Guia da Semana
Shows
Por Redação Guia da Semana

Estilo do mangue

Movimento nasce em Recife, conquista o Brasil e parte para outros países.

Por Humberto Baraldi


Divulgação

Direto da Veneza brasileira, mais conhecida por Recife, surge, no início dos anos 90, um movimento musical que mescla pop internacional de ponta com pitadas de melodias pernambucanas, como maracatu e coco. Inicialmente chamado de Mangue Bit - o bit vem da unidade de memória dos computadores -, o estilo teve seu primeiro manifesto, Caranguejos com Cérebro, em 1992, escrito pelo ex-punk Fred 04 do Mundo Livre S/A. Mas, sem dúvida, o ícone do Manguebeat - como é escrito hoje -, foi Chico Science, vocalista da banda Chico Science e Nação Zumbi (foto atual).

As idéias dos precursores foram inspiradas no mangue, ecossistema biologicamente mais rico do planeta. Os músicos precisavam formar uma cena musical tão rica e diversificada como estes manguezais. Foi assim que criaram o tal ritmo. A partir daí, surgiram mangueboys e manguegirls, "indivíduos interessados em quadrinhos, TV interativa, antipsiquiatra, Bezerra da Silva, hip hop, midiotia, artismo, música de rua, John Coltrane, acaso, sexo não-virtual, conflitos étnicos e todos os avanços da química aplicada no terreno da alteração e expansão da consciência", definidos pelo manifesto.



As batidas do movimento invadiram também a região sudeste, propagadas por Chico Science e pelo Mundo Livre (foto acima). Em 1993, foram lançados seus discos de estréia, Da Lama ao Caos e Samba Esquema Noise, respectivamente.

Seguindo os passos dos dois grupos surgiram outras bandas dedicadas às misturas do pop com a música regional. Jorge Cabeleira e o Dia em Que Seremos Todos Inúteis, Mestre Ambrósio, Cascabulho, Sheik Tosado, Devotos do Ódio, Querosene Jacaré, Eddie, Faces do Subúrbio e Sistema X foram alguns dos destaques.

Além do sucesso nacional, o Chico Science & Nação Zumbi embarcaram em 1995 numa bem-sucedida turnê européia ao lado dos Paralamas do Sucesso. Em 1996, lançaram o disco Afrociberdelia, que contou com a participação especial de Gilberto Gil.

Em 1997, Science faleceu num acidente de carro em Recife, deixando órfã toda uma geração. Mesmo assim, o movimento ainda continuou vivo com as melodias de Otto e artistas mais jovens, como o Mombojó e Cordel do Fogo Encantado.

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows

9 shows imperdíveis em São Paulo em março de 2019

Shows

Trocas do Rock in Rio Card começam nesta quarta-feira (6); saiba mais!

Shows