Guia da Semana

Guia da Semana

Este evento terminou

A semana em A Usurpadora, novela do SBT, está pra lá de emocionante. Na segunda-feira, Patrícia conta a Rodrigo que é Paulina quem está na mansão dos Bracho e ele quer denunciá-la à polícia, enquanto na sexta-feira, Carlinhos vê no jornal a foto de Isabel sendo acusada de sequestrar um menino

Confira os resumos dos próximos capítulos de A Usurpadora (de 19 a 24 de dezembro):

Segunda-feira, 19 de dezembro
Paulina convence Carlos Daniel de que a mulher que ligou está realmente com seu filho. Marina liga novamente e desta vez consegue fazer um acordo com Carlos Daniel, que decide viajar para a Estância do Sol, local mais próximo do lugar onde prometeram lhe entregar Carlinhos. Patrícia conta a Rodrigo que é Paulina quem está na mansão dos Bracho e ele quer denunciá-la à polícia. Dona Piedade tenta impedir que Rodrigo mande Paulina para a cadeia acusada de ser uma usurpadora. Paola continua com Douglas no Havaí, mas não está bem de saúde. Depois de uma forte pontada na cabeça ela desmaia. Ao ficar frente a frente com Paulina, Rodrigo não consegue disfarçar e diz a ela que já sabe de tudo. A conversa não é amistosa. Ele só pensa em denunciá-la, mas ao receber uma carta de Douglas Maldonado na qual ele afasta Paola de seu posto, fica sabendo por Paulina que é muito provável que Paola tenha fugido com o milionário. Envergonhado pela atitude da cunhada, aceita ficar calado e não desmascarar Paulina para evitar que seu irmão passe por essa humilhação. Enquanto isso, a verdadeira Paola vai a uma festa e não se inibe em flertar com outros homens, mesmo estando acompanhada de Douglas. Paulina confessa a Adelina seu amor por Carlos Daniel.

Terça-feira, 20 de dezembro
Estephanie pressiona Rodrigo para que denuncie Paulina, mas ele prefere esperar por Carlos Daniel. Carlinhos se nega a acompanhar Antonia, por isso ela não pode entregar o menino a Carlos Daniel e pegar a recompensa. Isabel descobre as terríveis intenções de Antonia e decide levar o menino para a delegacia. Douglas observa o comportamento de Paola com o músico que conheceu na festa. Estephanie insiste para que Paulina confesse que Carlinhos está em seu poder. Durante a conversa ela faz Paulina relembrar seu passado. Ao dizer que as duas podem ser irmãs gêmeas, Paulina pensa em sua mãe que morreu sem lhe contar algo muito importante. Paola tem uma recaída, por consequência do acidente que sofreu, e o médico lhe recomenda que procure o médico que a operou. Dona Piedade pede a Paulina que viaje para se encontrar com Carlos Daniel e o ajude a localizar Carlinhos. Ao chegar no hotel, Paulina conta a Carlos Daniel que é a usurpadora.

Quarta-feira, 21 de dezembro
Paulina fala com tanta sinceridade que Carlos Daniel acredita em seu juramento. Leda conversa com Carlos Daniel e ele muda rapidamente de ideia e exige que Paulina vá embora. Isabel decide deixar o menino na porta da delegacia, onde é encontrado por Paulina. O menino está sem memória e não reconhece ninguém. Carlos Daniel, influenciado por Leda e Rodrigo, acaba se convencendo de que Paulina estava realmente com seu filho. Mas no fundo ele não acredita que Paulina se já culpada, por isso, antes de avisar a polícia que seu filho apareceu, pede a Paulina que fuja para bem longe para não ser presa.

Quinta-feira, 22 de dezembro
Paulina não aceita fugir e diz a Carlos Daniel que ela mesma vai se entregar à polícia. Quando o delegado vai até o hotel para interrogar o menino, Paulina tenta contar tudo, mas Carlos Daniel não permite que ela o faça. No litoral, Filomena está limpando a choupana onde Paulina vivia com sua mãe quando encontra a carta que dona Paula escreveu antes de morrer. Ela suspeita que Paulina não chegou a ler. Filomena entra em contato com Célia, a amiga de Paulina, e avisa a ela que tem em seu poder uma carta da mãe de Paulina. Leda coloca toda a família Bracho contra Paulina, menos Dona Piedade que garante ao neto que ela poderá fazê-lo muito feliz. Os jornais publicam que Carlinhos está de volta e que a família pagou o resgate. A notícia traz uma enorme preocupação para Isabel e Moacir. Paola é pressionada por Douglas Maldonado que quer saber se ela é Noélia e qual a diferença entre a Paola que pediu os dois milhões de dólares e essa Paola. Carlos Daniel pede mais uma vez a Paulina que fuja, pois chegará o momento em que ele não poderá mais protegê-la. Os dois estão muito próximos e Carlos Daniel está a ponto de beijá-la.

