Guia da Semana

Guia da Semana

A Praia da Barra, onde o mar é forte, excelente para surfistas, é uma das mais procuradas da cidade. É nela que fica um dos cartões-postais de Salvador, o Farol da Barra, instalado no Forte de Santo Antônio da Barra, na ponta da praia. O lugar faz visitas monitoradas, mas não autoriza que turistas subam no farol.

A construção pertence à Marinha do Brasil e foi iniciada pelo primeiro donatário da Capitania da Bahia, Francisco Pereira Coutinho, em 1536, tendo originalmente forma de torre com dez lados. Ampliado e reformado entre 1583 e 1587 por Manoel Teles Barreto, sofreu alterações entre 1602 e 1702, inclusive ganhando seu terrapleno.

A fortaleza, também conhecida como Vigia da Barra e Forte Grande, foi construída no começo do século XVI, em uma posição estratégica para guarnecer a Baia de Todos os Santos. Naquela época, a tradição era de que todas as praças de guerra fossem dedicadas a um santo, que protegeria o local do alcance da artilharia inimiga.

O primeiro registro oficial de que Santo Antônio foi o eleito para abençoar o forte da Barra data de 1705, quando o governador Dom Rodrigues da Costa expediu uma ordem para que assentasse praça de capitão ao Santo Antônio da Barra. Como soldado, o santo tinha ainda direito a um soldo, que seria pago ao síndico do Convento de São Francisco. Em setembro de 1810, o santo foi promovido ainda ao posto de major e a tenente-coronel em novembro de 1814.

O Forte de Santo Antônio da Barra é considerado a primeira fortaleza erguida no Brasil e abriga o Museu Náutico, com um acervo constituído de mapas, equipamentos de navegação, maquetes de antigas naus e caravelas portuguesas e espanholas, e achados do Galeão Sacramento, afundado na entrada da Baía de Todos os Santos.

Foto: divulgação

Mapa do local

Forte de Santo Antônio da Barra (Farol da Barra)

Endereço
Praia da Barra,, 41600-060

Atualizado em 9 Abr 2012.