Guia da Semana
Teatro
Por Nathália Tourais

8 motivos para assistir "Chaplin, o Musical"

Saiba tudo sobre o espetáculo, que acontece no Theatro Net.

Superprodução do espetáculo traz humor, drama e muita emoção (Divulgação)

Das ruas de Londres aos cinemas de Hollywood, o nascimento do maior gênio do cinema é tema e inspiração do novo musical que agita a cidade de São Paulo. Chaplin, O Musical refaz os passos que levaram Charles Spencer Chaplin ao estrelato e transporta a plateia ao universo do eterno Carlitos, o Vagabundo. 

A equipe de reportagem do Guia da Semana esteve no Theatro Net, localizado no Shopping Vila Olímpia, para a coletiva de imprensa com os diretores, produtores e atores. E conta agora os motivos pelos quais você deve prestigiá-los. Confira:

Charles Chaplin

Muito se fala sobre Charles Chaplin mas poucas são as pessoas que realmente conhecem sua história. Muitos, inclusive, não sabiam da sua linda relação com o irmão, sabendo apenas sobre seu lado artístico. Assim, o musical torna-se ainda mais gostoso e importante, pois mostra não apenas o artista e seus personagens, mas a humanidade do gênio, que emociona. 

Chaplin nasceu em 1889, era filho de artistas e teve uma infância muito difícil ao lado do irmão e melhor amigo Sydney. Juntos, acompanharam o divórcio dos pais, o alcoolismo do pai, a doença da mãe, a pobreza, a vida no orfanato, nas ruas (onde chegou a roubar para sobreviver) e os obstáculos para chegar onde chegaram (Chaplin como ator e Sydney como seu empresário).

Seu talento sempre foi reconhecido pela opinião pública. Por outro lado, uma posição política controversa e a cultivada fama de mulherengo levaram a muitas críticas. A perseguição prejudicou sua permanência nos Estados Unidos e depois de uma viagem para fora do país, teve seu visto de volta revogado. Assim, decidiu viver na Suíça, onde ficou ao lado de sua última esposa - Oona O'Neill - até seu falecimento.

O musical

O espetáculo é estrelado por Jarbas Homem de Mello que, no papel de Chaplin, divide com o irmão mais velho, Sydney (Marcello Antony), o sonho de uma realidade melhor do que a que lhes é oferecida.

Desde muito novo Chaplin admirou o talento de sua mãe Hannah (Naíma), que brilhava como cantora de teatro. Herdeiro de sua desenvoltura nos palcos, não demorou para que tudo o que ele aprendeu nas coxias despertasse a atenção dos produtores e donos de estúdios de cinema. 

Durante as cenas, o público acompanha os detalhes que fizeram nascer, ao mesmo tempo, um grande personagem e seu mestre criador. Além disso, a trajetória inclui curiosidades que nem todos conhecem, extremamente emocionantes.

Cenário

O cenário dessa história é um grande estúdio, onde tudo está em mutação o tempo todo, com a intenção de levar o público para dentro do backstage. Então, além de entrar em sua vida, também passamos a conhecer como acontecia o teatro e o cinema da época, ambos bem diferentes de hoje

Lições de vida

Quem conhece sua história sabe que a vida toda de Chaplin é uma grande lição. Mas o espetáculo traz, de forma extremamente rica e sensível, situações, casos e detalhes que nos fazem pensar na nossa própria vida ao admirar como ele lidava com a sua, principalmente superando os obstáculos através da arte.

Produção

O musical é produzido por Cláudia Raia e Sandro Chaim e sua primeira exibição aconteceu em 2006, no New York Musical Theatre Festival, chegando a Broadway em 2012. 

Nos palcos do Theatro Net, o espetáculo traz interpretações grandiosas que incluem canções originais adaptadas e também inéditas, compostas especialmente para a montagem brasileira. 

A narrativa ainda é enriquecida com projeções de trechos dos principais filmes dirigidos e encenados por Chaplin. 

Trilha sonora

Algo que chama muita atenção no espetáculo é a trilha sonora. Aos cuidados de Christopher Curtis e Tocko Michelazzo, o som nos traz uma sensação de saudade, conforto e, ao mesmo tempo, fantasia, fazendo de cada segundo único.

Atores

Todos os atores, sem excessão, estão excelentes em seus respectivos papéis. Além da boa atuação é possível ver uma entrega apaixonada pela arte que realizam em cima do palco - o que prende e encanta ainda mais quem está do outro lado.

Jarbas Homem de Mello e Marcello Antony

Jarbas Homem de Mello e Marcello Antony dão um show a parte. Jarbas parece até que nasceu Chaplin e Marcelo mostra, lindamente, a história entre irmãos que poucos conhecem, dando ainda mais sensibilidade para o andamento do musical. 

 

Serviço

Chaplin, o musical
Onde: Theatro Net
Quando: De 14 de maio a 12 de julho de 2015
Horário: Quinta, 21h; Sexta, 21h; Sábado, 18h e 21h30; Domingo, 18h
Preço:  De R$ 50 a R$ 180


Por Nathália Tourais

Atualizado em 25 Mai 2015.

Mais notícias

22 espetáculos de Stand Up Comedy imperdíveis em São Paulo em setembro de 2019

Teatro

13 peças infantis imperdíveis em São Paulo em setembro de 2019

Teatro

12 peças de teatro e musicais imperdíveis em São Paulo em setembro de 2019

Teatro

9 peças infantis imperdíveis em São Paulo em agosto de 2019

Teatro

Mais de 20 espetáculos de Stand Up Comedy para assistir em São Paulo em agosto de 2019

Teatro

10 peças de teatro e musicais imperdíveis em agosto de 2019

Teatro