Guia da Semana

As flores comestíveis

Elas são lindas, perfumadas e podem ser muito saborosas..

Algumas espécies de plantas produzem flores que podem ser usadas na alimentação. Algumas das plantas que têm flores comestíveis são conhecidas por nós e usadas em saladas, sopas e outros pratos de culinária, como a couve flor, o brócolis e alcachofra.

+ Confira quais são alguns dos melhores alimentos termogênicos
+ Veja quais são as diferenças entre os tipos de iogurte

Outras flores, porém, podem ser usadas para comer, são lindas e possuem sabor surpreendente. Calêndulas, por exemplo, têm um cheiro forte. O amor perfeito um gostinho de ervas. Sem dúvida, as flores são elementos interessantes para renovar antigas receitas. É preciso ter muito cuidado, algumas flores podem ser tóxicas. Antes de sair por ai colhendo flores e utilizando na alimentação é preciso conhecê-las. As flores comestíveis devem ser orgânicas, as produzidas em floricultura são tratadas com pesticidas.

Mas não vá se aventurar pelo jardim colhendo os mais belos exemplares para enfeitar suas saladas . Saiba que nem todas as flores podem ser usadas na alimentação. Muitas, mesmo não sendo cultivadas com agrotóxicos, apresentam princípios que podem ser perigosos para a saúde.

O prudente, então, é apostar nas mais conhecidas. Entre elas estão capuchinha, lavanda, amor-perfeito, calêndula, borago, rosa, viola-odorata, alecrim e as flores da abóbora, do manjericão e do tomilho. Todas são lindas e saborosas em saladas, pratos quentes e sobremesas, no entanto algumas requerem certos cuidados. No caso da calêndula, por exemplo, devem ser aproveitadas apenas as pétalas, pois o talo é muito duro para ser ingerido. Extremamente sensíveis, as flores devem ser adicionadas ao prato apenas na hora de servir, pois o calor do alimento as faz murchar, assim como o tempero da salada.

Veja quais são os tipos mais usados na cozinha e as melhores combinações com os pratos.

Capuchinha 

Estas flores perenes são as favoritas para saladas de verão. Fáceis de cultivar, elas trazem uma explosão de cor a qualquer salada. Elas são boas recheadas, cristalizadas ou como ornamento. Possuem um gosto ligeiramente apimentado. As sementes podem até ser usadas para substituir pimentas tradicionais. A planta inteira é comestível.

Lavanda 

Lavanda é ideal para vários usos culinários, que incluem chá, biscoitos, xaropes, bolos, cheesecakes, sorvetes, geléias, tortas, vinho, vinagrete - a lista é enorme. A lavanda dá seu próprio sabor, junto com alguns tons cítricos.

Violetas 

As violetas são ideais para adicionar a uma ampla variedade de alimentos, além de servirem para propósitos decorativos. Algumas idéias incluem doce de violeta, chá, bolo e xarope de violeta. Elas podem ser incluídas em saladas, geléias, manteiga ou para dar sabor ou servir de ornamento.

Pétalas de rosas 

Pétalas de rosas são conhecidas pelos seus usos culinários, como em xaropes, decorações ou coberturas, sorvetes, ornamentos, geléias, manteiga, gelo e muito mais. A água de rosas é um uso famoso para as pétalas de rosas.

Amor Perfeito 

Flores delicadas que são boas para adornar saladas. Outros usos incluem deixá-la sobre a sopa, decorar sobremesas e enfeitar pratos. Não deixe de considerar o seu papel em saladas de frutas ou qualquer outro tipo de salada. Amor-perfeito tem um sabor ligeiramente adocicado.

Hibiscos 

Apropriado para saladas e para fazer xaropes e algumas bebidas alcoólicas. Há um certo toque cítrico e frutado no hibisco, mas ele é ligeiramente ácido; por isso, use com moderação.

Dente de leão 

Ficam deliciosos na salada se você colher as flores jovens e servir logo em seguida. Elas têm um sabor doce, parecido com mel.

Musse de hibisco

Ingredientes 
2 xícaras de água fervente 
1/4 de xícara de flores de hibisco desidratadas 
1/2 xícara de açúcar 
1 envelope de gelatina em pó branca, sem sabor
3 claras 
3/4 de xícara de creme de leite fresco 
Pétalas de minirrosa comestível para decorar 

Modo de preparo

Em uma tigela misture a água com o hibisco e deixe descansar, com tampa, por 20 minutos. Coe e adoce com 3 colheres (sopa) de açúcar e deixe esfriar. Em uma tigela pequena, dissolva e hidrate a gelatina conforme as instruções da embalagem.  

Misture-a à infusão de hibisco. Leve para gelar por 40 minutos, mexendo às vezes, até obter a consistência semelhante à de clara de ovo crua. Na batedeira, bata as claras com o açúcar restante até obter picos firmes. Em outra tigela, bata o creme de leite até obter picos firmes. 

Misture o creme de leite ao merengue de claras e, em seguida, à gelatina de hibisco (reserve 1/2 xícara). Em oito taças, distribua a gelatina reservada e, por cima, despeje a musse. Leve para gelar por três horas. Sirva decorada com pétalas de minirrosa.

Veja mais dicas sobre como perder peso e se manter em forma no Emagrecendo.

 

  

Atualizado em 21 Nov 2013.

Por Mariana Jota
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Chef Jamie Oliver abre terceira unidade de seu restaurante no Brasil; saiba mais!

Curitiba é a casa da mais recente unidade do Jamie´s Italian

Holy Burger promove festa mexicana com pratos inspirados no país neste domingo, 27 de maio; saiba mais!

A hamburgueria vai abrir especialmente no domingo, dia 27, das 12h às 22h

Outback lança sobremesa com brownie na versão doce de leite

A famosa sobremesa Thunder ganha uma nova versão feita com doce de leite argentino

Chef de A Casa do Porco abre sorveteria no centro de São Paulo; saiba mais!

A proposta da casa é vender sorvetes softs, com ingredientes naturais e sem aditivos

Promoções imperdíveis para o Dia do Hambúrguer 2018 em São Paulo

Veja onde comer opções do lanche e comemorar esse dia pra lá de apetitoso

Taco Bell lança sobremesa recheada com chocolate KITKAT®

Mini burrito feito com o chocolate é a nova opção de sobremesa do restaurante