Guia da Semana
Teatro
Por Redação Guia da Semana

Madrugada no teatro

Saiba onde assistir a peças que começam ou terminam altas horas da noite.

Foto: Divulgação

Cena de Filosofia do Alcova, em cartaz todo sábado, às 23h59, no Espaço do Satyros, em São Paulo

Antigamente, só os cinemas possuíam as famosas sessões "corujão", exibidas de madrugada. Hoje, os teatros também aderiram às apresentações em horários alternativos, como é comum na Europa, onde peças experimentais são apresentadas tarde da noite para não concorrer com o circuito comercial. Essa tendência é mais comum em São Paulo, mas no Rio de Janeiro já existem espetáculos que começam depois das 23h.

Na capital paulista, um dos grupos pioneiros a aderir à sessão da meia-noite foi Os Satyros, cujo espaço sempre exibe montagens nas madrugadas de sexta e sábado. No Teatro Folha, a programação notívaga fica por conta da Seleção de Humor Stand Up, em que comediantes improvisam situações cotidianas utilizando somente um microfone e o palco vazio como cenário. No Teatro do Leblon, o humor também domina a cena noturna com a peça Não Existe Mulher Difícil.

Para que você possa curtir altas horas no teatro, o Guia da Semana preparou um roteiro especial de espetáculos que começam depois das 23 horas. Confira!

São Paulo

A Filosofia Na Alcova

Dirigida e escrita por Rodolfo García Vázquez a partir da obra homônima do marquês de Sade, a peça traz Dolmancé e Madame de Saint´Ange, dois dos personagens mais libertinos da história da literatura universal. O texto apresenta a educação sexual de uma jovem virgem, por meio de aulas práticas e teóricas. Após o período de aprendizado, a mãe da menina tenta resgatá-la no palácio da libertinagem, quando então é confrontada pelos mentores da garota e por ela mesma. A clássica produção da companhia Os Satyros é apresentada no Espaço Dois do grupo, todo sábado, às 23h59.

Seleção de Humor Stand Up


Com elenco formado por Bruno Motta, Márcio Ribeiro, Marcela Leal, Maurício Meirelles e Ben Ludmer, o espetáculo coloca uma lente de aumento nos assuntos cotidianos e, assim, desperta gargalhadas do público. Munidos apenas do microfone, os humoristas mostram temas do dia a dia com muito bom humor. Toda semana, o show traz convidados especiais para o quadro Anônimo e Famosos. As apresentações acontecem até 19 de dezembro, sextas e sábados, às 24h.

Antidepressivos

Com texto e direção de Gustavo Sibem, a montagem leva ao palco um casal de hipocondríacos, viciados em remédios, e que colecionam receitas médicas. Basílio, o marido, vive com medo de ter um enfarte e reza para que tenha uma morte calma. Já, Clara, a esposa, está sempre à procura de suas receitas médicas, mas nunca sabe onde as colocou. Ela também inferniza Basílio, acusando-o de proferir palavras inóspitas que podem atrair o mal. A peça está em cartaz no Espaço do Satyros Um, até 30 de outubro.

Foto: Divulgação

O humorista Danilo Gentili traz seu espetáculo de stand up toda sexta-feira, às 23hh59, no Teatro Shopping Frei Caneca

Danilo Gentili - Volume 1

Neste espetáculo de stand up comedy, Danilo Gentili, famoso humorista do programa Custe O Que Custar (CQC), da Rede Bandeirantes, tece comentários ácidos, irônicos e hilários sobre fatos do cotidiano do Brasil, abordando desde assuntos políticos até relacionamentos pessoais. No palco, o comediante faz o chamado "humor de cara limpa", em que usa apenas um microfone, sem figurinos e personagens. O evento está em cartaz no Teatro Shopping Frei Caneca, toda sexta-feira, às 23h59, até 26 de novembro.

Putz Grill...

Visto por mais de 100 mil pessoas, o stand up comedy do comediante Oscar Filho já passou por mais de 70 cidades brasileiras, e agora faz temporada no Teatro Shopping Frei Caneca, até 18 de dezembro. No palco, o repórter do CQC, que já integrou o elenco de shows como Terça Insana, Risorama - Festival de Humor de Curitiba e Comédia Em Pé, aborda temas da vida pessoal e cotidiana de forma engraçada. A peça acontece todo sábado, às 23h59.

Rio de Janeiro

Foto: Divulgação

Cena da peça Não Existe Mulher Difícil, interpretada por Marcelo Serrado

Não Existe Mulher Difícil

Este monólogo de humor é interpretado por Marcelo Serrado e traz uma adaptação do livro homônimo de André Aguiar Marques feita por Lucio Mauro Filho, sob a direção de Otávio Müller. Também foram acrescentadas ao texto experiências pessoais do adaptador e do ator. A peça também conta números de piano e serve como um manual de paquera para homens e mulheres.

Comédia Em Pé

Como o nome já sugere, o espetáculo traz comediantes que atuam de pé, diante da plateia, na companhia apenas do microfone e do texto escrito pelos próprios artistas. Os assuntos envolvem um humor despojado, baseado em situações engraçadas da vida. Encenado por cinco atores cariocas e seus convidados, o show muda a cada apresentação e sempre traz novas sacadas. Uma das atrações é Mico Aberto, momento em que um comediante iniciante, selecionado por inscrição prévia, é convidado a se "arriscar" no palco por três minutos.

Hedwig e O Centímetro Enfurecido

Embalado por 11 composições de Stephen Trask, este musical de rock estreou no circuito off-broadway em 1998 e já contou com montagens em diversos países. Com adaptação e direção de Evandro Mesquita, o espetáculo é protagonizado por Paulo Vilhena e Pierre Baitelli. O enredo conta a história de Hedwig, vocalista e líder da banda O Centímetro Enfurecido. A história se passa na antiga Berlim Oriental e mostra a busca do protagonista pelo amor, passando por momentos históricos do país, como a queda do muro de Berlim.

Falando a Veras

Interpretado por Marcos Veras, este monólogo de humor traz personagens hilários, como o pastor evangélico Galigodério Nicomedes Arakaki Santana, o Brother e o Jonas pintor funkeiro. Com supervisão de Fábio Porchat, o espetáculo mostra com comicidade temas polêmicos, como sexo, internet, música e casamento. A peça fica em cartaz no Teatro do Leblon, sextas e sábados, às 23h.

Musicomédia

No palco, os atores e músicos Fernando Caruso e Gustavo Pereira, que integram o elenco de Z.É. - Zenas Emprovisadas há seis anos, misturam stand up comedy com paródias musicais e canções inéditas. Em cena, há versões humoradas de músicas como Mina do Condomínio (Seu Jorge) e de Hakuna Matata (Timão e Pumba). As apresentações acontecem no Teatro dos Grandes Atores, sextas e sábados, às 23h.

Atualizado em 10 Abr 2012.

Mais notícias

12 espetáculos de Stand Up Comedy que estão em cartaz em São Paulo em março de 2019

Teatro

7 peças infantis imperdíveis em São Paulo em março de 2019

Teatro

10 peças de teatro e musicais imperdíveis em São Paulo em março de 2019

Teatro

6 motivos para assistir à peça “Dogville”, com Mel Lisboa e Fábio Assunção

Teatro

Peças de teatro e musicais para assistir em São Paulo no feriado de 25 de janeiro de 2019

Teatro

16 musicais imperdíveis para assistir em São Paulo em 2019

Teatro