Guia da Semana

Femina 2011

Mostra cinematográfica reúne obras que homenageiam o universo feminino.

Este evento terminou

Femina 2011

Data 12 Jul 2011-17 Jul 2011
Até 17 de julho de 2011.

Preço(s) R$ 2,00.

Horário(s) Conforme programação.

Próximo à estação Carioca do Metrô.
Avenida Almirante Barroso, 25, 20031-004

Telefone (21) 2544-4080

Até o dia 17 de julho, os cinemas 1 e 2 da CAIXA Cultural vão abrigar a edição 2011 do Femina - Festival Internacional de Cinema Feminino. Idealizada pelo Instituto de Cultura e Cidadania Feminina, a mostra cinematográfica visa levar ao público diversas produções que tiveram as mulheres desempenhando papéis importantes, seja dirigindo ou atuando.

Tradicionalmente, o evento anual escolhe uma personalidade, tanto do circuito nacional quanto do internacional, para receber uma homenagem. Neste ano, o alvo da honraria será a carioca Helena Solberg, importante cineasta dos anos 60 que coleciona trabalhos com Arnaldo Jabor e Carlos Diegues. Obras como Vida de Menina, Carmen Miranda - Bananas is my business e A Entrevista são os destaques de sua extensa filmografia.

Além da divisão entre obras nacionais e estrangeiras, o festival ainda inclui em sua programação a realização de oficinas audiovisuais e sessões especiais de exibições, como animações para o público infantil. Confira abaixo algumas atrações da mostra. A programação completa do evento pode ser encontrada no portal oficial do Femina 2011.

13 de julho
14h - Competição Nacional 1 :
Adormecidos, de Clarissa Campolina (MG)
O Paraíso em Suas Mãos, de Carolina Ghidetti (SP)
O Sal da Lua, de Cristiana Miranda (RJ)
Agreste, de Paula Gaitán (RJ)

21h - Cachaça Cinema Clube Especial Dividindo a Conta:
Pistoleira da Liberdade, de Bárbara Castro, Chico Serra e Godô Quincas (RJ)
Instantâneos, de Andrea Capella e Peter Lucas (RJ)
Saison Mutante, de Delphine Chauvet e Jimmy Audoin (França)
Cat Effekt, de Gustavo Jahn e Melissa Dullius (Alemanha-Brasil-Lituânia-Rússia)

16 de julho
15h45 - Competição Internacional 4:
Ya zabudu etot den, de Alina Rudnitskaya (Rússia)
Opale Plage, de Marie-Eve de Grave (França/Bélgica)
Mak, de Géraldine Zosso (Suíça)
Roozi ke man napadid shodam, de Atousa Bandeh Ghiasabadi

Foto: Divulgação

Compartilhe

Mapa do local

Comentários

Explore ao redor

O Navegador

O Navegador

48m O Navegador oferece um leque de opções para seus clientes

Bistrô Villarino

Bistrô Villarino

49m Próximo a emblemáticos pontos da cidade, como o Theatro Municipal e a Biblioteca Nacional, o Villarino é um bistrô inaugurado há 10 anos, com receitas contemporâneas e um happy hour

Clube Naval

Clube Naval

50m

Curumim Eco Cultura Tours

Curumim Eco Cultura Tours

60m

Ekkos Gastronomia - Centro

Ekkos Gastronomia - Centro

89m

Museu Nacional de Belas Artes - MNBA

Museu Nacional de Belas Artes - MNBA

95m Um dos mais importantes museus de arte do Brasil, localizado no Rio

Notícias recomendadas

Museu da Empatia chega a São Paulo com instalação interativa; saiba mais!

Projeto temporário permite que as pessoas se coloquem no lugar das outras

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas