Guia da Semana
Restaurantes
Por Redação Guia da Semana

Risoto


Implantado pelos árabes na Sicília e na Espanha, ao longo da Idade Média e a partir daí difundido em todo o Ocidente, o arroz está praticamente presente em todas culinárias do mundo, seja como ingrediente principal, seja como coadjuvante. São mais de mil variedades cultivadas por todos os continentes, com exceção da Antártida.

A Itália é o maior produtor de arroz da Europa e desenvolveu um dos pratos mais saborosos e conhecidos pelo povo do ocidente: o risoto. Riso significa arroz em italiano e risotto é o mesmo que arroz pequeno. A base do prato, claro, é o arroz, ao qual se acrescentam ingredientes como manteiga, cogumelos, vegetais, queijos e presunto cozidos em caldo de galinha ou carne.

A característica principal dos risotos é que o arroz, depois de cozido, se mantém bem úmido. Assim, obtém-se uma massa cremosa, em que cada grão de arroz deve estar ligeiramente al dente, ou seja, um pouco resistente quando se mastiga. Se forem mais encorpados, os risotos podem ser servidos como o prato único de uma refeição. Quando levam apenas queijo ou açafrão, o ideal é que acompanhem carnes, aves ou peixes.

Atualmente no Brasil podemos encontrar em prateleiras de supermercados algumas variedades de arroz, como os italianos arbóreo, carnaroli e vialone nano, indicados especialmente para o preparo de risotos, por causa do amido, que proporciona a cremosidade característica do prato.

Conheça outros pratos típicos da Itália


Atualizado em 7 Ago 2012.

Mais notícias

11 lugares para comer fondue em São Paulo no inverno 2021

Restaurantes

Inverno 2021: onde tomar sopas em São Paulo

Restaurantes

Dia da pizza 2021: lugares para comemorar a data em São Paulo

Restaurantes

18 restaurantes em São Paulo com menu especial para o inverno 2021

Restaurantes

10 restaurantes em São Paulo com quitutes juninos

Restaurantes

Mr. Cheney lança cookie Paçoca Amor para celebrar as festas juninas; saiba tudo!

Restaurantes