Guia da Semana
Restaurantes
Por Redação Guia da Semana

Uma pitada nacional

Jeitinho brasileiro tempera restaurantes franceses.

Montagem: Fernando Kazuo/ Guia da Semana

Há quem diga que o conceito de bistrô foi lançado pelos russos durante a Guerra, quando saíam à procura de uma refeição mais rápida e paravam na frente dos restaurantes e gritavam Bistrô!, Bistrô!. Outros falam que o nome surgiu na França.

Apesar da controvérsia na origem do nome, todos concordam que um bistrô não é apenas um estilo de cozinha, mas uma espécie de padrão de vida, cultivado de modo especial pelos franceses, conceito de estabelecimento amplamente encontrado pelas ruelas do país.

Na Europa, estes bistrôs possuem um ambiente descontraído e chique ao mesmo tempo, com uma decoração supercharmosa, além de serem freqüentados por pessoas que geralmente são conhecedoras da gastronomia. Quando morava em Paris, chamava-me a atenção o estilo despojado de alguns estabelecimentos, com seus espaços aconchegantes, onde as pessoas pareciam que já se conheciam há anos. Era comum ver o chef conversando com os clientes para saber de seus gostos e preparar pratos especiais para cada um. Atendimento diferenciado e único!

O conceito de bistrô no Brasil não foge muito dos padrões originais encontrados pelas casas ao redor do mundo. Os que conheço, por exemplo, baseiam-se nas tradições francesas, apresentando ambientes aconchegantes e harmoniosos, onde as pessoas se encontram a qualquer hora e perdem a noção do tempo.

Seja de manhã, para o tradicional cafezinho, ao meio-dia, no momento do almoço, na parte da tarde, para apreciar um salgado, chás ou doces, e principalmente no jantar, celebrando ocasiões especiais com o parceiro, família ou amigos.

Na cozinha, os chefs dos bistrôs nacionais aliam sofisticação e contemporaneidade, oferecendo aos clientes um toque brasileiro em suas receitas, o que considero o nosso tempero especial.

Também se preocupam em manter a exclusividade no atendimento, fazendo com que o cliente se sinta em casa. E o mais difícil: conseguem unir ambiente despretensioso e alta gastronomia! Quem é a colunista: Luis Felipe Vieira


O que faz: Chef de Cozinha.

Pecado gastronômico: Crème Brûlée de vanilla


Melhor lugar do Brasil: Trancoso-Bahia


[email protected]



Atualizado em 7 Ago 2012.

Mais notícias

11 lugares para comer fondue em São Paulo no inverno 2021

Restaurantes

Inverno 2021: onde tomar sopas em São Paulo

Restaurantes

Dia da pizza 2021: lugares para comemorar a data em São Paulo

Restaurantes

18 restaurantes em São Paulo com menu especial para o inverno 2021

Restaurantes

10 restaurantes em São Paulo com quitutes juninos

Restaurantes

Mr. Cheney lança cookie Paçoca Amor para celebrar as festas juninas; saiba tudo!

Restaurantes