Guia da Semana
Na Cidade
Por Redação Guia da Semana

Na Poesia e na Canção, Elas Cantam Delma & Bedeu

Espetáculo lembrará uma década sem Bedeu.

Este evento terminou

Na Poesia e na Canção, Elas Cantam Delma & Bedeu

Data Sáb 01 Jan 2000
29 de julho de 2009.

Preço(s) Grátis.

Horário(s) Quarta, 14h.

Endereço
Avenida Loureiro Silva, 255, 90010-420

Telefone (51) 3220-4187

Os 10 anos da morte do músico porto-alegrense Bedeu (Jorge Moacir da Silva) - considerado precursor do suingue e samba-rock no Sul - são lembrados no show Na Poesia e na Canção, Elas Cantam Delma & Bedeu. Além da poetisa Delma Gonçalves, parceira de Bedeu e organizadora do evento, participam do espetáculo nove cantoras: Andréa Cavalheiro, Célia Sorriso, Denise Soares, Nancy Araújo, Helô Romero, Joice Mara, Mariza Marrom, Yarinha Lemos e Débora Fagundes e os músicos convidados Carlos Alexandre, Zê, Roberto Paz e Paulinho MacLaren. A produção musical é de Carlos Alexandre. A obra do compositor continua viva, tanto que ganhou diversas releituras nas vozes de Tchê Garotos (Saudades do Jackson do Pandeiro), Fernanda Abreu (Kid Brilhantina), Neguinho da Beija-Flor (Flor), Clube do Balanço (Falso Amor), Ultramen (Grama Verde), Luís Vagner (Negona) e Bebeto (Menina Carolina), entre outros intérpretes. Sobre Bedeu Bedeu nasceu em 4 de dezembro de 1946, no bairro Azenha. Criado por uma tia, aos seis anos tocava pandeiro e, aos 12, era baterista. A partir de 1965 começou a apresentar-se em bailes com a banda Os Rockings, tocando também violão. Em 1968, conheceu Delma Gonçalves, dando início a uma longa amizade e parceria, que rendeu grande número de gravações nas décadas de 70, 80 e 90, misturando suingue, samba-rock, samba-canção e blues. Em 1970, Bedeu e o grupo, integrado também pelos músicos Darcy Gonçalves (Cy) - irmão de Delma -, Alexandre, Nego Luís e Lequinho do Pandeiro, partiram para São Paulo. Bedeu dividiu-se entre a capital paulista, o Rio de Janeiro e Porto Alegre até 1998, quando, devido à saúde debilitada pela diabetes, retornou definitivamente à cidade natal. Em março de 1999, Bedeu recebeu um Prêmio Açorianos pelo Conjunto da Obra. Três meses depois foi hospitalizado, e diversos músicos organizaram um show no Auditório Araújo Viana com objetivo de arrecadar fundos para o tratamento. Não houve tempo. Bedeu morreu em 5 de agosto de 1999, aos 52 anos.

Mapa do local

Explore ao redor

Panapaná Bistrô

Restaurantes

Madam Club

Shows

Galeria Duque

Arte

Supercuia

Viagens

Alumiar Bar, Café e Atelier

Restaurantes

Champanharia Ovelha Negra

Bares (antigo)

Notícias recomendadas

Confira o melhor da programação grátis e virtual em agosto de 2020

Na Cidade

'Botafogo Xperience' é opção de empreendimento charmoso no bairro de Botafogo, no Rio de janeiro; saiba tudo!

Na Cidade

Exposições imperdíveis para conferir em agosto de 2020

Na Cidade

13 exposições de arte brasileira para conferir online

Na Cidade

LEGO inaugura loja certificada em São Paulo; saiba tudo!

Na Cidade

Tour virtual: 10 pontos turísticos de São Paulo para conhecer online

Na Cidade