Sexta-feira, 23 de dezembro
Paulina não aceita o conselho de Carlos Daniel e diz que assim que a presença dela não for mais necessária se entregará. Antonia e Moacir estão apreensivos, pois a polícia pode chegar a qualquer momento, já que Isabel foi detida e acusada de sequestro. Leda começa uma guerra contra Verônica, pois a considera uma rival muito perigosa. Paola ouve Bráulio falando mal dela para Douglas e sofre uma nova crise com fortes dores de cabeça. Carlos Daniel pede mais uma vez a Paulina que não fuja e propõe que ela continue se fazendo passar por Paola Bracho. A decisão de Carlos Daniel revolta seus irmãos e Leda, é claro. Carlinhos vê no jornal a foto de Isabel sendo acusada de sequestrar um menino. Carlinhos começa a chorar e pede ao pai que o leve até a delegacia para defender sua “Vovó Isabel”.

-------------------------------------------------

Resumo da novela A Usurpadora – de 26/12 a 31/12

A semana em A Usurpadora, novela do SBT, está pra lá de emocionante. Na segunda-feira, Paulina promete à Vovó Piedade que continuará na mansão como se fosse a verdadeira Paola Bracho, enquanto na sexta-feira, Willy exige que Carlos Daniel lhe dê uma grande quantia em dinheiro.

Confira os resumos dos próximos capítulos de A Usurpadora (de 26 a 31 de dezembro):

Segunda-feira, 26 de dezembro
Moacir e Antonia são presos. Na delegacia é feita uma acareação entre Carlinhos e os detidos e o menino defende os dois. Paulina promete à Vovó Piedade que continuará na mansão como se fosse a verdadeira Paola Bracho. Willy convence Estephanie a apoiá-lo em seus objetivos. Ele quer supervisionar os operários no lugar de Leandro e quer que Estephanie peça aos irmãos sua parte nas ações da fábrica. Willy começa a conversar com os empregados e os coloca contra Leandro, afirmando que ele recebe dinheiro dos patrões para apoiá-los. A partir desse momento Leandro não consegue mais dominar os operários e vai até Rodrigo pedir demissão do cargo. Douglas e Paola estão no avião a caminho de Nova Iorque quando ela tem mais uma de suas crises. A situação na fábrica leva Carlos Daniel a convocar uma reunião de família para decidir o que fazer. Dona Piedade exige que Paulina esteja presente. Carlos Daniel fala com ela e aproveita que estão a sós para perguntar se seria capaz de se casar com ele.

Terça-feira, 27 de dezembro
Carlos Daniel descobre que Paola fugiu com o milionário Douglas Maldonado. Carlinhos continua com amnésia. A polícia interroga Célia, a amiga de Paulina. A jovem conta tudo que sabe e defende a amiga. Dona Piedade reúne a família para discutirem os problemas da fábrica e nomeia Paulina como sua assessora, mas enfrenta a oposição de todos. Estephanie propõe que Willy seja nomeado como novo supervisor da fábrica. Paulina não aceita a proposta e Estephanie ameaça abandonar a empresa e ainda exige sua parte das ações da fábrica. A reunião esquenta quando Estephanie e Leda começam a ofender Paulina e a acusam de ter sequestrado Carlinhos. Paulina dá uma bofetada em cada uma e recebe o apoio de Dona Piedade, Carlos Daniel, Rodrigo e Patrícia. Depois da discussão, Willy e Estephanie decidem sair da mansão e denunciar Paulina. Enquanto isso, a verdadeira Paola Bracho está muito mal e Douglas a interna em um hospital de Nova Iorque. Interrogada, Antonia confessa que teve a ajuda de Marina. Acusada de cúmplice no caso do sequestro do menino, Marina é presa. A situação na fábrica vai de mal a pior. Paulina intervém e Rodrigo, ao ver como conduz a questão dos operários, muda de opinião com relação a ela. Carlos Daniel admite que está apaixonado por Paulina.

