Guia da Semana
Restaurantes
Por Redação Guia da Semana

Finger food

Comer com as mãos não é um absurdo em determinadas ocasiões.

Foto: stock.xchng


Foi-se a época em que comer com as mãos era um hábito anti-higiênico. Lógico, não podemos generalizar, mas de uns tempos pra cá, uma exceção vem chegando com força total, inclusive em eventos como casamentos e formaturas. Estou falando dos finger foods, que do inglês significa alimento para se comer com os dedos. São canapés e "comidinhas" do tamanho de uma mordida, para serem pegos sem nenhum talher e degustados. Geralmente, são mini quiches, mini vol au vents, mini brusquetas e etc.

Outros recursos também são adotados para dar um toque de sofisticação, e aí, é só usar a imaginação. Quer exemplos?

Para servir pratos como arroz de pato, polenta mole e brandade de bacalhau, você pode usar cumbuquinhas de porcelana, cobre ou ferro. Fica bem interessante. Já para saladinhas ou sobremesas, sugiro utilizar taças de champagne ou Martini, que, além de ser criativo, dá um ar chique à situação. Mini porções de peixes, cubinhos de frango, ou combinações de vários ingredientes como o popular canapé Caprese (mussarelinha de bufala. tomate cereja e manjericão), são legais quando servidos com palitos de bambu, japoneses ou decorados. Você escolhe.

Deu pra perceber que a imaginação e a criatividade são grandes companheiras da gastronomia, não?

Uma curiosidade dos finger foods, é como foram criados. Há quem diga que a atriz Joan Collins, conhecida pelo seriado Dinastia, foi quem inspirou tais pratos. Sua tamanha vaidade a fazia pedir pequenos aperitivos, ao invés de grandes refeições, para conseguir comer com os dedos e assim não borrar o batom.

Quem diria que tal frescura poderia dar origem a um hábito tão prático e elegante?

A principal vantagem deste estilo é que podemos degustar vários pratos e sabores em pequenas porções.

Convide um petit comite e arrisque fazer uma recepção com finger foods. Eles vão adorar!

Quem é a colunista: Renata Turkieniez Buosi, chef de cozinha.
O que faz: é banqueteira e apresentadora de um quadro de culinária no Programa Novas Idéias na TV Bandeirantes.
Pecado gastronômico: deixas de experimentar novos sabores.
Melhor lugar do Brasil: Bahia!

Fale com ela: [email protected] ou acesse o site da chef.


Atualizado em 7 Ago 2012.

Mais notícias

11 lugares para comer fondue em São Paulo no inverno 2021

Restaurantes

Inverno 2021: onde tomar sopas em São Paulo

Restaurantes

Dia da pizza 2021: lugares para comemorar a data em São Paulo

Restaurantes

18 restaurantes em São Paulo com menu especial para o inverno 2021

Restaurantes

10 restaurantes em São Paulo com quitutes juninos

Restaurantes

Mr. Cheney lança cookie Paçoca Amor para celebrar as festas juninas; saiba tudo!

Restaurantes