Guia da Semana
Teatro
Por Nathália Tourais

10 peças de teatro para ver em fevereiro em São Paulo

Confira espetáculos incríveis que ficam em cartaz nesse começo de ano.

Peças de teatro que você não pode perder em fevereiro (Divulgação)

Que o ano de 2016 promete agitar o universo das artes em São Paulo, a gente já sabe. Mas, o que você talvez ainda não saiba é que o ano também vem cheio de peças incríveis em diversos teatros da cidade. E para que você fique por dentro de todas as novidades desse mês, o Guia da Semana lista 10 peças que acontecem em fevereiro. Vai correndo assistir:

EU, MACHADO

O monólogo é composto por passagens da vida e por fragmentos da obra do escritor Machado de Assis, que nasceu no Rio de Janeiro em 21 de junho de 1839. No espetáculo, o mito do grande escritor, certamente um dos maiores da língua portuguesa, encontra no ator que interpreta o homem, um brasileiro. A partir desse encontro, um olhar; histórico, critico, mas também muito poético, se lança sobre o Brasil de ontem e de hoje.

QUANDO: De 17 de fevereiro a 28 de abril - às quartas e quintas-feiras
HORÁRIO: 21h
ONDE: Viga Espaço Cênico
QUANTO: R$ 40 / R$ 20 meia entrada

AMARELO DISTANTE

Com texto e direção de Kiko Rieser, Amarelo Distante fala de descobertas, solidão e dor. Baseada em dois contos do escritor gaúcho Caio Fernando Abreu (“Lixo e purpurina” e “Anotações sobre um amor urbano”), a peça proporciona a busca pelo autoconhecimento com a história de um jovem e suas experiências em terras estrangeiras.

QUANDO: De 25 de fevereiro a 28 de abril - às quartas e quintas
HORÁRIO: 21h
QUANTO: R$40
ONDE: Teatro Augusta - Sala Experimental

COMO TER SEXO A VIDA TODA COM A MESMA PESSOA

No seu terceiro ano de sucesso, vista por mais de 50.000 espectadores, a peça tem forma de um seminário, em que a atriz Tania Bondezan conduz a plateia numa divertida, porém instrutiva dissertação sobre a difícil arte de conviver e, sobretudo, “fazer sexo a vida toda com a mesma pessoa”.

Tania dá vida a uma divertida personagem chamada Annetta Poché, sexóloga búlgara formada na Sorbonne, que introduz ao público técnicas para a vida sexual dos casais, dando receitas insólitas para superar as diversas crises que acontecem ao longo de anos de convivência.

QUANDO: De 24 de fevereiro a 29 de abril - às quartas, quintas e sextas
HORÁRIO: 21h
QUANTO: R$ 70,00 inteira R$ 35,00 meia
ONDE: Teatro Eva Herz

ANTI-NELSON RODRIGUES


Clássico da dramaturgia brasileira e desconhecida do grande público, este espetáculo faz uma reflexão sobre o comportamento familiar, numa trama de assédios, ameaças, ciúmes e poder.

Numa montagem realista, contundente, ácida, ágil e irônica, narra a história de Oswaldinho, filho de Tereza e Gastão, um jovem mimado pela mãe e desprezado pelo pai. Inescrupuloso, ladrão, mentiroso e mulherengo, se torna dono de uma das fábricas do pai e se apaixona por uma funcionária recém-contratada, a jovem e incorruptível Joice.

QUANDO: Até dia 14 de fevereiro - às quintas, sextas e sábados, às 20h30 e domingo, às 19h
QUANTO: R$50/ R$25 (meia)
ONDE: Teatro Aliança Francesa

ANTES DO DIA CLAREAR

A peça é inspirada na lenda que mantém o costume e o respeito dos novos com os mais antigos moradores de circo: depois da meia noite não pisam no picadeiro, pois esse lugar é reservado aos ancestrais circenses para que possam, ali, fazer seus espetáculos.

Nesse contexto, dois homens silenciosamente invadem um grande circo antigo na calada da noite, revelando o universo mágico dos palhaços e uma forte relação de amizade. Reflete sobre as diferenças e conflitos, com muita graça, beleza e poesia.

QUANDO: De 13 a 28 de fevereiro. Sábados e domingos
HORÁRIO: 17h
QUANTO: R$50/ R$25(meia)
ONDE: Espaço dos Parlapatões

O DEFUNTO

O Defunto surge a partir da releitura da obra de René de Obaldia, 50 anos após a sua concepção. Nessa montagem, as atrizes optaram pela verticalização das características formais da dramaturgia do Absurdo, ou seja, da fragmentação e desconstrução do drama, criando fissuras pelas quais perspectivas diversas e discordantes podem trespassar.

Duas atrizes e dois músicos dividem o palco, promovendo uma multiplicação de perspectivas poéticas a respeito do material dramatúrgico. Desta forma, cria-se um quadro complexo referente à premissa que o constrói: “Duas mulheres que se encontram para evocar a memória de Vitor, defunto marido de uma delas.”

