Guia da Semana
Restaurantes
Por Redação Guia da Semana

Fora de São Paulo...

Se você conseguir encontrá-lo, vai se sentir em casa.

Foto: Arquivo Pessoal
Papardelle e polpettone


Não sei quanto a você, mas tem horas que tudo o que eu quero é sumir de São Paulo. Pode ser por um fim de semana ou mesmo por um dia. Quando bate essa vontade, a saída são as cidades próximas à capital paulista.

Num desses finais de semana dei uma escapada para o sítio de amigos nas imediações de Bragança Paulista. A proximidade facilita, embora a Fernão Dias não seja referência de um governo que adora fazer propaganda sobre suas rodovias. Mas, enfim, nem tudo são flores nas estradas paulistas. E sair do sufoco da cidade grande já é um grande alívio.

Os amigos já haviam comentado sobre um restaurante na região, que eles visitavam com certa frequência. Mas eu nunca havia conseguido encontrar o lugar aberto. Dessa vez foi diferente.

Depois de alguns trechos de estradas vicinais e outras de terra, finalmente chegamos ao Cà de mezz amig. O restaurante faz parte de um projeto maior, conhecido como Galpão Busca Vida. Inaugurado em 1977 na zona rural de Bragança Paulista, originalmente, o Galpão era uma pizzaria e cachaçaria, onde os amigos se reuniam para encontros rotineiros.

A ideia foi crescendo, novos amigos foram chegando e hoje o projeto é bem maior. Além do antigo Galpão, onde se apresentam artistas como Tom Zé, Arnaldo Antunes e Zeca Baleiro, contam com uma pousada, uma cachaçaria e o restaurante.

A simplicidade dá o tom do local. Quando cheguei, me senti o próprio Gandalf entrando na casa do Bilbo Baggins, no primeiro filme da trilogia O Senhor dos Anéis. Pequenas janelas, mesas rústicas com suas toalhas quadriculadas... um clima gostoso que logo deixa você à vontade.

A inspiração do Cá de mezz amig vem da região da Emilia-Romagna, no Norte da Itália. No dialeto romagnolo, a tradução literal é "casa dos meus amigos". Talvez seja por isso que logo você se sente à vontade no lugar.

O couvert é divertido. Chegam à mesa diversos legumes e vegetais inteiros, acompanhados de faca, azeite e sal grosso. Você mesmo escolhe, corta e vai se servindo. Para acompanhar, a piadina, uma espécie de pão originário da mesma região. Durante anos ela foi um dos alimentos principais dos antigos romanos. Parecida com uma tortilla mexicana, chega quentinha à mesa. Uma tentação.

Na visita, experimentei diversos pratos, todos de massas caseiras. Você pode pedir duas ou até três porções diferentes no mesmo prato, sejam de molhos ou de massas. Alguns foram aprovados com louvor. Outros careciam de melhores ajustes. O Gnocchi ao molho bechamel com funghi e a Lasagna vegetariana ao pomodoro, por exemplo, estavam muito bons, com molhos saborosos e cozidos no ponto certo.

O Strozzapreti ao pesto me deixou com saudade. A massa delicada, acompanhada de um pesto caprichado e bem feito, fez a visita valer a pena. O Penne ao burro e basílico, se não empolgou, mas também não decepcionou. Talvez merecesse um molho mais saboroso e consistente. Já outros decepcionaram. Tanto o Polpettone ao ragu quanto o Papardelle ao ragu di cinghiali estavam pouco atraentes. O Tagliatelle ao molho bechamel não arrancou suspiros, e o Penne ao ragu, apesar de al dente, me pareceu sem graça.

No cômputo geral, porém, vale a visita ao Cà de mezz amig. Até porque os preços são bem convidativos e o lugar é uma simpatia. É um passeio, no mínimo, diferente. Mas recomendo que você vá acompanhado de alguém que conheça a região. Ou leve um GPS a tiracolo. Não é fácil chegar ao restaurante. Talvez tão difícil quanto encontrar o Condado dos Hobbits.

Cà de mezz amig Ristorante Romagnolo
Horário: sábado, 13h às 16h30 e 20h à 0h; domingo, 12h30 às 17h.
Endereço: Estrada da Serrinha, KM 3,5 - Represa Serrinha - Bragança Paulista - SP
Contatos: (11) 7379 8212 / 7550 0123 / 9889 0861

Leias as colunas anteriores de Marco Esteves:

Novos Aromas

Panetones, vinhos...

O que é que o Pitanga tem? Quem é o colunista: Marco Esteves, sempre o personagem de alguma crônica gourmet.

O que faz: É jornalista e redator publicitário.

Pecado gastronômico: quem nunca cometeu nenhum, que atire a primeira jaca.

Melhor lugar do Brasil: Depois que visitar todos, eu decido.

Fale com ele: [email protected]


Foto colunista: Alexandre Cappi / BrStock

Atualizado em 7 Ago 2012.

Mais notícias

Mizuki Poke aposta em seis opções de pokes diferenciados; saiba mais!

Restaurantes

Starbucks lança combinações exclusivas para o delivery com 15% de desconto; saiba mais!

Restaurantes

Restaurantes em São Paulo para pedir delivery na Páscoa 2021

Restaurantes

Restaurante America lança Ovo de Páscoa Farofino em parceria com Carole Crema; saiba mais!

Restaurantes

São Paulo ganha primeira casa dedicada ao avocado; saiba tudo!

Restaurantes

Restaurante Abbraccio aposta em Festival de Lula para os dias quentes do verão; saiba tudo!

Restaurantes