Guia da Semana

Interterritorialidade - mídias, contextos e educação e Ensino da arte: memória e história

Santander Cultural lança dois livros sobre arte.

Este evento terminou

Interterritorialidade - mídias, contextos e educação e Ensino da arte: memória e história

Data Sáb 01 Jan 2000
22 de maio de 2009.

Preço(s) Grátis.

Horário(s) 16h às 18h30, conferências seguidas por brinde e sessão de autógrafos até às 19h30.

Rua 7 de Setembro, 1.028, Centro 90010-191

Telefone 3287-5500


O Santander Cultural realiza o lançamento dos livros: Interterritorialidade - mídias, contextos e educação (Editora Senac São Paulo/Edições Sesc SP), organizado pela arte-educadora Ana Mae Barbosa e pela artista e pesquisadora, Lílian do Amaral, e Ensino da arte: memória e história (Perspectiva), também com organização de Ana Mae. Ivone Richter, que tem artigos publicados nos dois livros, e é uma pesquisadora de referência na área da 'interculturalidade', participa do encontro e media um bate-papo com o público. As temáticas abordadas fazem a ligação entre o momento de gênese da arte/educação no País, sua expansão pelo campo da cultura e conexão com outras áreas diante dos novos tempos.

Os títulos estarão disponíveis para a venda no local com preço promocional. As inscrições gratuitas podem ser feitas pelo e-mail scultura@santander.com.br e as vagas são limitadas.

Sobre os livros

Interterritorialidade: mídias, contextos e educação

O livro é resultado do projeto Interterritorialidade que reuniu no SESC, em São Paulo, artistas, educadores, criadores, produtores, críticos e público para discutir a questão da relação entre a arte, educação, os meios tecnológicos, contextos socioculturais e suas fronteiras contemporâneas. As organizadoras reuniram representantes do Brasil, Canadá e Espanha com trabalhos de videoarte, audiovisual, arte-educação, música, performance, arte tecnológica, dança, intervenção urbana e arte pública expandida, psicanálise, documentário e antropologia para compor esse panorama de trânsito de conceitos e saberes, hibridizações e interconexões culturais que definem os novos contextos/territórios da sociedade contemporânea.

Ensino da arte: memória e história

Num percurso que vinha do aprofundamento de pesquisa universitária referente à década de 1990, no seguimento de debates que tensionavam modernismo e pós-modernismo em arte/educação, Ana Mae Barbosa percebeu a inexistência de trabalhos sobre o intervalo 1930-1948 e elencou uma série de estudos para lançar luzes sobre esse período de construção de ideais e metodologias modernistas. Obra de referência histórica, teórica e política para a compreensão dessa trajetória peculiar, o livro resulta de um engajamento antigo e visa preencher tal lacuna.

Sobre as organizadoras

Ana Mae Tavares Bastos Barbosa: arte-educadora brasileira, primeira doutora da área no Brasil, foi presidente da Insea, Associação Internacional de Educação pela Arte e implantou os primeros cursos de mestrado e doutorado em arte-educação no Brasil (USP).  Possui mestrado em Art Education - Southern Connecticut State College (1974) e doutorado em Humanistic Education - Boston University (1978).

Ivone Mendes Richter: professora-pesquisadora que desenvolve um trabalho de referência no País na área da interculturalidade. Possui Bacharelado em Desenho e Plástica pela Universidade Federal de Santa Maria (1976) , Licenciatura em Desenho e Plástica pela UFSM (1974), mestrado em Master In Art Education pela Concordia University (1981) e doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2000) .

Lilian do Amaral Nunes: artista, desenvolve trabalho com arte públilca em várias cidades brasileiras, área em que também desempenha a função de curadora. Graduada em Licenciatura em Artes pela Fundação Armando Álvares Penteado - FAAP (1986). Mestrado em Artes pela Universidade de São Paulo (2000) e doutoranda em Artes pela ECA/USP.

Foto: Divulgação

Compartilhe

Mapa do local

Comentários

Explore ao redor

Café do Cofre

Café do Cofre

Memorial do Rio Grande do Sul

Memorial do Rio Grande do Sul

Zimmer - Novo Hamburgo

Zimmer - Novo Hamburgo

4m

Museu da Eletricidade

Museu da Eletricidade

116m

Centro Cultural Erico Veríssimo

Centro Cultural Erico Veríssimo

116m

Praça Senador Florêncio - Praça da Alfândega

Praça Senador Florêncio - Praça da Alfândega

120m

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA