Guia da Semana
Viagens
Por Marco Sá

10 lugares para fazer piquenique no Rio de Janeiro

Saiba onde reunir os amigos para uma comidinha ao ar livre.

O Aterro do Flamengo é um dos locais preferidos dos cariocas (Reprodução)

Prepare a toalha xadrez, a cesta de vime, comidinhas leves e bebidas refrescantes. Não se esqueça do filtro solar e do repelente também.

Esses são alguns dos itens para reunir a família ou amigos para um bom piquenique. Os locais o Guia da Semana  selecionou pra você. Confira:

Parque Madureira

O parque urbano caçula da Zona Norte tem diversas opções de lazer, como skate, ciclovia, um bosque e até riacho. Para o piquenique, gramados limpos, mas não são permitidos objetos cortantes nem de vidro. Fica aberto de terça a domingo, entre 6h e 22h.

Onde: Rua Soares Caldeira, 115 - Madureira

Lagoa Rodrigo de Freitas

A Lagoa é um dos pontos mais confortáveis para o piquenique, já que conta com estacionamento próprio e banheiros públicos, em parceria com os quiosques locais. A vista é exuberante. No local, ainda tem a sede náutica de alguns clubes grandes do Rio, além de pedalinhos. 

Parque Lage

Tombado pelo Iphan e aos pés do Corcovado, o parque tem um gramado e mesas, além de brinquedos para as crianças. Tanto o parque, quanto a vista para o Cristo rendem aquelas fotos lindas. 

Onde: Rua Jardim Botânico, 414 - Jardim Botânico

Aterro do Flamengo

É um dos maiores equipamentos de lazer da cidade. Confortável, tem estacionamento e banheiros públicos e ainda o belo Museu de Arte Moderna, com uma programação bem variada. 

Onde: Avenida Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo

Jardim Botânico

Dentro desse orgulho carioca existe o Parque das Crianças, uma área para os lanches com um parquinho, mesas e bancos, além de banheiro. Não precisa agendar horário, mas há uma taxa de seis reais.

Onde: Rua Jardim Botânico, 1008 - Jardim Botânico

Bosque da Barra

Uma das áreas mais agradáveis da Zona Oeste, o Bosque tem um bonito lago, ciclovia e a presença de animais como capivaras e muitos pássaros. O local tem estacionamento e a melhor parte para o piquenique é perto do lago, com a sombra das palmeiras.

Onde: Avenida das Américas, 6000 - Barra da Tijuca

Parque da Cidade

Também conhecido como Parque da Gávea, é a antiga residência de verão do Marquês de São Vicente. O local tem mesas de pedra para quatro pessoas, uma bonita área verde, churrasqueira e banheiros. Também pode visitar a casa, que hoje é o Museu Histórico da Cidade. Funciona das 8h às 17h e o museu de terça a domingo, das 11h às 17h.

Onde: Estrada Santa Marinha, 503 - Gávea 

Parque da Pedra Branca

São 125 quilômetros quadrados com acessos por três bairros: Jacarepaguá, Camorim e Realengo. A maior floresta urbana do mundo fica bem no meio da Zona Oeste e possui trilhas e espécies típicas da Mata Atlântica, como o porco-espinho do mato.

Onde: Estrada do Pau da Fome, 4003 - Jacarepaguá / Estrada do Camorim, 2118 - Camorim / Rua do Governo, s/n - Realengo 

Parque do Martelo

Perto do Cristo Redentor, no Humaitá, o parque tem brinquedos para as crianças e a presença constante de micos, atraídos pelas árvores frutíferas do local. Cercado de verde, é ótimo para relaxar. 

Onde: Rua Miguel Pereira, 41 - Humaitá

Quinta da Boa Vista

Os jardins de São Cristóvão eram frequentados pela nobreza no século XIX e tem uma vista para o lago com pedalinhos, rendendo um bom piquenique. Mais adiante, fica o Museu Nacional e o Jardim Zoológico, para quem deseja esticar o passeio.

Onde: Av. Pedro II, s/n - São Cristóvão 


Por Marco Sá

Atualizado em 28 Abr 2016.

Mais notícias

Verão 2020: 7 praias no litoral de São Paulo perfeitas para ir com crianças

Viagens

7 lugares incríveis para acampar na Argentina

Viagens

10 castelos impressionantes para conhecer em Portugal

Viagens

8 glampings para acampar com luxo no Brasil

Viagens

9 lugares incríveis para acampar na América do Sul

Viagens

10 motivos para visitar a Chapada dos Guimarães

Viagens