Quarta-feira, 28 de dezembro
Leda avisa Willy que não voltará mais à fábrica. Ao tomarem conhecimento de que Paulina conseguiu convencer os operários e que Leandro continuará sendo o supervisor, os dois ficam indignados. Adelina se desespera ao saber, pela própria Estephanie, que ela vai embora para sempre da mansão dos Bracho e dona Piedade a aconselha a contar toda a verdade. Numa conversa franca com Verônica, Paulina confessa que seu amor por Carlos Daniel é proibido e sugere que ela se case com ele. Na mansão dos Bracho todos estão muito preocupados com a atitude de Carlinhos, o menino se isola cada vez mais e só pede para ver Isabel e Moacir. A situação se complica ainda mais quando ele ouve Carlos Daniel dizendo que vai interná-lo num sanatório. Dona Piedade acredita que somente Paulina pode tirar Carlinhos do estado em que se encontra. Nos Estados Unidos, o Dr. Smith diagnostica que o estado de Paola é muito grave e aconselha Douglas a procurar o médico que a operou. Estephanie e Willy vão embora da mansão e agora, longe da família, a convence a assinar uma procuração para que ele reclame sua parte na herança. Estephanie confia plenamente no marido, mas ele não mudou em nada já que voltou a assediar Viviana. Paulina conversa com Carlos Daniel e tenta fazê-lo entender que Carlinhos precisa ver seus amigos e que precisa ter paciência com o menino. Carlos Daniel agradece por tudo que tem feito pela família, diz que precisa muito dela e a conversa acaba com um beijo apaixonado.

Quinta-feira, 29 de dezembro
Paulina consegue que Carlos Daniel concorde em deixá-la levar Carlinhos para visitar Isabel e Moacir. Ao reencontrar os amigos, Carlinhos volta a sorrir novamente. Estephanie assina uma procuração dando plenos poderes a Willy para que seja seu representante legal. Paulina acusa Willy de tudo que está acontecendo na fábrica e de ter incitado os trabalhadores. Os dois discutem seriamente. Rodrigo defende Paulina e Willy ameaça denunciá-la à polícia. Bráulio aconselha Douglas a não se responsabilizar pela doença de Paola e o milionário decide procurar a família Bracho para transferir o problema. Paulina faz modificações no contrato coletivo de trabalho e consegue o apoio dos operários, acabando com a crise na fábrica. Willy e Viviana se encontram no lugar de sempre. Dona Abgail, madrinha da moça, avisa Leandro que ela não quer mais se casar com ele, pois está saindo com outro homem. Leda conta a Estephanie que foi até a polícia e denunciou Paulina.

Sexta-feira, 30 de dezembro
Paulina confessa a Célia que é virgem e depois do “susto” a amiga conta a ela que Filó tem em seu poder uma carta de sua mãe. Douglas avisa Paola que vão voltar para seu país, mas ela não tem nenhuma reação e mal consegue balbuciar algumas palavras. Carlos Daniel e Rodrigo comemoram a boa fase que a fábrica atravessa, mas se preocupam com o futuro da irmã, pois tem a certeza de que se derem a ela a parte a que tem direito, Willy em pouco tempo acabará com todo seu dinheiro. A polícia recebe uma carta anônima, enviada por Leda, onde ela diz que Paulina está muito mais perto do que eles pensam. Estephanie liga para a fábrica e descobre que Willy já saiu faz muito tempo. Quando ele chega em casa os dois discutem feio e ela quer saber com quem ele está saindo. Carlinhos passa o dia com seus amigos e convida Moacir para passar alguns dias com ele na mansão. Paulina faz o gosto do menino e recebe todo o apoio de dona Piedade. Willy exige que Carlos Daniel lhe dê uma grande quantia em dinheiro. Chega à casa de Célia a carta da mãe de Paulina, mas o investigador intercepta a correspondência. Douglas volta ao país em companhia de Paola. Ela chega numa cadeira de rodas e com a saúde muito comprometida.

Resumo da novela A Usurpadora

Data 19 Dez 2016-30 Dez 2016
De segunda a sexta-feira, às 15h45

Por A.