Guia da Semana

Filmes e Vídeos de Artistas

Itaú Cultural inaugura a exposição que traz à tona a importância da produção pioneira do audiovisual no país e toda a sua força.

Este evento terminou

Filmes e Vídeos de Artistas

Data 17 Mar 2016-20 Mai 2016
De 17 de março a 22 de maio de 2016

Preço(s) Grátis

Horário(s) De terça-feira à sexta-feira, das 9h às 20h

Exposição: Instalação

Próximo à estação Brigadeiro do metrô.
Avenida Paulista, 149, 01311-000

Telefone (11) 2168-1778

No dia 16 de março, o Itaú Cultural inaugura a exposição que traz à tona a importância da produção pioneira do audiovisual no país e toda a sua força inventiva realizada em suportes VHS, Super 8, 16 mm e portapack, entre os anos de 1970 e 1980, ao lado de obras de artistas contemporâneos; no total, são 19 obras que incluem quatro trabalhos recém adquiridos: de Letícia Ramos e Rafael França, e dois de Paulo Bruscky.

Até dia 22 de maio, o instituto dá a conhecer o seu acervo voltado para a conservação e difusão do audiovisual feito como obra de arte. Contribuição pioneira por parte de uma instituição cultural, ao formalizar por meio da aquisição, da conservação e da restauração de obras audiovisuais produzidas no país nas últimas cinco décadas, a mostra tem curadoria de Roberto Moreira S. Cruz. Nos trabalhos artísticos que apresenta, prevalece o cinema em sua totalidade de significados embora eles não sejam expressamente cinematográficos, uma vez que o tempo da projeção pode ser indeterminado e o filme pode não ter princípio, meio e fim.

São, no total, 19 trabalhos do gênero que fazem parte deste acervo iniciado em 2011. Além de Bruscky, França e Letícia, eles são assinados por Alberto Bitar, Anna Bella Geiger, Brígida Baltar, Cao Guimarães, Eder Santos, Gisela Motta e Leandro Lima, Letícia Parente, Luiz Roque, Nelson Leirner, Regina Silveira, Rivane e Sergio Neuenschwander, Rubens Gerchman, Sara Ramo e Thiago Rocha Pitta.

Outra particularidade desta mostra é a sua contextualização na história do audiovisual de cunho artístico no país, por meio de depoimentos de diversos artistas e objetos de época, como catálogos de exposições, publicações e fotografias de filmes, lançados em uma linha do tempo no espaço expositivo. Abriga, ainda, um lugar de acolhimento, desenhado especificamente para esse projeto.

O conceito geral de Filmes e vídeos de artistas na Coleção Itaú Cultural é apresentar um espaço aberto que possibilite uma interação entre as obras e que o visitante trace suas próprias relações com elas. A expografia foi pensada por Henrique Idoeta Soares com base nas quinas, ou arestas, da identidade visual.

TEASER  

Por Nathália Tourais
Compartilhe

Mapa do local

Comentários

Explore ao redor

Café Cultural - (Gil Bistrot no Itaú Cultural)

Café Cultural - (Gil Bistrot no Itaú Cultural)

Museu Herculano Pires - Itaú Numismática

Museu Herculano Pires - Itaú Numismática

Sesc Avenida Paulista - Em reforma

Sesc Avenida Paulista - Em reforma

26m

Hospital Santa Catarina

Hospital Santa Catarina

45m

Arícia Jóias

Arícia Jóias

118m

Baby Beef Rubaiyat - Alameda Santos

Baby Beef Rubaiyat - Alameda Santos

124m Referência na arte de servir grelhados à la carta, restaurante reúne cortes de gado próprio

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA