Guia da Semana

Lado Verde

Conheça Parelheiros, um lugar que é assiiim... uma Brastemp, porque tem Mata Atlântica, aldeias indígenas, sítios, trilhas e passeios de balsa.

Lado Verde

Preço(s) A consultar.

Horário(s) O dia todo.

Avenida Olavo Fontoura, 1209, 02012-021

Telefone (11) 3397-2700

Altos prédios, carros e ônibus que competem por espaço, cercada por um grande número de pessoas. Esta é a capital óbvia que você já conhece. Parece que árvores, animais silvestres e rios despoluídos não têm vez na metrópole. Mas acredite, eles têm sim, e convivem harmoniosamente no extremo-sul da pauliceia.

 

Para conhecer este paraíso verde na metrópole cinza, siga em direção ao distrito de Parelheiros. O local é riquíssimo em áreas verdes, rios, construções históricas, fazendas, aldeias indígenas e...travessia de balsa! Lá, você também pode entrar e conhecer as Áreas de Proteção Ambiental (APAs) de Bororé-Colônia e Capivari-Monos, de onde saem as nascentes de duas das maiores represas da cidade: a Billings e a Guarapiranga. Juntas, elas abastecem cerca de 30% dos lares paulistanos.

 

Nosso roteiro inusitado começa pela história: o Caminho de Parelheiros - que hoje dá nome ao bairro - foi criado pelos índios que lá moravam e, por estar entre a então vila de São Paulo de Piratininga e o litoral, foi uma das trilhas mais utilizadas pelos colonizadores. Mais tarde, no século 19, imigrantes alemães se instalaram no local, seguidos por espanhóis e japoneses. Além deles, migrantes brasileiros de Minas Gerais, do Norte e do Nordeste se instalaram ali.

 

Hoje, os atrativos da região vão além das construções históricas e da visita às APAs. Banho de cachoeira, trilhas na Mata Atlântica, agricultura familiar, passeio de escuna, esportes de aventura... Tudo isso faz parte do tour. Para se ter uma ideia da fartura de locais para se conhecer, as APAs de Bororé-Colônia e a de Capivari-Monos têm, cada uma, três roteiros turísticos que se dividem em histórico-cultural, rural e ecológico. 


Balsa na cidade

O não-óbvio nos roteiros de Bororé-Colônia já começa pelo transporte. Afinal, quem imaginaria fazer uma travessia de balsa em plena São Paulo? Pois isso é possível: só se chega à ilha do Bororé desse jeito. O sistema de balsas é gratuito e funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. Uma vez na ilha, que na verdade é uma península, os tours ficam por conta do viajante.

 

O roteiro histórico-cultural mostra as construções da época da imigração alemã e a visitação a comunidades afro-brasileiras e humanistas, que mantêm suas tradições e cultivam uma maior proximidade com o meio ambiente. No passeio rural, o habitante da cidade conhece o cultivo do cogumelo shimeji, que também é uma iguaria nos restaurantes japoneses da cidade. Para os pescadores, há um pesqueiro onde os visitantes podem aprimorar suas habilidades com os anzóis e iscas.

 

Admiradores de orquídeas são premiados com a visita ao Sítio das Palmeiras, especializado no aprimoramento da espécie e que tem vários exemplares em exposição. Já os aventureiros que adoram trilhas na mata vão gostar do roteiro ecológico, que acontece nos sítios da região. De setembro a março, o turista ainda é brindado com a presença de aves migratórias, que se mudam para o local na época de reprodução. Os passeios de escuna na represa Billings, a visita ao Solar Campestre Iracema, que também oferece trilhas, e à Marina SOS Levi completam o tour.


Meditação e cultura guarani

Outra coisa fora do comum é o roteiro histórico-cultural na APA Capivari-Monos, que contempla a paz, a quietude e a filosofia indígena. A visita ao Solo Sagrado da Igreja Messiânica, bem às margens da represa de Guarapiranga, é o lado espiritual da visita. O templo é, por si só, uma construção ímpar: um anel sustentado por 16 pilares a 18 metros de altura, com uma torre no centro - que significa a ligação do divino com o terreno. Praças, trilhas, riachos, jardins, praças e lagos também fazem parte do Solo Sagrado, que oferece cursos, exposições de arte e a cerimônia do chá, tradicional entre os japoneses - e  pouco comum por aqui. Outro tour histórico é a visita às aldeias guaranis. Guias indígenas levam os visitantes pelas trilhas no meio da mata, onde é possível conhecer a filosofia guarani de respeito à natureza. Na aldeia, também se destacam o artesanato, suas manifestações culturais e, mediante agendamento, a degustação das iguarias culinárias.

 

O passeio ecológico acontece em sítios e fazendas da região, que oferecem esportes de aventura como tirolesa, arvorismo e paintball, além de trilhas na mata, passeios a cavalo e banhos de cachoeira. Em dias de céu aberto, é possível também ver o litoral sul paulista, com Itanhaém e Mongaguá no alto da Trilha do Mirante. O Curucutu Parques Ambientais está na programação: é a única reserva particular do patrimônio natural da cidade, com suas 700 mil árvores e caminhos na mata. Para quem gosta da vida no campo, o roteiro rural leva os participantes a conhecer o cultivo de shiitake, de hortaliças em geral e da amora preta europeia - cuja geléia artesanal é vendida no Sítio Morro Verde, onde é cultivada. Outro ponto de parada é a fazenda Caminho das Águas, especializada em piscicultura, em particular da tilápia vermelha.

