Guia da Semana
Na Cidade
Por Redação Guia da Semana

Multirão de Comunicação América Latina e Caribe

Este evento terminou

Multirão de Comunicação América Latina e Caribe

Data Sáb 01 Jan 2000
De 03 à 07 de fevereiro de 2010.

Preço(s) R$ 2,00.

Horário(s) De quarta a domingo, 20h.

Avenida Ipiranga, 6681, 91530-000

Telefone (51) 3320-3500

Uma série de shows e concertos compõe a programação cultural do Multirão de Comunicação América Latina e Caribe , promovido pela CNBB - Confederação Nacional dos Bispos do Brasil, em parceria com a União Cristã Brasileira de Comunicação (UCBC), Unda-Brasil, Rede Católica de Rádio (RCR) e Organização Católica Internacional de Cinema (OCIC).

O evento se propõe a debater como a comunicação pode contribuir para um mundo mais justo e solidário. Será a sexta edição do Muticom, que receberá convidados de todos os países da América Latina e dos países caribenhos.

A programação cultural terá Concerto de Música Erudita,  Show de Música Folclórica Latino americana, reunindo expressivos nomes da música brasileira e argentina e, how de encerramento com o Papas da Língua.

Concerto de Música Erudita

Dia 04 de fevereiro - Quinta Feira - 20h


O concerto reúne a Orquestra Unisinos, regida pelo Maestro Evandro Matté, o pianista Miguel Proença e a soprano italiana Denia Mazzola. Miguel interpretará o Concerto em Lá Maior K 414, de Wolfgang Amadeus Mozart, enquanto Denia Mazolla interpretará obras de F. P. Tosti, G. Fauré, G. Bertuletti, C. Gounod e C. Saint Saëns. 

Orquestra Unisinos 

Criada pelo Maestro José Pedro Boéssio, em 1996, atualmente tem como regente titular e diretor artístico Evandro Matté. No decorrer de sua trajetória, a Orquestra Unisinos recebeu um qualificado elenco de regentes e solistas, oriundos de várias partes do país e do mundo. Executou repertório diversificado indo do erudito ao popular, tendo sido vencedora do Prêmio Açorianos de Música em 2005. A proposta artística é ir além da simples oferta de concertos. Com a meta de aproximar o público da música de concerto, a Orquestra Unisinos busca proporcionar programação eclética e diversificada e acesso para toda a comunidade. 

Regente - Evandro Matté 

Coordenador Cultural da Unisinos desde 2007, é também músico da OSPA (Orquestra Sinfônica de Porto Alegre) desde 1990 e atua como regente da Orquestra Unisinos e do Grupo de Música Contemporânea de Porto Alegre. Foi Diretor Artístico e Regente Titular da Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo e regeu solistas de renome, tais como: Thierry Amiot (França), Fred Mills (Canadá) e Renato Borghetti. Graduado em música pela UFRGS, é especialista em Gestão Empresarial (FGV), Coordenador do Curso de Gestão e Produção Cultural da Unisinos (Especialização) e Presidente da AFFOSPA (Associação dos Funcionários da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre). Coordenador Artístico do Festival Unisinos desde 2001, tem participado de festivais e cursos de regência no sul do Brasil. 

Miguel Proença - Piano (foto)

Natural de Quaraí, no Rio Grande do Sul, e radicado no Rio de Janeiro, Miguel Proença já atuou em todos os estados brasileiros e por todo o planeta, como camerista e solista. Como camerista fez duos com Salvatore Accardo, Jean-Pierre Rampal, Leonard Rose, Paul Tortelier, Aurèle Nicolet, Maria Lúcia Godoy, entre outros. Lançou inúmeros CDs de repertório internacional pelo Selo Vox Classics, Alemanha, com Sonatas de Schubert e Chopin, os 24 Prelúdios de Chopin, e pelo Selo M.A Music International, o CD Brazilian Impressions. Exerceu cargos de Diretor da Sala Cecília Meireles, Diretor da Escola de Música Villa-Lobos e Secretário Municipal de Cultura do Rio de Janeiro. Recebeu em 1991, a Comenda da Ordem do Rio Branco no grau de Comendador por suas atividades no cenário musical brasileiro. Em 1989 e 1999, foi escolhido pela APCA (Associação dos Críticos de Arte de São Paulo), como Melhor Pianista do Ano. Exerceu de 1997 a 2002, o cargo de professor convidado da Universidade de Música de Karlsruhe, Alemanha. Doutor em Música pela Escola Superior de Música de Hannover,  foi diretor artístico do Teatro do Sesi, em Porto Alegre. Em abril de 2005 lançou a coletânea Piano Brasil pela gravadora Biscoito Fino, inaugurando o Selo Biscoito Clássico. Considerada pela UNESCO patrimônio da música brasileira, a Coletânea Piano Brasil, teve tournée de lançamento em treze cidades brasileiras com excelente repercussão de público e crítica, dando origem ao Projeto Piano Brasil, que tem levado concertos e workshops de Miguel Proença a todo país e chega, em 2010, a sua sexta edição. 