QUANDO: De 11 a 27 de fevereiro - De quinta à sábado
HORÁRIO: 20h30
QUANTO: Entrada gratuita
ONDE: Oficina Cultural Oswald Andrade

FALE MAIS SOBRE ISSO

Laura, a psicóloga, é uma mulher na casa dos quarenta anos que, como a maioria das mulheres, divide-se entre cuidar da família e da carreira. A plateia acompanha sob a ótica de Laura o atendimento de quatro pacientes - Sr. B, um jovem de trinta e poucos anos que tem a organização e a metodologia como seu lema de vida, a Sra. C, uma mulher que foi trocada por uma mais jovem e em vez de sentir tristeza sente alegria e fica culpada por isso, o Sr. D, um homem que acredita ser Deus e, por fim, Alice, uma senhorinha doce que nunca conseguiu falar o que realmente sente e se propõe a mudar com 78 anos.

Durante as sessões de terapia, é possível acompanhar a vida pessoal de Laura, seus problemas e resoluções que esbarram em seus atendimentos. “O espetáculo fala sobre mudar, a possibilidade de se transformar na vida, com terapia ou sem”, comenta o diretor Pedro Garrafa.

QUANDO: De 30 de janeiro a 26 de março - aos sábados
HORÁRIO: 22h
QUANTO: R$ 60 inteira e R$50
ONDE: Teatro Folha 

FORTES BATIDAS

Em cena, 15 jovens atores que foram escolhidos entre 135 inscritos através de um amplo processo de seleção. A equipe de criação também envolve novos dramaturgos e diretores que contribuíram ativamente na construção de um retrato vibrante dessa atual geração de 20 e poucos anos.

A peça acompanha a noite vivida por cada um desses 15 jovens, cruzando desejos e entrando em conflitos embalados pelas “fortes batidas” da música. Na balada eles tentam driblar a solidão com bebida, música alta e a busca por novos relacionamentos.

QUANDO: De 29 de janeiro a 21 de fevereiro - Sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 18h
QUANTO: R$20/ R$10(meia)
ONDE: SESC Santo Amaro

VOLPONE

Apresentado pela primeira vez no fim de 1605 e início de 1606, o texto é uma das principais obras da era elisabetana, permanecendo com vigor até nossos tempos. Volpone, um milionário falido de Veneza, arquiteta uma plano, junto com seu fiel empregado Mosca, para recuperar sua fortuna. Espalhando a falsa notícia de que está nos estertores da morte e que sua ¨fortuna¨ será deixada em testamento a um só herdeiro, os abutres da cidade começam a oferecer toda espécie de favores para se tornarem herdeiros. Um jogo que envolve corrupção e sedução vai revelando os mais profundos instintos de ganância, avareza, falta de moral e ética frente ao dinheiro.

QUANDO: De 22 de janeiro a 13 de março - sextas, sábados e domingos
HORÁRIO: 21h
QUANTO: R$20/ R$10(meia)
ONDE: MuBe

O TOPO DA MONTANHA

Protagonizada e também produzida por Lázaro Ramos e Taís Araújo, com direção de Lázaro Ramos e codireção de Fernando Philbert, faz alusão ao último discurso de Martin Luther King  (I’ve Been to the Mountaintop) realizado em Memphis, na Igreja de Mason, em abril de 1968, um dia antes de seu assassinato, cometido na sacada do Hotel Lorraine.

É exatamente neste cenário, do quarto 306 – e na sequência de suas derradeiras palavras públicas –, que Martin Luther King, interpretado por Lázaro Ramos, conheceCamae, encenada por Taís Araújo, a misteriosa e bela camareira em seu primeiro dia de trabalho no estabelecimento. Repleta de segredos, ela confronta o líder em clima de suspense e simultaneamente debochado. Deste modo, em perfeito jogo de provocações, faz o reverendo se lembrar que, como todos, é humano. Por meio do humor e da emoção, faz rir e pensar com retórica atual, seja para americanos ou brasileiros.

QUANDO: Até dia 21 de fevereiro - às sextas, às 21h30; sábado, às 21h e domingo, às 18h
QUANTO: R$90 e 45(meia entrada)
ONDE: Teatro Faap


Por Nathália Tourais

Atualizado em 11 Fev 2016.

Mais notícias

12 peças de teatro e musicais imperdíveis para assistir em São Paulo em outubro de 2019

Teatro

20 peças infantis imperdíveis em São Paulo em outubro de 2019

Teatro

Mais de 20 espetáculos de Stand Up Comedy imperdíveis em São Paulo em outubro de 2019

Teatro

23 espetáculos de Stand Up Comedy imperdíveis em São Paulo em setembro de 2019

Teatro

13 peças infantis imperdíveis em São Paulo em setembro de 2019

Teatro

12 peças de teatro e musicais imperdíveis em São Paulo em setembro de 2019

Teatro