Guia da Semana

Guia da Semana

O primeiro dia de SWU 2011, que acontece em Paulínia até a próxima segunda-feira, foi marcado pela passagem de grandes nomes do rap e do reggae nos palcos Consciência e Energia.

Às 15h, dando início aos shows nos dois grandes palcos, Emicida fez um apanhado de sucessos da meteórica carreira, como "Vacilão", além de prestar homenagem a grandes nomes do rap nacional, como Thaíde e DJ Hum e Racionais MCs.

>> Veja as fotos do primeiro dia de SWU

>> Confira a programação completa do SWU


Dando início aos shows internacionais que rolariam nos dois grandes palcos, o californiano Michael Franti apresentou seu repertório que mistura elementos do rock e do reggae ao público do SWU. O cantor até arriscou algumas palavras em português, saudando o público e pedindo para a galera "pular".

Ainda na onda estrangeira, o público curtiu o show do grupo norte-americano S.O.J.A. no Palco Consciência. Os caras trazem no repertório um reggae cheio de engajamento e energias positivas, como pode ser ouvido nas canções "Open My Eyes" e "Revolution".

Ainda fazia muito calor quando Marcelo D2 subiu no Palco Energia. O carioca tocou grandes sucessos de sua consagrada carreira solo, como os hits "Lodeando" e "A Procura da Batida Perfeita", mas foram as canções da época do Planet Hemp - como "Mantenha o Respeito" - que deixaram a galera mais eufórica.

Enquanto isso, o bombado coletivo norte-americano Odd Future, liderado por Tyler, "The Creator", encerrava a programação do Palco New Stage com suas canções cheias de "Fuck", que xingam Deus e o mundo. Na Tenda Eletrônica, o grande destaque foi a discotecagem de James Murphy, líder do extinto LCD Soundsystem.

Um dos grandes shows da noite foi o de Damian Marley, que rolou enquanto a noite caia e o tempo esfriava. Além de canções próprias, o cara brindou o público do SWU com quatro clássicos de seu pai: "Exodus", "Is This Love", "Could You Be Loved" e "Get Up, Stand Up".

E os grandes shows da noite ainda estavam por vir. No palco Energia, Snoop Dogg descarregou seus hits ao estilo cafetão, como "Beautiful", "I Wanna Love You" e a clássica "Who Am I (What's My Name)?". Tudo acompanhado de belas dançarinas que rebolavam muito, deixando a ala masculina do SWU 2011 bem contente.

Logo depois, no Palco Consciência, Kanye West trouxe seu show superproduzido, cheio de fumaça, explosões e pirotecnia. Com estilo completamente distinto de Snoop, o rapper fez uma apresentação extensa, que trouxe, entre outros, os hits "All of the Lights", parceria com Rihanna e Kid Cudi, e "Gold Digger", gravada ao lado de Jamie Foxx.

Para finalizar em grande estilo o primeiro dia de SWU 2011, rolou o som animado do Black Eyed Peas. Com visual futurista, Will.I.Am, Fergie e cia tocaram algumas canções de The Beginning, último álbum de inéditas do grupo, além de sucessos compostos ao longo de sua consagrada carreira, como "Don't Phunk With My Heart", "My Humps", "Shut Up", "Pump It" e o hino "I Got a Feeling", que encerrou a apresentação.

Mais de 64 mil pessoas curtiram as atrações do primeiro dia de SWU 2011.

Por Anderson Nascimento

Atualizado em 6 Jan 2012.