Denia Mazzola - Soprano 

Começou sua carreira em 1982, ganhando o reconhecimento imediato por seu incrível talento dramático, que ela continuou a demonstrar interpretando papéis principais, como Lucia di Lammermoor, Lucrezia Borgia, Anna Bolena, Violetta Valery, Esclarmonde, Elisabetta I, Zazá, Parisina, Clitemnestra e Medéia. Nesses papéis, ela apareceu no mais importantes teatros de todo o mundo (Veneza, Florença, Génova, Milão, Frankfurt, Zurique, Paris, Viena, Nova Iorque, Rio de Janeiro, Houston, entre outros). Sua versatilidade como artista é amplamente demonstrada pela sua capacidade de cantar ópera e opereta, num repertório variado. Com inúmeros prêmios conquistados, participou de algumas das principais montagens européias, em Verona, Viena, Torre del Lago,  Palermo, Livorno, Sevilha, Londres, Parma e Montpellier, entre outras cidades daquele continente, sempre ao lado das principais orquestras e regentes. Show Folclórico Latino Americano

Dia 06 de fevereiro - Sábado- 20h            

Um encontro Brasil e Argentina marca o segundo dia de shows da programação cultural do Mutirão de Comunicação. Os brasileiros Luis Carlos Borges e Pedro Ortaça, o argentino naturalizado brasileiro Dante Ramon Ledesma e o argentino Raulito Barboza. 

Luis Carlos Borges nasceu em Santo Ângelo, em 1953 e é considerado um dos principais nomes da música regional gaúcha.  Participou de diversos festivais e foi idealizador e organizador do Musicanto Sul-Americano de Nativismo, em Santa Rosa.  Músico desde os sete anos de idade, iniciou sua carreira no conjunto Irmãos Borges, em sua cidade natal.

Depois, já em Santa Maria, iniciou sua carreira solo, a partir do sucesso de Tropa de Osso, premiada na nona edição da Califórnia da Canção Nativa.  Em 1980, gravou seu primeiro lp individual, investindo a partir daí na renovação da música regional gaúcha, assumindo também vários cargos públicos na área da cultura, inclusive a Fundação Gaúcha de Tradição e Folclore. É um dos mais respeitados nomes da música gaúcha no Brasil e exterior, tendo realizado shows em diversos países e estados brasileiros.         

Raúl Barboza, o embaixador do chamamé, nasceu em 1938. Com mais de trinta álbuns gravados, tendo participado também de nove filmes, difundiu várias canções populares, incorporadas ao cancioneiro da música litorânea, como sua versão para Mercedita. Em 1987, mudou-se para França, onde passou a difundir o chamamé. Seu álbum Raúl Barboza, lançado na França, em 1993, ganhou os prêmios Grand Prix Charles Cross, Telerama, Diapason d´or e Le Monde de la Musique.  

Pedro Ortaça forma, juntamente com Noel Guarani, Jayme Caetano Braun e Cenair Maicá, o quarteto mais importante da história da cultura missioneira gaúcha, que retrata e denuncia as condições e a história do povo guarani.  Os quatro iniciaram seu trabalho praticamente juntos (Noel e Jayme um pouco antes), nos anos 60, se firmaram, primeiramente no Rio Grande do Sul, depois no Brasil e, posteriormente, no mundo, tendo hoje suas obras estudadas em Portugal e França.  Pedro e seu violão musicaram composições próprias, além de poemas de Jayme Braun, José H. Retamozo, Carlos Cardinal e outros autores, sempre cantando a liberdade, sem diferenças de cor ou classe, credo ou política, riqueza ou miséria material. 

