Guia da Semana

Sugestões importantes

Portugal é um dos países que mais influenciaram o consumo de vinho no Brasil.

Foto: Sxc.Hu

Portugal e Brasil têm afinidade histórica. Apesar de todas as piadas contadas por ambos os lados, os brasileiros mantêm vários bons hábitos dos portugueses. O consumo de vinho no Brasil começou por influência dos portugueses e já fomos os maiores importadores de alguns de seus vinhos, como o Vinho do Porto Ramos Pinto, dois séculos atrás. No inicio do século XX, os italianos se instalaram no Rio Grande do Sul, plantando suas vinhas e incorporando novos hábitos no consumo de vinhos do país.

Mais recentemente, depois de observar uma queda nas importações dos vinhos portugueses no Brasil, nossos patrícios resolveram fincar novamente sua bandeira por aqui, nos apresentando muitas coisas boas. Para os portugueses, somos um mercado muito importante, seja por essa afinidade ou pela facilidade da língua em comum.

De uns dez anos para cá, Portugal investiu muito em eventos de apresentação de seus vinhos nas capitais brasileiras, aumentando consideravelmente o consumo por aqui e chegando ao terceiro lugar da lista de importações, atrás apenas de Chile e Argentina. Mas isso só pode acontecer porque Portugal não ficou para trás em suas técnicas e em seu estilo de produção. Modernizou suas vinícolas e, hoje, pode se orgulhar por fazer alguns dos melhores vinhos do mundo.

Anualmente, a Viniportugal promove dois grandes eventos no Brasil, apresentando vinhos de todas as regiões portuguesas, em torno de 500 rótulos.  Muitas Comissões Regionais de produtores seguem o mesmo caminho, permitindo que os brasileiros conheçam as características de suas variadas regiões. O Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP) promove, anualmente, eventos em diversas cidades brasileiras e, posso falar sem errar, de lá saem os melhores vinhos portugueses. A região dos Vinhos Verdes investe em publicidade, mostrando a evolução de seus produtos e afastando de vez o mau conceito que tinham por aqui.

Hoje, a Comissão Regional de Vinhos Verdes possui uma seleção de brancos, espumantes e até roses capaz de seduzir os críticos mais radicais. Também a Fenadegas, uma associação de adegas cooperativas, vem ao Brasil anualmente atrás de parceiros comerciais promovendo degustações, como já o fizeram as regiões de Ribatejo e Estremadura, além do Alentejo, local de onde saem também bons vinhos portugueses, que teve na importadora Adega Alentejana o seu maior divulgador. 

Os vinhos do novo mundo, de onde Portugal faz parte, apresentam algumas dificuldades para os brasileiros leigos entenderem, pois usam as castas nativas muito diferentes das cabernet e merlot que o brasileiro aprendeu a gostar. Para alguns, vinho europeu traz a ideia de que seja vinho caro e inacessível. Mas existem bons produtos de todos os preços e podemos garimpar belas opções a custos muito convidativos. 

Recentemente, provei o Monte Das Ânforas, tinto, da região do Alentejo, que muito me impressionou pela delicadeza do paladar e pelo preço: R$ 34,00.  O vinho é produzido com as uvas nativas de Portugal, como Aragonez, Trincadeira e Alfrocheiro. Um vinho delicado na boca, de personalidade Alentejana bem marcada, cor vermelha viva e profunda, encorpado e macio, com aromas e sabores de compota de frutas vermelhas (o que quer dizer que o aroma lembra a fruta cozida, não fresca) e notas de especiarias (como pimenta, temperos).

Outra dica da terrinha é o Serras do Azeitão, produzido na região Terras do Sado, mais próxima a Lisboa. O vinho passa por um leve estágio em carvalho francês o que lhe confere uma sensação de maciez na boca. É produzido, também, c

Atualizado em 7 Ago 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Restaurante 100% orgânico é nova opção saudável na Vila Madalena; saiba mais!

Easy Organic Food Solutions conta com pratos e lanches para viagem

Com quitutes judaicos e blends exclusivos, Café for Fun inaugura no coração de Pinheiros

Inauguração acontece neste sábado (24)

Pipoca Doce, Choco Crisp e Cookie & Morango: KFC lança novos sabores de milk-shakes

Novidades já podem ser encontradas em todas as lojas da rede no Brasil por R$ 9,50

Outback volta com Festival de Ribs e seu hambúrguer de costela

Ribs Bloomin' Burger, Ribs Fries e Ribs Fire Bites entram para o menu de todos os restaurantes da rede no Brasil

Ferrero lança sorvete de Kinder Bueno na Alemanha - e nós queremos para ontem!

Com outros dois sabores, novidade é uma parceria da marca com a Kibon alemã

Frappuccino inspirado em flamingo é novidade da Starbucks para o Carnaval; confira!

Frappuccino Sambalelê tem sabor de chiclete com morango e fica disponível entre 9 e 13 de fevereiro