artistas como Bruno Baptistelli, Geraldo Filme, João Pinheiro, Ilú Obá De Min, Moisés Patrício, No Martins, Renata Felinto, Sidney Amaral, Soberana Ziza e Wagner Celestino.

QUANDO: de quarta a segunda, das 10h às 18h [até maio de 2023]
ONDE: Memorial da Resistência de São Paulo [Largo General Osório, 66 - Santa Ifigênia]
VALOR: entrada gratuita - reserve seu ingresso aqui


► [ÍM]PARES

Metal, tecido, vidro, bambu, ratã, madrepérola, concha e até papel e casca de ovo são matérias-primas para as designers de joias japonesas Miki Asai, Naho Okamoto, Mariko Kusumoto, Emiko Suo e Nahoko Fujimoto criarem suas intrigantes peças, que estão reunidas na exposição "[ím]pares", na Japan House São Paulo. A mostra apresenta a estética japonesa por meio de 75 criações inovadoras, entre colares, pingentes, brincos, anéis, pulseiras e broches.

QUANDO: de terça a sexta, das 10h às 18h; sábados, das 9h às 19h; domingos e feriados, das 9h às 18h [até 12 de junho]
ONDE: Japan House São Paulo [Av. Paulista, 52 - Bela Vista]
VALOR: entrada gratuita


► AMAZÔNIA

Até 31 de julho, o Sesc Pompeia recebe a exposição “Amazônia”, de Sebastião Salgado. A mostra exibe o resultado de sete anos de experiências e expedições fotográficas na Amazônia brasileira. As fotografias - feitas por terra, água e ar - revelam a floresta, rios, montanhas e a vida em 12 comunidades indígenas, em uma Amazônia ainda desconhecida que não cessa de surpreender com a cultura e engenhosidade de seus povos, seus mistérios, sua força e sua incomparável beleza. Esse denso universo marcou o olhar do fotógrafo com imagens impressionantes, em sua grande maioria mostradas ao público pela primeira vez.

QUANDO: terça a sábado, das 10h30 às 21h; domingo e feriado, das 10h30 às 18h [até 31 de julho]
ONDE: Sesc Pompeia [Rua Clélia, 93 - Pompeia]
VALOR: entrada gratuita


► AYRSON HERÁCLITO: YORÙBÁIANO

A Pinacoteca de São Paulo recebe a exposição individual “Ayrson Heráclito: Yorùbáiano”, do artista Ayrson Heráclito. Originalmente concebida para o MAR - Museu de Arte do Rio em 2021, a versão paulistana de “Yorùbáiano” ocupa o quarto andar da Pinacoteca Estação. Na seleção de obras, o artista baiano articula culturas diversas, abarcando os mitos yorubanos ou nagôs e jejes, a um amálgama cultural único de saberes ancestrais, ensinamentos, lendas, ritos e visões de mundo distintos que fazem parte das matrizes religiosas e culturais do candomblé. Por intermédio dos trabalhos, o público pode conhecer as lendas, “ìtàns” e “orikis”, narrativas tradicionais que seguem presentes nas ruas, procissões, romances e enredos de escolas de samba brasileiras, tomando contato com um mundo sem pecado onde a natureza dos seres e dos bichos se complementa.

QUANDO: de segunda a sábado, das 10h às 18h [até 22 de agosto]
ONDE: Pinacoteca Estação [Largo General Osório, 66 – Luz]
VALOR: entrada gratuita


► MODERNOS

Em comemoração ao centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, o Museu de Arte Brasileira da FAAP (MAB FAAP) abriu a exposição "Modernos". A mostra é dividida em dois grandes núcleos: "Antes de 1922", com curadoria de Felipe Chaimovich e que ficará em cartaz por três meses, e "Depois de 1922", com curadoria de Laura Rodríguez e que seguirá até novembro. O núcleo “Antes de 1922” contempla o envolvimento da família Prado – considerada uma das mais influentes famílias paulistas - com as artes, incluindo o financiamento da Semana de 1922 pelo mecenas Paulo Prado, um dos principais incentivadores do movimento. O público pode apreciar obras de Antônio Parreiras, Eliseu Visconti, Estevão Silva, Georg Grimm e João Batista Castagneto.

QUANDO: segundas, quartas, quintas e sextas, das 10h às 18h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h
*fechado às terças-feiras, inclusive aos feriados! [até 27 de novembro]
ONDE: MAB FAAP [R. Alagoas, 903, Higienópolis]
VALOR: entrada gratuita


FESTAS JUNINAS


► ARRAIÁ DE MOEMA

QUANDO: 04 e 05 de junho, a partir das 10h
ONDE: Praça Nossa Senhora Aparecida de Moema
VALOR: entrada gratuita


► FESTA JUNINA DO LAR SÍRIO

QUANDO: 5 de junho, das 11h às 18h
ONDE: Lar Sírio - Pró Infância [Rua Serra de Bragança, 1086, Tatuapé]
VALOR: a entrada é 1kg de alimento não perecível por pessoa


► SÃO JOÃO DE NÓIS TUDIM

QUANDO: de 4 de junho a 31 de julho, aos sábados e domingos, das 11h às 22h [confira a programação completa]
ONDE: Centro de Tradições Nordestinas [Rua Jacofer, 615 - Bairro do Limão]
QUANTO: entrada gratuita (com atrações pagas e francas)


► FESTA JUNINA NO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA

QUANDO: 11 e 12 de junho, das 11h às 21h
ONDE: Memorial da América Latina [Av. Mário de Andrade, 664 – Barra Funda]
QUANTO: entrada gratuita


► FESTA JUNINA VEGANA VEGNICE

QUANDO: 19 e 26 de junho, das 12h às 21h
ONDE: Espaço de eventos Big Boy [Rua Taguá, 48 – Liberdade]
QUANTO: entrada gratuita


+ CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DE FESTAS JUNINAS EM SÃO PAULO

Por Amanda Matos

Atualizado em 6 Jun 2022.