Dante Ramon Ledesma nasceu em Rio Cuarto, na província de Córdoba, Argentina e naturalizou-se brasileiro em 1978. Formado em Sociologia, pela Universidade de Córdoba, Dante canta desde os cinco anos de idade. Integrante da ONG Carismáticos, de origem católica, foi perseguido pela ditadura militar argentina e acabou vindo para o Brasil, tendo vencido antes, ainda na Argentina, o famoso Festival de Cosquin, na categoria juvenil.  Sua música fala dos sem terra, de união e consciência crítica, com destaque para A vitória do trigo e América Latina. Com mais de sete mil espetáculos realizados, dezenove cds e 3 dvds lançados, conquistou nove discos de ouro e vendeu mais de três milhões de cópias. 

Papas da Língua           

Dia 07 de fevereiro - Domingo- 20h 

A mais importante banda pop gaúcha da atualidade encerra a série de shows do Mutirão.Formada em 1993, reunindo músicos experientes como Léo Henkin (guitarra), Serginho Moah (vocais), Zé Natálio (baixo) e Fernando Pesão (bateria), logo teve músicas descobertas por produtores de novelas, como Encontros Amargos, da trilha de Cara e Coroa (TV Globo) e Garotas do Brasil, da trilha de Malhação. Isto levou a um grande sucesso de público, com execução constante nas rádios pop de todo Brasil.

E o grupo foi colecionando sucessos, como Viajar, No Calor da Hora, Essa não é a sua vida, Blusinha Branca, Ela Vai passar, Vou ligar e Eu Sei (trilha da novela Página da Vida - Rede Globo, que ficou seis meses entre as músicas mais executadas em todo país).  A banda já fez shows para públicos imensos, em Porto Alegre e praias gaúchas, sendo também a banda com maior número de participações no Festival Planeta Atlântida (10 edições),somando um público, somente neste evento, de cerca de 500 mil pessoas.  Em 2007, o grupo abriu os três shows da banda Coldplay, escolhidos pela produção do grupo inglês, no Via Funchal, em São Paulo.  As regravações de clássicos nacionais e internacionais somaram mais sucessos ao grupo, como Rock´n Roll Lulaby, Baby, Sorte e Pet cematery. Outros cantores gravaram músicas do Papas também, como Netinho, Pedro Mariano e Paulo Ricardo. A banda coleciona prêmios, como vários Açorianos, Lupicínio Rodrigues, Top of Mind e Prêmio Multishow e já realizou inúmeros shows fora do país, na França, Argentina, Uruguai, Áustria, Portugal e Angola.

Os números da banda impressionam: são dezesseis anos de carreira com a mesma formação, mais de 1.000 shows, mais de 2 milhões de acessos no site, mais de 1,8 milhão de pessoas em shows, mais de 300 mil discos vendidos, 5 álbuns oficiais e 1 dvd.  O grupo promete seus grandes sucessos, ao lado das músicas de seu novo disco ROCK, lançado recentemente.

Foto: Vânia Laranjeira/ Divulgação hagah.

Mapa do local

Explore ao redor

Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS

Arte

Museu de Ciência e Tecnologia da PUCRS

Arte

Speed Game Paintball

Esportes

Morro Santana

Viagens

Galeteria Bambino

Restaurantes

Cuca Haus

Restaurantes

Notícias recomendadas

Explore São Paulo: conheça o melhor da capital em 25 fotos

Na Cidade

8 lugares para aproveitar o melhor do Tatuapé

Na Cidade

Shopping de São Paulo recebe Roda-Gigante de 30 metros de altura até 26 de maio; saiba mais!

Na Cidade

O que fazer em São Paulo no feriado da Páscoa 2019

Na Cidade

Surpreenda-se: 10 lugares encantadores em São Paulo

Na Cidade

19 eventos imperdíveis que acontecem em São Paulo nos dias 12, 13 e 14 de abril de 2019

Na Cidade