Guia da Semana

Medinho Medão

Peça conta a história de Rafa, um menino que tinha medo de tudo.

Este evento terminou

Medinho Medão

Data 08 Jun 2013-23 Jun 2013

Preço(s) R$ 30 (inteira); R$ 15 (meia).

Horário(s) Sábado e domingo, 16h.

Rua Apinajés, 1387, Oeste 01258-001

Telefone (11) 3868-2535

O Viradalata Espaço Capital, em Perdizes, exibe a peça infantil Medinho Medão aos sábados e domingos.

Nela, Rafa é um menino que vive na cidade e sente falta se seus pais, que trabalham muito. O menino tem muitos medos: do escuro, de fica sozinho, de barata, de monstro, etc. Um dia, em um sonho, ele descobre que ter medos não é motivo para sentir vergonha e acabar com eles pode ser um desafio divertido. 

Veja mais opções de programação infantil no bora.aí.


Compartilhe

Mapa do local

Comentários

Explore ao redor

Pinotage

Pinotage

27m

Mercearia Adamastor

Mercearia Adamastor

126m

Veredicto Bar

Veredicto Bar

139m

Matsuya Restaurante Japonês - Perdizes

Matsuya Restaurante Japonês - Perdizes

140m

Santo Bolo

Santo Bolo

141m A casa oferece café e diversos tipos de bolos

Suruí - Sumaré

Suruí - Sumaré

205m

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA