Guia da Semana
Na Cidade
Por Redação Guia da Semana

Na Poesia e na Canção, Elas Cantam Delma & Bedeu

Espetáculo lembrará uma década sem Bedeu.

Este evento terminou

Na Poesia e na Canção, Elas Cantam Delma & Bedeu

Data Sáb 01 Jan 2000
29 de julho de 2009.

Preço(s) Grátis.

Horário(s) Quarta, 14h.

Endereço
Avenida Loureiro Silva, 255, 90010-420

Telefone (51) 3220-4187

Os 10 anos da morte do músico porto-alegrense Bedeu (Jorge Moacir da Silva) - considerado precursor do suingue e samba-rock no Sul - são lembrados no show Na Poesia e na Canção, Elas Cantam Delma & Bedeu. Além da poetisa Delma Gonçalves, parceira de Bedeu e organizadora do evento, participam do espetáculo nove cantoras: Andréa Cavalheiro, Célia Sorriso, Denise Soares, Nancy Araújo, Helô Romero, Joice Mara, Mariza Marrom, Yarinha Lemos e Débora Fagundes e os músicos convidados Carlos Alexandre, Zê, Roberto Paz e Paulinho MacLaren. A produção musical é de Carlos Alexandre. A obra do compositor continua viva, tanto que ganhou diversas releituras nas vozes de Tchê Garotos (Saudades do Jackson do Pandeiro), Fernanda Abreu (Kid Brilhantina), Neguinho da Beija-Flor (Flor), Clube do Balanço (Falso Amor), Ultramen (Grama Verde), Luís Vagner (Negona) e Bebeto (Menina Carolina), entre outros intérpretes. Sobre Bedeu Bedeu nasceu em 4 de dezembro de 1946, no bairro Azenha. Criado por uma tia, aos seis anos tocava pandeiro e, aos 12, era baterista. A partir de 1965 começou a apresentar-se em bailes com a banda Os Rockings, tocando também violão. Em 1968, conheceu Delma Gonçalves, dando início a uma longa amizade e parceria, que rendeu grande número de gravações nas décadas de 70, 80 e 90, misturando suingue, samba-rock, samba-canção e blues. Em 1970, Bedeu e o grupo, integrado também pelos músicos Darcy Gonçalves (Cy) - irmão de Delma -, Alexandre, Nego Luís e Lequinho do Pandeiro, partiram para São Paulo. Bedeu dividiu-se entre a capital paulista, o Rio de Janeiro e Porto Alegre até 1998, quando, devido à saúde debilitada pela diabetes, retornou definitivamente à cidade natal. Em março de 1999, Bedeu recebeu um Prêmio Açorianos pelo Conjunto da Obra. Três meses depois foi hospitalizado, e diversos músicos organizaram um show no Auditório Araújo Viana com objetivo de arrecadar fundos para o tratamento. Não houve tempo. Bedeu morreu em 5 de agosto de 1999, aos 52 anos.

Mapa do local

Explore ao redor

Panapaná Bistrô

Restaurantes

Madam Club

Shows

Galeria Duque

Arte

Supercuia

Viagens

Alumiar Bar, Café e Atelier

Restaurantes

Champanharia Ovelha Negra

Bares (antigo)

Notícias recomendadas

18 passeios imperdíveis em São Paulo nos dias 20, 21 e 22 de setembro de 2019

Na Cidade

Encontro de Carros Antigos no Central Plaza Shopping comemora um ano com edição especial

Na Cidade

8 lugares que promovem sessões de cinema ao ar livre em São Paulo

Na Cidade

9 igrejas impressionantes em São Paulo que valem a visita

Na Cidade

19 lugares para fazer compras temáticas em São Paulo

Na Cidade

10 lugares em São Paulo para conhecer até o fim do ano

Na Cidade