Guia da Semana

Acelerando o ritmo

Além do fôlego extra na malhação, o café pode ter propriedades emagrecedoras, caso combinado a exercícios físicos.

Foto: sxc.hu


Quem consegue resistir a uma xícara quentinha de café? E se você ficasse sabendo, que além de ser um hábito delicioso, o cafezinho tradicional pode ser um importante aliado na hora de praticar esportes e queimar calorias? Segundo um estudo realizado pelo Instituto Australiano de Esportes, pequenas doses de cafeína podem aumentar o rendimento de exercícios em cerca de 33%. "A cafeína é um termogênico, desse modo é muito interessante para os atletas, atuando no combate contra a fadiga", explica a nutricionista Bruna Murta, da rede Mundo Verde.

Além de servir como um estimulante para o corpo, o café também pode atuar como agente de emagrecimento, caso complementado pela prática de esportes, visto que entre suas propriedades, está a aceleração do metabolismo. Esse fator, combinado a modalidades aeróbicas, pode promover uma queima calórica ainda maior, resutando na perda de peso mais intensa. Lembrando que, para quem consome a bebida visando este fim, é importante usar açúcar moderadamente. "O café apresenta um nível irrisório de calorias. Por isso, é importante tomá-lo com pouco açúcar, se o seu objetivo é a diminuição de peso".

Foto: sxc.hu

O café pode ser um aliado importante na hora de malhar e perder peso

Outro aspecto a ser observado na relação entre café e esportes é a questão da quantidade. A venda de cápsulas de cafeína ainda não foi liberada pela Anvisa. Por essa razão, ele deve ser consumido tradicionalmente, preparado na boa e velha cafeteira (que vamos combinar, é a forma mais gostosa). Nesse caso, recomenda-se usar doses inferiores a 12 mg de cafeína por litro (o que para se ter uma noção, é considerado dopping). Resumindo: cerca de duas xícaras já estão de bom tamanho para atingir os resultados esperados.     

Também já se falou bastante sobre a ação negativa da bebida sobre os esportes, devido à sua ação diurética. Mas esse possível aspecto negativo vem confirmando-se cada vez mais como um mito. "Para quem ingere uma grande quantidade de cafeína diária, isolado de atividades físicas, pode ocorrer um efeito diurético. Mas para quem bebe maiores quantidades ao longo do dia, não há problemas que atrapalhem atividades esportivas".

Para os mais preguiçosos, vale ressaltar que o café, isoladamente, não promove nenhum tipo de efeito emagrecedor, que é obtido somente através da prática de atividades físicas regulares e boa alimentação. Mas isso não tira os seus méritos como um excelente complemento. "O café atua como estimulante físico e mental. Pode ser um excelente auxiliador no combate da fadiga e do estresse, atuando como estimulante do metabolismo. Apesar de não promover o emagrecimento por si próprio, traz benefícios interessantes para esportistas profissionais e amadores", completa a nutricionista.

Atualizado em 7 Ago 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Ferrero lança sorvete de Kinder Bueno na Alemanha - e nós queremos para ontem!

Com outros dois sabores, novidade é uma parceria da marca com a Kibon alemã

Frappuccino inspirado em flamingo é novidade da Starbucks para o Carnaval; confira!

Frappuccino Sambalelê tem sabor de chiclete com morango e fica disponível entre 9 e 13 de fevereiro

10 restaurantes imperdíveis no Tatuapé

Confira um roteiro de estabelecimentos imperdíveis para uma refeição especial

Bullguer inaugura primeira unidade no Rio de Janeiro; saiba mais!

Rede paulistana desembarca no Botafogo Praia Shopping com com conceito fast casual e preços acessíveis

Benjamin A Padaria inaugura nova unidade na Rua Augusta; confira!

Loja conta com balcão voltado para a rua para pedidos sem entrar na loja

Paris 6 lança sobremesa em homenagem ao Neymar em seu novo cardápio

Novidade consiste em um petit gateau de Ovomaltine e sorvete de alfajor de doce de leite