Guia da Semana
Restaurantes
Por Redação Guia da Semana

Sobremesas reconfortantes

Dê um tempo no chocolate e nos cremes mais pesados para aproveitar as mais variadas combinações de frutas em tortas, doces, frozens e sorvetes.

Fotos: Divulgação

A Panacotta com compota de morango: sabor leve da cultura italiana no verão brasileiro

Com açúcar, afeto e saúde. Quando o assunto é sobremesa, os mais leigos acham que essas palavras não combinam. Mas tudo é uma questão de equilibrar gostos, ingredientes e calorias. "As pessoas se preocupam com os índices calóricos, mas esquecem das suas fontes básicas, como a sacarose, nome pomposo do açúcar refinado, e as gorduras vegetais encontradas em chocolates e sorvetes", destaca Ana Cristina Aguiar, nutricionista da Sociedade Brasileira de Diabetes.

Numa dieta regular de 1500 calorias/dia, cerca de metade dessa quantidade provém de alimentos ricos em carboidratos, como pão, leite, biscoitos, frutas, massas e doces. O ideal é a participação da sacarose em, no máximo, 10% da composição dos carboidratos. "Uma maçã, por exemplo, tem 15 gramas de carboidrato, o mesmo que uma barrinha de cereal com chocolate. Só que a barrinha tende a ser mais calórica devido às gorduras do chocolate", detalha a nutricionista.

Por organismo preferir alimentos mais leves na estação, o verão é ideal para se dar um tempo dessas gorduras. E, se não for possível, fazer ao menos escolhas mais conscientes. "Ao invés de uma musse de chocolate, escolha a de maracujá. Ela pode até ter valor semelhante em carboidratos, mas, só em levar a fruta, reduz as calorias provenientes do cacau", conclui Ana Cristina.

Outro defensor é Mario de Andrade, mais conhecido como Mario Maluco, do carioca Palaphita Kitch. "O relacionamento de cada um com o seu paladar é um aprendizado constante. As pessoas devem se abrir mais para as frutas, que oferecem uma riqueza de aromas, cores e texturas bem brasileira", explica ele, que destaca pratos como o doce de cupuaçu com mussarela de búfala servido no seu quiosque badalado bem na orla da Lagoa Rodrigo de Freitas.

Outro bom exemplo desse tipo de escolha são os frozens iogurtes. Gelados, saborosos e leves, eles caíram no gosto popular e dos empreendedores de franquias justamente por ser uma ótima alternativa ao sorvete de massa. "Por serem um leite acidificado, o iogurte torna-se mais nutritivo, com suas proteínas e cálcio absorvidos mais facilmente pelo organismo", relembra Andréa Esquivel, nutricionista da consultoria Gastronomia Nutritiva. O mesmo vale para os smothies, os iogurtes misturados com suco de frutas.

O importante é saber que nada é proibido, só exige atenção. Quem não dispensa as geladas bolas de sorvete pode optar pelos sorbets, feitos com água em vez de leite, comuns nos sabores de frutas. Para incrementar a salada de frutas, troque a cobertura de chantily pela granola, gergelim e/ou quinoa e algumas lascas do melhor tablete de cacau a 70%. O prato ganha em sabor, crocância e sofisticação, além de ficar totalmente afinado com a estação.

Fotos: Divulgação

A YO! aposta nas caldas de frutas regionais, como morango com mangaba

Rio de Janeiro

Applebee's
A rede americana com uma filial na cidade traz como novidade a Sizzling Apple Pie (R$ 18,90): uma torta de finas camadas de maçã sobre uma massa leve, coberta com nozes e servida sobre uma chapa quente. Outra releitura é o Shooter Lemon Pie (R$ 7,90), uma pequena porção de torta de limão. Elas encerram bem a refeição iniciada com a Oriental Salad, uma combinação de folhas, amêndoas tostadas e rice noodles e uma proteína à escolha do cliente: ou frango empanado (R$ 29,90) ou camarões grelhados (R$ 30,90).

Astoria
O restaurante aposta no crumble de banana, feito com a fruta misturada em caramelo importado e massa crocante quente, acompanhada de sorvete de baunilha e calda de maracujá (R$13,90). Para quem não dispensa frescor nem nos pratos salgados, a Salada de Jamon e Melão traz a suculenta fruta marinada em calda de Jerez e vinagrete escuro (R$ 19,50).

The Line
O bistrô localizado dentro da Casa França-Brasil oferece para visitantes os mini-churros, cada um com um recheio diferente: doce de leite, brigadeiro e goiabada (R$ 9,80). Para acompanhar, Salada Caprese do Chef, regada com o molho pesto de manjericão (R$ 17,90) ou a Salada light (R$ 16,90), com arroz sete cereais, alho-poró, shiitake e camarões graúdos.

Bendita Fruta
Uma das primeiras frozen yogurts da cidade. Para o verão, dois novos sabores: amora silvestre e limão siciliano, totalizando seis opções na unidade do Largo do Machado. A casa conta ainda com serviço de café da manhã, nas versões light e completo, com pães, leite, café, chocolate, entre outros itens.

YO!
Outra iogurteria com unidades em vários estados. Como base, iogurte natural ou opções já misturadas a frutas (abacaxi, mirtilo, coco, cajá, açaí, morango, banana, entre outras), que podem ser regadas com 30 caldas. A novidade está aí, nos sabores de frutas regionais, como umbu e mangaba. Os preços variam de R$6 o pequeno (120 ml) a R$ 18, o pote (560 g).

