Guia da Semana

Guia da Semana

No episódio desta terça-feira, 18, os participantes do MasterChef Brasil enfrentaram um desafio ainda maior - cozinhar para 200 pessoas, entre importantes nomes do vôlei nacional, no Ginásio de Ibirapuera.

Com um cardápio pré-selecionado (lasanha e sobremesa), os masterchefs dividiram-se nas tradicionais equipes azul e vermelha. Ao final de duas horas de prova, a primeira, liderada por Deborah, serviu lasanha à bolonhesa ao molho bechamel; a segunda, sob o comando de Abel, lasanha de carne com molho de tomate e cogumelos.


Deborah e Abel foram os líderes da competição (Divulgação / Band)

Mousse de limão siciliano com merengue e farofa de massa folhada foi a escolha de sobremesa do time azul, enquanto o vermelho optou por verrine de frutas caramelizadas e iogurte. Com 118 votos, a equipe de Abel, mesmo tendo servido quinze lasanhas a menos, foi a grande vencedora.


Equipe vermelha venceu com 118 fotos (Divulgação / Band)

De volta à cozinha, os integrantes do time azul foram exigidos a mostrar referências internacionais e técnicas mais específicas no preparo de um medalhão ao molho mostarda com acompanhamento livre.

Os destaques foram para Leonardo (que serviu a carne acompanhada por gratin de batatas), Mirian (apesar da apresentação "triste", segundo Paola Carosella) e Valter (que apresentou o prato com batatas rústicas e aspargos), considerado o melhor da noite.


Prato de Valter foi o melhor da noite (Reprodução / @masterchefbr)

Taise (com a carne no ponto certo, porém com molho a desejar), Yuko (criticada por não abrir mão da culinária oriental) e Natália (que errou no ponto e improvisou no molho) ficaram entre as piores.


Yuko e Natália ficaram entre as piores (Reprodução / @masterchefbr)

No final, Erik Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella decidiram pela eliminação de Natália, que deixou a desejar em todos os aspectos exigidos pelos jurados - ponto da carne, aspecto do molho, e, é claro, sabor.

Por Redação Guia da Semana

Atualizado em 19 Abr 2017.