Guia da Semana
Restaurantes
Por Redação Guia da Semana

Na mesa com o Papa

Bento XVI chega ao Brasil no dia 9 e, entre um compromisso e outro, será obrigado a fazer aquilo que todo ser humano faz todos os dias: comer. E não será qualquer comida não....

Com um pé no Brasil...
Foto: www.sxc.hu


O Papa realmente está pop no Brasil. Às vésperas da sua vinda, não se fala de outra coisa: Papa canonizando Frei Galvão, chegada do papamóvel blindado, reforma do Mosteiro de São Bento para hospedar o Papa em São Paulo, instauração de um quase-feriado pela passagem do Papa, Papa aqui, Papa acolá. Católicos e não-católicos já receberam uma overdose de informações sobre Bento XVI, que representa a autoridade máxima da Igreja no mundo - mas que nem por isso deixa de ter necessidades dignas de qualquer ser humano.

Uma delas é, claro, a alimentação. No Brasil, o cardápio a que terá acesso não será pouca coisa: terá comida feita de ingredientes caros e vinhos de até R$ 348,00. Regalias que seguem a linha de todas as outras honrarias especiais que lhe serão ofertadas - entre elas, um quarto especial no Mosteiro de São Bento, com suíte exclusiva, escritório com internet wireless e sala de visitas particular, incluindo também um piano de cauda restaurado para que ele possa exercitar seu hobby entre uma reza e outra.

Ingredientes da melhor qualidade, vinhos caros... aproveitar as benesses da boa mesa não é pecado?
Foto: www.sxc.hu
O PAPA É O PAPA
Para Antonio Marchionni, filósofo e professor de Teologia da Pontifícia Universidade Católica, PUC, o bem comer só chega a ser um vício capital quando não é feito com inteligência. "Na religião católica não existem alimentos proibidos - a não ser a carne na Quarta de Cinzas e na Sexta-feira Santa. A única regra é evitar o vício da gula, que se dá quando a pessoa é escrava do desejo desmedido de comer. É um vício porque prejudica os outros: quem come muito para si não compartilha com os outros".

Mas tomar um vinho de mais de R$ 300,00 em pleno Brasil não é deixar de dar aos pobres? "Não. Os católicos brasileiros querem proporcionar a felicidade para o Papa. Qualquer pessoa gosta de ter seu líder junto. A satisfação é tão grande que eles querem proporcionar o melhor que podem. Eu não vejo o preço do vinho, mas o grau de felicidade dos brasileiros em proporcionar isso ao seu pastor", defende o professor.


Com atividades sempre separadas dos demais monges do mosteiro, o Papa e sua comitiva do Vaticano terão à disposição pratos de base italiana, com toques brasileiros e acompanhamentos de primeira. Tudo cedido como cortesia pelo fino Empório Santa Maria e pela importadora de vinhos Expand. "Escolhemos o cardápio depois de fazer uma pesquisa sobre os gostos do Papa. Recebemos exigências mínimas do Vaticano, até gostaríamos de ter recebido mais informações para preparar algo mais acertado", diz o prior do Mosteiro de São Bento, Dom João Evangelista Kovas.

O que o Papa gosta
Fã de laranja, Joseph Ratzinger, por meio do conselho papal, fez apenas duas exigências: não queria frutos do mar e nenhum tipo de cogumelo. Com base nesse gosto amplo, Mazzô França Pinto, conceituada banqueteira convidada pelo Santa Maria, criou receitas simples, como sopa de palmito, bolo de banana e de fubá e um calórico nhoque de mandioquinha. "Queríamos que ele mantivesse seus hábitos alimentares aqui no Brasil. O objetivo não foi criar uma experiência gastronômica", afirma D. João.

Ingredientes da melhor qualidade, vinhos caros... aproveitar as benesses da boa mesa não é pecado?
Vino santo: R$ 348,00!
Foto: www.sxc.hu
POR QUE NÃO SUCOS BRASILEIROS NO LUGAR DE VINHO?
Para o chef de cozinha Carlos Ribeiro, seria necessário rever o conceito de gula para poder discutir a relação entre simplicidade e os custos do cardápio servido ao Papa. "Dentro do que foi apresentado, podemos considerar que os pratos são bem simples, apesar do Empório Santa Maria ter fornecido os ingredientes - até para manter a qualidade das receitas", diz ele, que ressalta: "Agora, um vinho de R$ 348,00... brincadeira, né? Já que o Papa não bebe muito, descartaria os vinhos e serviria nossa variedade de sucos brasileiros".

