Guia da Semana
Na Cidade
Por Redação Guia da Semana

Desconecte-se

Meditação em labirinto: uma atividade que tranquiliza a mente, acalma os pensamentos e traz paz, em plena movimentação da capital paulista.

Este evento terminou

Desconecte-se

Data 30 Dez 2010-31 Dez 2011
2ª a sábado.

Preço(s) Gratuito.

Horário(s) 10h às 17h.

Endereço
Avenida Braz Leme, 1353, Centro 02511-000

Telefone (11) 2236-2726,

Um estado contemplativo, em um ambiente preferencialmente sem ruídos, em silêncio, em que nos concentramos nas reações do próprio corpo procurando aquietar a mente. Sob esse conceito, a primeira ideia que vem à cabeça é de que, para chegar nesse ponto, precisamos estar em uma posição confortável, sentados ou deitados.Esta seria a conclusão óbvia; mas existe uma outra e inusitada opção: a meditação dentro de um labirinto.

 

Embora a meditação, como a conhecemos, aconteça na maioria das vezes em locais onde as pessoas ficam em posições estáticas o tempo todo, é possível também meditar caminhando. Mas esse caminhar tem um significado todo especial: não é como você faz no Parque do Ibirapuera ou nas calçadas. A modalidade que sugerimos é, digamos, assiiim... uma Brastemp. É uma forma de alcançar o relaxamento e a concentração num encontro com você mesmo. Dentro do labirinto, é claro.

 

"Trilhar o labirinto é uma forma de meditar caminhando, em movimento. O labirinto equilibra os dois hemisférios do cérebro", conta Carmen Balhestero, fundadora da Pax Universal, uma fraternidade espiritualista que reúne, em um só endereço, 23 atividades gratuitas entre elas palestras, eventos e meditação. De acordo com Carmen, utilizar o labirinto é uma forma de meditação muito antiga e há registros desse tipo de construção já na Antiga Grécia. A versão que existe hoje na Pax foi criada há 13 anos, inspirada no desenho da Grace Cathedral, em São Francisco, nos Estados Unidos que, por sua vez, descende do modelo da Catedral de Chartres, na França. No Brasil, o labirinto é desenhado em tinta branca sobre um tapete de cor violeta. "A cor violeta significa transmutação da dor, do limite, dos problemas, e a branca é paz, harmonia, unidade", explica.

 

Qualquer pessoa pode trilhar esse caminho proposto. A única recomendação é passar por uma preparação, feita com o auxílio de voluntários, que ajudam o praticante a relaxar e acalmar sua mente antes de começar o processo, que consiste em alguns momentos de calma e relaxamento. Uma vez que você começa o percurso, não há tempo predeterminado para concluí-lo. Há somente um caminho certo, que leva ao centro do labirinto, e somente um também para sair dele. "Não pare. Se você errar não tem problema, vá até o fim. Isto só vai indicar que existem pontos em sua vida que precisam ser trabalhados, bloqueios que precisam ser removidos. Reflita sobre isto e volte outras vezes para trilhar o labirinto", aconselha.

 

Um dos efeitos da meditação é trazer quietude para a mente, especialmente em uma cidade como São Paulo, com seu trânsito, barulho e informações por toda a parte. Além disso, com uma mente em paz, é mais fácil encontrar respostas para nossas perguntas ou problemas. "Você precisa gentilmente guiar a mente com a intenção de liberar os pensamentos desnecessários", diz Carmen. Para trilhar o labirinto, não é preciso pagar nada. O visitante precisa somente levar um quilo de alimento não-perecível, roupas usadas ou brinquedos, que serão destinados a entidades assistencialistas ajudados pela Pax. Nada mal para quem procura trazer paz para sua vida e, de quebra, leva alegria e paz para quem precisa.

 

Foto: Divulgação/Fraternidade Pax Universal



Mapa do local

Explore ao redor

Marques Hambúrguer - Bras Leme

Restaurantes

Bar Léo - Braz Leme

Bares (antigo)

Runner - Higienópolis

Saúde e Bem-Estar

Habañero

Bares (antigo)

A & C Sushi Bar

Restaurantes

Dizzy Hamburgueria - Santana

Restaurantes

Notícias recomendadas

8 lugares que promovem sessões de cinema ao ar livre em São Paulo

Na Cidade

9 igrejas impressionantes em São Paulo que valem a visita

Na Cidade

19 lugares para fazer compras temáticas em São Paulo

Na Cidade

10 lugares em São Paulo para conhecer até o fim do ano

Na Cidade

5 cine debates interessantes para participar em São Paulo

Na Cidade

21 passeios imperdíveis em São Paulo nos dias 13, 14 e 15 de setembro de 2019

Na Cidade