São Paulo

Botegga Bottagallo
No estilo de bodega italiana, a casa do Itaim traz sabores leves e clássicos para o verão, como a torta de maçã rústica, servida com sorvete de baunilha (R$ 12), e a pannacotta (R$ 15), feita com ricota fresca e coberta com compota de morango. Quem não dispensa um verde pode apostar nas quatro opções de salada para o almoço (de R$ 25 a R$34). À noite, drinques como Al Rosmarino Martini (R$ 21), mistura de Gim e licor de maçã verde com purê de abacaxi e alecrim são as pedidas.

Blú Café e Bistrô
Em Perdizes, o simpático restaurante oferece o flan de doce de leite com calda de frutas vermelhas (R$ 12,50) como pedida para adoçar as refeições. A bruschetta de tomate (R$ 14,50, com seis fatias) é uma boa pedida para acompanhar as três saladas, todas misturando folhas, lascas de parmesão e frutas, como a queijo brie gratinado sobre mix de folhas, uvas verdes e amêndoas (R$ 21,90).

Le Marais Bistrot
A chef patissiere Amanda Lopes criou doces sem chocolate, como o Mil folhas com creme de baunilha e frutas vermelhas frescas (R$ 19) e o cheesecake com baby pêra ao vinho tinto (R$ 25,50). Para os amantes dos sorvetes, taça gelada com creme de limão siciliano e sorbet de limão (R$ 20), ótima companhia para as saladas clássicas, como a Lyonoisse (R$ 26,50) e a Chèvre (R$ 28,50).

Obá
Duas leves opções multiculturais são as sugestões do chef Hugo Delgado. A italiana Fragole all'aceto traz morangos frescos com aceto balsâmico e creme de mascarpone (R$ 14). Já a Tailandesa Kao niau é o nosso conhecido arroz doce, feito com o grão do tipo preto cozido ao leite de coco e acrescido de manga (R$ 14,50). Todas encerram bem pratos como Salada da Aninha, uma mistura de folhas com figos grelhados, parmesão e pinoles (R$ 23,50, como entrada; R$ 34,50, como prato principal).

Black Dog
O frozen já chegou até nesta rede de fast food especializada em cachorros-quentes prensados. São duas opções de base - iogurte natural ou melona (iogurte de sorvete de melão verde) e direito a uma cobertura de frutas, que pode ser kiwi ou morango (R$7, 360g, R$ 8, 480g). Disponível em todas as unidades.

Fotos: Divulgação

A Torta Alemã fica mais saudável com a cobertura de damasco, como a versão da carioca Cake & Co.

Salvador

Perini
Com 46 anos no mercado e já com oito unidades (quatro delicatessen e outras quatro doçarias), a Perini tem produção própria de sorvetes. As novidades são limão siciliano diet, Coco Bahia (coco maduro, nas versões diet/normal), cajá e graviola. Cada bola custa R$ 4,80. Suco de lima (R$3,20) e salada de frutas (R$ 4,50) são outras opções para a estação.

Porto Alegre

Pâtissier
Confeitaria no estilo francês clássico. Para o verão, Verrine de abacaxi com manjericão (R$ 8) com sorvete de iogurte. O frozen acompanha também doces como a torta de figos (fatia a R$ 8) e a clássica Tarte Tatin. A Torta Caprese, base de massa salgada, com creme de ricota, tomate gaúcho, mussarela de búfala e folhas de manjericão (R$ 8) é uma das opções salgadas.

Diego Andino
Doces variados e cheios de requinte são as marcas do chef patissier, que traz Espuma de framboesa, feita com farinha de amêndoas e recheada com mousse de framboesa; Sinfonia de frutas, uma casquinha crocante coberta com creme de baunilha e frutas da estação e Charlotte de mousse de frutas vermelhas, todas nos tamanhos mono (R$9,50) e mini (R$4,20).

Sorveteria Troppo Buono
Além dos clássicos, a loja sempre cria novos sabores, inclusive salgados. No verão 2011, uva, melão, morango, limão, frutas vermelhas, abacaxi, manga ficam em cartaz até março. Um sabor, R$ 6; dois sabores, R$ 9; três sabores, R$ 12.

Florianópolis

Confeitaria Chuvisco
Loja tradicional da cidade, oferece as tortas com fruta Mineira (um pão de ló branco recheado de creme, abacaxi e coco) e Manhantan, com base de (suspiro e cobertura de morango e leite condensado). Elas são vendidas a peso (R$ 42 o quilo para torta fechada, e R$ 51 o quilo para a fatia). Os sanduíches de peito de peru, tomate e ricota e de frango (R$ 6,20, cada) completam as opções leves.

Yogoberry
Uma das maiores redes de franquias de iogurteria, explodiu em número de unidades para esse verão. O cardápio traz quatro sabores de frozen yogurt - chá verde, natural, misto (chá verde e natural) e natural diet, além de sempre mais uma opção surpresa a cada mês. Para incrementar, 30 tipos de toppings. Vários tamanhos, de R$6 a R$ 22, sem toppings.

Atualizado em 7 Ago 2012.

Mais notícias

11 lugares para comer fondue em São Paulo no inverno 2021

Restaurantes

Inverno 2021: onde tomar sopas em São Paulo

Restaurantes

Dia da pizza 2021: lugares para comemorar a data em São Paulo

Restaurantes

18 restaurantes em São Paulo com menu especial para o inverno 2021

Restaurantes

10 restaurantes em São Paulo com quitutes juninos

Restaurantes

Mr. Cheney lança cookie Paçoca Amor para celebrar as festas juninas; saiba tudo!

Restaurantes