 

Para quem ficou curioso para experimentar esse roteiro assiiim... uma Brastemp, a dica é agendar as visitas com antecedência. A entrada, na maioria dos sítios, é cobrada separadamente. Embora todos os passeios possam ser feitos de maneira independente, recomenda-se entrar em contato com as agências de turismo da região e com a Associação dos Monitores das APAs, para se informar sobre a possibilidade e os preços dos passeios. Outra coisa: é importante entrar em contato com as aldeias indígenas, para saber os dias certos de visitação.

 

Como chegar

Embora pareça tão distante da capital, o acesso à região das APAs é fácil. Saindo da Marginal Pinheiros ou da Avenida Washington Luís, o motorista chega na Avenida Robert Kennedy, que dá acesso à Avenida Senador Teotônio Vilela, que é a principal porta de entrada do distrito de Parelheiros. Para alcançar a balsa que leva até a península do Bororé, na represa Billings, o motorista precisa virar à esquerda, na Avenida Dona Belmira Martin. Já para chegar ao Solo Sagrado, siga pela Avenida Teotônio Vilela e vire à direita na Estrada do Jaceguava, até alcançar a Estrada do Jaceguai, à direita, e seguir até o fim.

 

Serviços gerais

Para quem pretende passar alguns dias na região, há pousadas rústicas e também áreas para camping. Os restaurantes servem comida caseira e destacam-se também os pratos à base de peixe. Se você quer comprar alimentos frescos e flores, algumas propriedades disponibilizam seus produtos para venda. Há também postos médicos, Unidades Básicas de Saúde, uma unidade do Corpo de Bombeiros, um distrito policial, uma base comunitária da Polícia Militar e bases ambientais da Guarda Civil. Na Avenida Senador Teotônio Vilela, há um Posto de Atendimento ao Turista, com informações gerais sobre o local. Veja abaixo alguns telefones úteis:

 

2ª Cia Polícia Militar Parelheiros

Avenida Sadamu Inoue, 6755

Parelheiros - (11) 5920-8527

 

Posto de Atendimento ao Turista

Avenida Senador Teotônio Vilela, 8000

Parelheiros - (11) 5925-2736

 

São Paulo Turismo

Avenida Olavo Fontoura, 1209

Santana - (11) 2226-0400

 

Subprefeitura da Capela do Socorro

Rua Cassiano dos Santos, 499

(11) 3397-2700

 

Subprefeitura de Parelheiros

Avenida Sadamu Inoue, 5252

Parelheiros - (11) 5926-6500

 

Trip on Jeep Ecoturismo e Aventura

Rua Arizona, 623

Brooklin - (11) 5543-5281

 

Compartilhe

Mapa do local

Comentários

Explore ao redor

Sambódromo do Anhembi

Sambódromo do Anhembi

O Sambódromo do Anhembi é palco do desfile de Carnaval em São Paulo

Pavilhão de Exposições do Anhembi

Pavilhão de Exposições do Anhembi

O Pavilhão de Exposições do Anhembi é um dos maiores complexos para eventos da Cidade de São Paulo

Arena Anhembi

Arena Anhembi

A Arena Anhembi é a principal casa de shows da Zona Norte de São Paulo

Bar Brahma Aeroclube

Bar Brahma Aeroclube

110m Filial do boteco consagrado, a unidade do Campo de Marte conta com shows sertanejos nas quartas em um amplo espaço com a identidade tradicional do Bar Brahma

Camauê

Camauê

312m No lobby do hotel Holiday Inn, o restaurante é comandado pelo chef pernambucano Luiz Barbosa, especialista em comida francesa, italiana, espanhola e mexicana

Churrascaria Anhembi

Churrascaria Anhembi

429m

Notícias recomendadas

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Fenômeno poderá ser visto de qualquer lugar a partir das 21h30 desta quarta-feira, 13

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Seleção brasileira ainda enfrentará Costa Rica e Sérvia

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Em parceria com a ClickBus, o Guia da Semana oferece passagens de ônibus para dentro e fora do Brasil

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Promoção ainda inclui desconto na estadia para quem conferir os eventos das casas

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Star Wars Land chega ao Hollywood Studios em 2019

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Confira opções de hospedagem para quem ainda não se programou para o festival

Cadastre-se para
NOVIDADES

Receba ofertas de
PASSAGENS

×
Receba novidades do Guia da Semana

Whatsapp Guia da Semana
Receba nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas em seu Whatsapp

CADASTRE-SE

Notificações em seu PC ou celular
Receba notificações instantâneas com nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas

CADASTRE-SE

Ofertas de passagens
Receba as melhores ofertas e promoções de passagens aéares em seu Whatsapp.

CADASTRE-SE

Newsletter do Guia da Semana
Dicas semanais para aproveitar o melhor que a cidade tem a oferecer.