Guia da Semana

Espia Uma Mulher Que Se Mata

Espetáculo com Roberto Bomtempo e Miriam Freeland mostra os conflitos e dramas de uma família.

Este evento terminou

Espia Uma Mulher Que Se Mata

Data Sáb 01 Jan 2000
Até 25 de março de 2010.

Preço(s) R$ 50,00.

Horário(s) Quinta, 21h.

Rua Conde de Bernadotte, 26, Sul 22430-200

Telefone (21)2529-7700

Até 25 de março, a Sala Tônia Carrero do Teatro Leblon apresenta Espia Uma Mulher Que Se Mata, releitura do clássico Tio Vânia, de Anton Tchekhov, que mostra os conflitos e dramas de uma família. Sem trilha sonora ou movimentos de luz, com cenário e figurino minimalistas, o foco se dá na atuação dos intérpretes e no texto, de Daniel Veronese. Protagonizado por Roberto Bomtempo e Miriam Freeland, a peça proporciona ao público um intercâmbio cultural entre o teatro argentino e o brasileiro. Foto: Divulgação

Compartilhe

Mapa do local

Comentários

Explore ao redor

Vegetariano Social Clube

Vegetariano Social Clube

Café DaConde

Café DaConde

Universo Orgânico - Leblon

Universo Orgânico - Leblon

Comida saudável é carro-chefe no Universo Orgânico

Restaurante Informal

Restaurante Informal

Herr Pfeffer - Leblon

Herr Pfeffer - Leblon

Rota 66 - Leblon

Rota 66 - Leblon

O Rota 66 faz a diferença no quesito pratos com influência mexicana e mega drinks

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA