Guia da Semana
Restaurantes
Por Redação Guia da Semana

Promo o quê?

Sabe aquele cara que você procura quando quer um vip pra balada ou quando quer comemorar seu aniversário em algum lugar? O Guia da Semana desvendeou a rotina dos promoters.

Foto: Getty Images

Hoje em dia, uma profissão que vem crescendo na noite é a de promoter. Mas, quem são eles? O que fazem esses profissionais? Qual a importância deles na night?

O promoter é o profissional responsável pela divulgação de um evento. "Ele leva o público para as festas, promove, convida as pessoas", diz o DJ André Juliano, do Vegas Club, também responsável pela organização de eventos da casa. Segundo ele, esses indivíduos têm um papel igual ou até mais importante que os DJs. "Eles mobilizam as pessoas para irem às festas e isso acaba gerando receita para o clube, fazendo com que os estabelecimentos tragam as atrações desejadas", completa.

Munidos de suas mailing lists, garimpadas ao longo das experiências na noite e contato com o público, os promoters têm como foco fazer com que os as pessoas se interessem pelo evento que ele está divulgando. "O início é um pouco complicado", diz Elaine Ela, que trabalha há três anos na Clash. "Tem que ter um bom relacionamento, os amigos vão indicando e assim a rede vai se formando", conta. Mas revela: "Para fazer bem feito, dá muito trabalho. A gente tem que manter contato, dar atenção. É uma atividade diária".

Hoje, trabalhando há mais de 4 anos no Rey Castro, Renata Santos conta que começou como uma brincadeira. "Eu entrei por diversão e para ter uma renda a mais, mas quando eu vi que estava entrando uma grana boa e que eu podia fazer outras coisas agregadas a isso, comecei a me envolver mais".

Um ponto bastante relevante é a questão dos cobiçados convites VIP´s. Dependendo da festa e de quem vai se apresentar, um número determinado é liberado. "A prioridade são os bons freqüentadores", diz Elaine. Renata, porém, acredita que não há mais uma restrição coerente. Segundo ela, muitos estabelecimentos liberam as entradas free somente para encher a casa. "O VIP está prostituído. Todo mundo distribui para atrair mais gente", desabafa.

Foto: Arquivo pessoal
Renata decidiu ser promoter por diversão, mas viu que poderia ir mais além


Quanto à remuneração, cada caso é analisado separadamente. "Cada um trabalha em um formato", conta Renata. "Há o ´pagação´, que se diverte a noite toda. Esse, por exemplo, recebe um valor fixo. Há os que recebem uma comissão em cima do número de comandas das pessoas que ele leva. E há também os que recebem um valor fechado em cima do bruto da noite", explica. "É como qualquer outra profissão. Se você é um bom profissional, terá um bom retorno", completa Elaine.

Para se tornar um promoter é imprescindível tenha uma rede fortalecida de relacionamentos. "Geralmente ele inicia como um ´festeiro´", exemplifica Juliani. "Ele tem que gostar de sair, tem que gostar de noite, tem que gostar de música", fala. "Mas também tem quem comece como divulgador, começam a conhecer gente, a ir na noite que divulga, e assim muda de figura. Conhece os DJ´s, quer elaborar um projeto ou outro, procura um clube que dê uma oportunidade, e assim começa na atividade", completa.


Atualizado em 7 Ago 2012.

Mais notícias

8 lugares para comer deliciosos cheesecakes em São Paulo

Restaurantes

Mais de 20 restaurantes para comemorar o Aniversário de São Paulo 2019

Restaurantes

11 restaurantes em São Paulo perfeitos para o almoço de domingo em família

Restaurantes

Starbucks lança novos produtos especiais para o verão; saiba mais!

Restaurantes

Abbraccio oferece pizza em dobro para celebrar a chegada de 2019

Restaurantes

14 lugares com sobremesas geladas para se refrescar no verão

Restaurantes