Guia da Semana

Quem quer pão?

Tarteletes, ciabatas e adegas de luxo. Conheça os produtos e serviços diferenciados que as padarias gourmet oferecem aos seus clientes.



Antigamente era preciso esperar o raiar do dia para sentir aquele cheirinho delicioso de pão saído do forno. Mas agora não existe mais hora para matar a fome com um belo misto quente e um pingado bem tirado. Se essa combinação não faz a sua cabeça, não se preocupe. Além de abertas até altas horas da madrugada, as panificadoras gourmet oferecem todo o tipo de opções para matar a fome, oferecendo de tudo um pouco. É só escolher entre as variedades de sopas, bufês, rotisserie, patisserrie, ou adegas repletas de rótulos de primeira.

A onda de incrementar as padocas começou na década de 90, quando elas ainda eram redutos exclusivos do pãozinho francês (que, diga-se de passagem, continua sendo o astro principal). Desde então, aconteceu uma verdadeira revolução de produtos e serviços, que hoje, chegou a um ponto no qual ficou difícil diferenciar os serviços destes locais com os de lojas de conveniência, delicatessens ou bistrôs.

Na terra da garoa

Foto: Reprodução

Mezanino da Galeria dos Pães

Nos Jardins, bairro nobre de São Paulo, a qualquer hora do dia (ou da noite) os clientes da Galeria dos Pães chegam a esperar cerca de trinta minutos para conseguir uma das quarenta mesas dispostas no mezanino da casa. "A espera vale a pena. O bufê é caprichado com uma variedade enorme de sopas, sucos, frios, frutas e sobremesas", conta Fernanda Santos, frequentadora assídua. O andar térreo do local dá espaço a uma lanchonete, confeitaria e um mini-mercado com mais de 100 tipos de frios e 500 rótulos de vinhos. No fim de tarde, é servido o tradicional chá das cinco, acompanhado de música ao vivo.

Seguindo o mesmo conceito, o Empório Moema é um misto de padaria, pizzaria, confeitaria e conveniência, divididos em um espaço de mais de 1200 metros quadrados. Possui bufê durante os almoços e cardápio variado para o happy-hour. No domingo, é o dia do brunch, que traz quitutes como tortas, geleias, cereais, iogurtes, e ovos mexidos com bacon e salsicha. Os fãs dos sanduíches bem recheados não ficam na mão, com opções como o Gaivota, servido no pão ciabatta, com presunto de Parma, queijo brie, tomate, rúcula e azeite. Assim como a Galeria, o estabelecimento opera no sistema 24 horas.

Com horário um pouco mais restrito (até às 22h) e uma proposta um pouco mais sofisticada, está a Mundos dos Pães, instalada há 20 anos em Higienópolis, mantida atualmente pelos descendentes do legendário Benjamin Abrahão, pioneiro do filão. Em 2007, recebeu uma filial nos Jardins, em um investimento de aproximadamente R$ 3 milhões. As unidades produzem cerca de cinquenta tipos de pão diariamente, além de uma linha de doces composta por sessenta sobremesas. "Frequento há mais de dez anos. Lá foi onde eu provei os melhores pães e croissants da minha vida. São todos bem recheados e o atendimento é de primeira", confirma Néia Rodrigues, moradora do bairro.

Cariocas da gema



Apesar de não ter a mesma tradição de padarias de São Paulo, o Rio de Janeiro também possui ótimos espaços, que não deixam nada a desejar em opções de qualidade e diversidade, bem distantes da empadinha de frango do balcão.

Com ares de bistrô, a charmosa Le Pain du Lapin, virou xodó do Baixo Jardim Botânico. A casa, que abre às sete da manhã, tem menu exclusivo elaborado pelo chef Zelmar Riccetto, que traduziu as receitas aprendidas em Paris, na École Lenôtre, para o carioquês. Os grandes destaques da casa são as sobremesas em versão miniatura, como a minitartelete de limão.

Já a padaria Garcia & Rodrigues, no Leblon, é comandada pelo chef francês Christophe Lidy. É de seu forno saem os pães que servem como base para os sanduíches e são as estrelas do café-da-manhã. Já na rotisserie , pode ser encontrada uma boa diversidade de saladas e frios. Tarteletes de frutas frescas, mil-folhas de creme e o melhor financier (torta doce) da cidade são algumas das obras da confeitaria. O espaço ainda abriga um bistrô, que funciona nos fundos, onde estão presentes receitas mais elaboradas, tais como o duo de tomates secos e presunto de Parma com sorvete de iogurte, ou o cherne assado sobre batatas perfumado com ervas.


Atualizado em 7 Ago 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Novidade: Restaurante Kyokuto, em Pinheiros, aposta em pratos típicos do Japão e Coreia

Rafael Dalla é quem assina o cardápio itinerante

4 restaurantes em São Paulo para comer bem e ainda ajudar refugiados

Conheça casas que oferecem comidas típicas dos lugares de onde seus proprietários vieram

Restaurante no Eataly lança novo cardápio com pizzas gourmet; confira!

Ovos mexidos, pera, quinoa e azeite trufado estão entre os ingredientes inusitados

Casquinha, sundae e milk-shake: Burger King lança linha de sobremesas com creme de avelã; confira!

Novidades já estão disponíveis em todas as lojas da rede por tempo indeterminado

Com pizzas de estilo napolitano e mais de 15 sabores de gelato, Forneria Pellegrini é nova opção gastronômica em SP

Casa no Baixo Pinheiros é opção para os amantes da culinária italiana

KFC lança sanduíche inédito no Brasil; confira!

Com hash brown na lista de ingredientes, o Dirty Louisiana já está disponível em todas as lojas da rede ;)