Guia da Semana
Na Cidade
Por Redação Guia da Semana

Igreja e Mosteiro de São Bento

Templo foi construído no século XVII e possui arquitetura barroca.

Mosteiro de São Bento possui uma das igrejas mais antigas do Brasil (Reprodução)

Igreja e Mosteiro de São Bento

Endereço
Rua São de Bento, s/nº, 53020-080

A fundação do Mosteiro de São Bento e sua igreja remontam aos primeiros tempos da colonização portuguesa no Brasil. A primeira construção do mosteiro data de 1599, mas foi destruída em 1632, quando um grande incêndio tomou a cidade, deflagrado em virtude da invasão holandesa. Do fogo escaparam apenas os arquivos, e o local foi em breve reconstruído, voltando ao funcionamento em 1656.

+ Conheça os passeios imperdíveis do Recife

Os diversos espaços internos do mosteiro possuem muitas peças de alto valor artístico, como sanefas de talha dourada, gradis de jacarandá, pinturas de episódios da vida de São Bento e retratos de velhos abades e mestres da Ordem Beneditina no país, além de rico mobiliário. No claustro estão sepultados vários monges da abadia.

Sua fachada, com desenho do mestre-pedreiro Francisco Nunes Soares, apresenta um frontispício sóbrio, com portas entalhadas em almofadas, moldura de pedra com arcos abatidos, sendo que a central é encimada por um óculo emoldurado, ladeado por janelões com gradil de ferro. No frontão com volutas há um baixo-relevo com o brasão da Ordem Beneditina. À direita, uma torre com um carrilhão.

Da decoração interna, merece destaque o magnífico altar-mor, em madeira de cedro e inteiramente folheado a ouro, construído entre 1783 e 1786, sendo um dos exemplares mais belos e significativos de talha dourada no Brasil. Em 1860 foi feita uma reforma com novos douramentos. Restaurado em 2001, foi objeto de polêmica ao ser desmontado para ser exposto em Nova York, em 2002, como a atração principal da exposição Brasil de Corpo e Alma, realizada no Museu Guggenheim, retornando posteriormente ao seu local de origem. No centro está a imagem de São Bento, ladeada por São Gregório Magno e por Santa Escolástica.

O teto da capela-mor é decorado com pinturas que representam passagens da vida do santo fundador da Ordem e de seus monges. Do mesmo teto pendem três lampadários de prata, do século XVIII.


Atualizado em 27 Mai 2013.

Mapa do local

Explore ao redor

Château Brillant

Restaurantes

Museu de Arte Sacra de Pernambuco

Arte

Museu Espaço Ciência - Olinda

Arte

China in Box - Rosarinho

Restaurantes

Estação Café

Restaurantes

Ilha de Itamaracá

Viagens

Notícias recomendadas

24 eventos imperdíveis em São Paulo nos dias 12, 13 e 14 de julho de 2019

Na Cidade

Promoção do Escape 60 dá até 20% de desconto em julho de 2019; saiba mais!

Na Cidade

Tirolesa dentro de estádio é opção de passeio divertido nas férias em São Paulo

Na Cidade

Mais de 20 passeios grátis em São Paulo em julho de 2019

Na Cidade

O que fazer em São Paulo no feriado de 9 de julho de 2019

Na Cidade

Onde comemorar o Dia do Rock 2019 em São Paulo

Na Cidade