Aliás, a ausência de produtos mais brasileiros é uma das coisas que o chef mudaria no menu do Papa, apesar de tê-lo achado leve e adequado para um homem com idade avançada e cheio de compromissos. "Na minha opinião, os ingredientes brasileiros não foram levados muito em conta. Eu faria suco de melancia, abacaxi, laranja, caju, cajá e mangaba. Serviria uma água aromatizada com folhas e frutas brasileiras. De entrada, um mix de folhas verdes, tomates e queijo de coalho com pesto de castanha de Pará. E, para os pratos: escondidinho de carne seca, arroz de carreteiro, galinha com arroz de pequi, lasanha de abóbora e baião de dois. De sobremesa, flan de coco com calda de goiaba, cartola [doce pernambucano feito de banana, açúcar, canela e queijo] e torta de banana com canela.


Experiência gastronômica com os caseiros pães feitos e vendidos há tempos no mosteiro o Papa realmente não vai ter. Já com os vinhos latino-americanos e brasileiros que lhe serão servidos, a história é outra. "Bento XVI não costuma tomar vinho, mas em sua vinda resolveu gentilmente abrir uma exceção para poder provar as bebidas produzidas no Brasil e na América Latina", explica o prior. Nacionais da Vinibrasil, argentinos, uruguaios e chilenos compõem a "carta papal" - incluindo um exemplar de Dom Melchor 2001, da chilena Concha Y Toro, e um de Seña 2001, do argentino Eduardo Chadwick, que na prateleira do empório custam a "bagatela" de R$ 348,00 - quase o equivalente a um salário mínimo atual.

"Para mim, esse valor é até pequeno. Não que seja pouco, mas o Papa é um chefe de Estado, por que não podemos oferecer a ele o que temos de melhor?", justifica D. João. Mas não seria pecado tomar um vinho tão caro em um país tão pobre e, ainda, desfrutar de um cardápio apetitoso e especial como esse? "Uma coisa é a disciplina dos monges. Outra é a preparação para recebermos um hóspede. Ainda mais esse hóspede", analisa o monge, responsável pela organização da vinda do Papa e ansioso que só pela chegada do dia 9 de maio.

Ingredientes da melhor qualidade, vinhos caros... aproveitar as benesses da boa mesa não é pecado?
Tudo para o Papa, menos cogumelos
e frutos do mar
Foto: www.sxc.hu
DESDE QUE NUTRITIVAS E POUCAS CALÓRICAS...
Para as nutricionistas Paula Correa e Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional, as receitas que serão servidas para o Papa até são simples e típicas do Brasil. O problema mesmo é a adequação do cardápio aos níveis calóricos e nutricionais exigidos por um homem idoso. "Sem dúvida, escolheríamos receitas bem brasileiras, mas respeitaríamos as necessidades nutricionais e calóricas de um homem de terceira idade", dizem elas.

Salada de folhas, tomate, cenoura e palmito com molho de açaí e semente de linhaça, arroz com feijão, picadinho de carne com abóbora ou peixe assado com farofa e creme de manga com coco fresco ou sorvete de cupuaçu são algumas sugestões das nutricionistas para o cardápio. Elas também fariam mudanças significativas nos ingredientes e modos de preparo das receitas que serão servidas ao Papa para deixá-las mais saudáveis e nutritivas. Confira aqui!


Mais sobre o cardápio do Papa
? Vendo para crer: confira parte do cardápio que será servido para o Papa com receitas e dicas das nutricionistas Roseli Rossi e Paula Correa para deixá-lo mais saudável e menos calórico.
? Site do Mosteiro de São Bento, onde é possível conferir algumas das receitas de pães e bolos produzidos pelos monges e à venda no local. A entidade também preparou um bolo comemorativo em homenagem ao Papa, feito de mel, especiarias, castanha e chocolate (R$ 35,00).
? Site oficial da vinda do Papa ao Brasil

Serviço:
Clínica Equilíbrio Nutricional
Fone: (11) 6672-7300
www.equilibrionutricional.com.br


Atualizado em 7 Ago 2012.

Mais notícias

Bullguer vende sanduíche a R$10 nesta segunda-feira (22); saiba tudo!

Restaurantes

10 pratos imperdíveis com frutos do mar para provar em São Paulo

Restaurantes

Points gastronômicos em São Paulo com pratos especiais para o verão 2021

Restaurantes

Bob’s Galak com doce de leite Moça nas versões Big Cascão, Bob’s Max e Milk Shake entra no cardápio da rede por tempo limitado

Restaurantes

Com pernil fatiado, vinagrete e queijo prato, hamburgueria lança sanduíche em homenagem ao aniversário de São Paulo

Restaurantes

21 restaurantes para comemorar o Aniversário de São Paulo 2021

Restaurantes