Guia da Semana
Shows
Por Redação Guia da Semana

Pop das antigas

B. J. Thomas chega ao país, diz não conhecer muito sobre música brasileira e comenta da parceria com o compositor Burt Bacharach.

Por Humberto Baraldi


Guia da Semana

Cabelos extravagantes, roupas cobertas por lanteloujas, hits alucinantes que embalavam os jovens nas fervidas discotecas do país. Nas rádios, as canções dos Bee Gees, Village People, Donna Summer, Tina Charles, Earth Wind and Fire, Abba e Gloria Gaynor eram fixas nas programações. Quem viveu nos anos 70 com certeza lembra destes e de outros costumes que faziam a cabeça das pessoas. Para amenizar um pouco a saudade, chega ao país um dos ícones daquela década, o americano B.J. Thomas, conhecido por interpretar dois grandes sucessos da música pop, Rain Drops Keep Fallin on my Head e Rock´n´Roll Lullaby.

Na última semana, o cantor recebeu os jornalistas para uma coletiva em um hotel de São Paulo. No bate-papo descontraído, Thomas comenta sobre música brasileira, explica sobre a nova parceria com o compositor Burt Bacharach que deve acontecer no início de 2006 e ainda fala sobre política, criticando a administração do presidente George W. Bush.



Nascido em Oklahoma, EUA, o artista começou a cantar ainda criança e emplacou as primeiras músicas, I´m So Lonesome I Could Cry e Hooked on a Feeling, em meados dos anos 60. A consagração só chegou anos depois com a canção Raindrops Keep Fallin On My Head. "Devo muito a essa música de Burt Bacharach. Pretendo em 2006 fazer algum outro trabalho deste compositor", revela Thomas. A ligação com Bacharach rendeu ainda outros sucessos, como Long Ago Tomorrow e Everybody´s Out of Town.

O artista emplacou com Rock´n´Roll Lullaby, que no Brasil foi tema da novela Selva de Pedra, e (Hey Won´t You Play) Another Somebody Done Somebody Wrong Song. "Estive aqui no país em meados dos anos 90. Adoro o povo brasileiro, eles são bastante receptivos", expõe o americano.

Ao ser questionado sobre as canções brasileiras, o músico fica embaraçado e diz não conhecer muito do ritmo nacional. Por quase dois minutos tenta expressar a palavra Axé e humildemente pede desculpas por não falar o português. "Ah, conheço também aquela música, sabem?", completa o gringo se referindo a canção Garota de Ipanema, de Tom Jobim.

Apesar de amar os EUA, Thomas revela que sente vergonha da administração de Bush, mas dá uma canja ao presidente: "Todos erram. Nós erramos. Bush também erra". É, parece que o músico tem um bom coração mesmo.

Atualmente, não tão em evidência, B.J. adotou o estilo country e também a música Gospel. E só para lembrar, ele já conquistou ao longo da carreira cinco prêmios Grammy, vendeu mais de 80 milhões de discos, apresentou-se em mais de 50 países...Que é um currículo de dar inveja, ninguém pode negar.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Sandy e Junior no Brasil em 2019

Shows

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows

9 shows imperdíveis em São Paulo em março de 2019

Shows